Tudo sobre: Dermatite de contato

Introdução

A dermatite de contato corresponde a uma resposta inflamatória na pele decorrente de uma exposição e contato com substâncias agressoras, como corrosivos, sabonetes, detergentes, desinfetantes, agentes corantes para pelo, perfumes, shampoos para banho, coleiras antipulgas, entre outros. A proliferação e intensidade da reação vão depender da sensibilidade da pele do animal, do tipo de substância, sua concentração e tempo de contato.

A dermatite pode ser classificada como alérgica e irritativa. Na primeira, ocorre a hipersensibilidade tardia, na qual é necessário um contato prévio e, muitas vezes prolongado, para que se desenvolva o processo inflamatório. Já na dermatite irritativa, não é necessário contato prévio e/ ou prolongado para que ocorra a inflamação cutânea.

Sem predileção por raça, sexo ou idade, áreas de pele clara e com pouca pelagem são as mais facilmente acometidas. Devido ao prurido intenso, ou seja, a coceira intermitente que causa incômodo ao animal, o ato inevitável de lamber a(s) área(s) acometida(s) pode desencadear lesões orais, além de disseminar as lesões para outras partes do corpo.

Inicialmente, a dermatite caracteriza-se por manchas avermelhadas e pequenas feridas pelo corpo do animal, podendo progredir para a formação de crostas, grandes feridas, fístulas, hiperpigmentação e formação de pus e/ou líquidos exsudativos nas lesões.

Transmissão

-Não se aplica

Manifestações clínicas

-Alopecia 

-Descamação da pele

-Eritema

-Hiperpigmentação

-Fístulas cutâneas

-Pápulas

-Prurido

-Crostas cutâneas

-Incômodo frequente/ hiperatividade

Diagnóstico

Associação de sinais clínicos, exame físico, anamnese e exames laboratoriais.

Exames que o médico veterinário pode solicitar:

-Hemograma completo
-Raspado de pele
-Exame citológico
-Exame histopatológico 

Observação: A realização e a definição de necessidade de exames complementares são decisões do Médico Veterinário. 

Tratamento

Para o sucesso no tratamento e erradicação das lesões, é imprescindível que se determine qual é o agente causador da dermatite por contato. Definido qual o agente, este deve ser retirado do ambiente no qual o animal vive ou, se for causado por coleiras antipulgas, shampoos, entre outros, o uso deve ser suspenso.

Em geral, é realizado tratamento sistêmico e/ ou tópico, de acordo com a avaliação do Médico Veterinário. O uso de corticosteróides mostra-se eficiente, uma vez que proporciona o alívio do prurido e controle do processo inflamatório. Também é comum a indicação de banhos com shampoos hipoalergênicos, atentando-se para secar o animal completamente após o banho.

É muito importante que o tutor não busque tratamentos alternativos sem o aconselhamento e avaliação de um Médico Veterinário, uma vez que pode ocorrer o agravamento do quadro.

Prevenção

As medidas de controle e profilaxia envolvem evitar o contato do animal com substâncias químicas como desinfetantes e produtos de limpeza em geral. Quando for feita a higienização do local onde o animal costuma ficar, com o uso de tais produtos, atentar-se para um bom enxágue, evitando altas concentrações dessas substâncias. 

Em casos de alergia por uso de produtos veterinários como, por exemplo, coleiras antipulgas, perfumes para pets, shampoos, entre outros, suspender o uso imediatamente ao observar processo irritativo da pele do animal.

Se o animal apresenta hipersensibilidade cutânea, é importante que o tutor busque sempre produtos hipoalergênicos para os cuidados com seu pet, evitando que se desenvolva lesões e irritações causadas pela dermatite.

Referências Bibliográficas

ANDRADE, B. de B. Hipersensibilidade celular. Roteiro apresentado pelo Departamento de Anatomia Patológica e Medicina Legal, Universidade Federal da Bahia.

GRAFFAR, A. Imunologia: reações de hipersensibilidade.

SBD- Sociedade Brasileira de Dermatologia. Dermatite de Contato. 25 out. 2016. 

SCOTT, D. W.; MILLER, W. H.; GRIFFIN, C.E.. Dermatologia de pequenos animais. 5ª ed. Rio de Janeiro: Interlivros, 1996. 

Recomendamos levar o seu pet a um médico veterinário para um diagnóstico preciso
Conheça o Serviço Veterinário em Domicílio - Agendar Agora