Tudo sobre: Colangite parasitária

Introdução

A Colangite parasitária é caracterizada pela infestação hepática por trematódeos acarretando uma inflamação dos ductos biliares dos gatos. A principal parasita que afeta os gatos é Platynosomum fastosum, mas Opisthorchis felineus, Clonorchis spp., Metorchis albidus, Amphimerus pseudofelineus e Metametorchis intermedius podem ser encontrados. 

A infecção do animal se dá pela ingestão de lagartixas, salamandras, lagartos e sapos contendo metacercárias. Os trematódeos imaturam migram do intestino até o fígado via ducto biliar e lá amadurecem. A gravidade da doença depende da carga parasitária e da resposta individual do animal. Não há predisposição de raça, gênero e idade.

Transmissão

- Não se aplica.

Manifestações clínicas

- Assintomático

- Icterícia

- Diarreia

- Êmese

- Cirrose hepática

- Desidratação

- Hepatomegalia

- Dor abdominal

- Ascite

- Anorexia

- Emagrecimento

- Letargia

Diagnóstico

Associação entre história clínica, exames físicos e laboratoriais.

Exames que o(a) Médico(a) Veterinário(a) pode pedir:

- Hemograma completo

- ALT - TGP

- AST - TGO

- Fosfatase Alcalina (F.A.)

- Bilirrubinas (Direta, Indireta e Total)

- Urinálise

- Ultrassonografia abdominal

- Colecistocentese guiada por ultrassonografia, laparotomia ou laparoscopia

- Método de sedimentação por formalina-éter (fezes)

Observação: A realização e a definição de necessidade de exames complementares são decisões do(a) Médico(a) Veterinário(a).

Tratamento

Recomenda-se tratamento com anti-helmíntico. 

Prevenção

- Não se aplica.

Referências Bibliográficas

BECHE, A. Complexo colangite felina. Monografia (Curso de Especialização em Clínica Médica de Felinos) - Faculdade de Veterinária, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.

ESTEVES, C. S. A. O. Complexo colangite felino. Dissertação (Mestrado Integrado em Medicina Veterinária) - Ciências Veterinárias, Universidade de Trás-os- Montes e Alto Douro, Vila Real, 2010.

NELSON, Richard W. et al. Medicina Interna de Pequenos Animais. Ed. Elsevier, ed. 5, cap. 40, 2015.

Recomendamos levar o seu pet a um médico veterinário para um diagnóstico preciso
Conheça o Serviço Veterinário em Domicílio - Agendar Agora