Tudo sobre: Fenômeno de Schiff-Sherrington

Introdução

O fenômeno ou postura de Schiff-Sherrington é um posicionamento caracterizado por hipertonicidade extensora (rigidez extensora) dos membros torácicos (membros anteriores) do animal. Esse fenômeno ocorre em animais que apresentam uma lesão grave no segmento toracolombar da medula espinhal, podendo ocorrer tanto em cães como em gatos. 

Esta lesão pode ter diversas causas, tais como trauma, luxação vertebral ou fratura vertebral, hérnia de disco e neoplasias. Geralmente as fraturas e luxações estão associadas a acidentes automobilísticos, mas também podem ocorrer devido a quedas, brigas com outros animais ou até mesmo agressão humana. O trauma ocorre por uma ação mecânica externa, que pode levar à lesão em qualquer região do corpo, e muitas vezes resulta em lesão medular no segmento toracolombar. 

Há relato de postura de Schiff-sherrington em equinos devido a uma fratura em coluna. 

Transmissão

-Não se aplica 

Manifestações clínicas

Sinais clínicos que ocorrem comumente em associação com a postura de Schiff-Sherrington:

- Membros torácicos rígidos e extendidos 

- Hiperestesia

- Ataxia

- Paresia 

- Incontinência urinária

- Incontinência fecal

Diagnóstico

O diagnóstico da causa depende da anamnese com histórico detalhado, exame físico minucioso e resultado de exames complementares. O(a) médico(a) veterinário(a) pode solicitar/ realizar os seguintes exames complementares:

- Exame de sangue

- Sorologia para cinomose*

- Radiografia simples 

- Mielografía

- Tomografía computadorizada 

- Ressonância magnética

*Importante levar em consideração os possíveis diagnósticos diferenciais de acordo com o caso.

Observação: A realização e a definição da necessidade de exames complementares são decisões do(a) Médico(a) Veterinário(a). 

Tratamento

O tratamento depende da causa e de outros sintomas associados, mas tem como direcionamento a prevenção de destruição neuronal bioquímica, bem como descompressão medular e/ ou estabilização da coluna vertebral, em casos de fratura ou luxação vertebral. 

Quando o fenômeno está associado a um trauma, é preconizada a utilização de medicação para a dor, anti-inflamatórios, protetor gástrico e complexos vitamínicos no primeiro momento. Após o diagnóstico da causa, nos casos de extrusão discal, é realizada cirurgia para a descompressão medular. 

Na maioria das vezes, a postura de Schiff-Sherrington está associada a lesões graves da coluna, com prognóstico ruim. Isso porque, apesar da utilização de terapia recomendada, os traumas medular geralmente resultam em sequelas permanentes, e podem também estar associados a outras lesões, como no caso de animais politraumatizados e com trauma cranioencefálico. Nesses casos, muitas vezes o animal chega ao óbito antes mesmo do atendimento médico veterinário, ou então é recomendada a eutanásia. Porém, há relatos na literatura de pacientes recuperados após a realização da cirurgia.

Prevenção

Como forma de prevenção do fenômeno de Schiff-Sherrington, preconiza-se que os animais não tenham acesso livre à rua e que sejam colocadas telas de proteção em janelas e sacadas de apartamentos a fim de evitar possíveis acidentes.

Referências Bibliográficas

ALBERNAZ, Vinicius Gonzalez Peres et al. Traumatic spinal cord injury with Schiff-Sherrington posture and spontaneous resolution in a dog: MRI evaluation. Acta Veterinaria Brasilica, v. 10, n. 2, p. 177-181, 2016.

Rocha N L F C, Bonelli M A, Santos C R O, Diego C C, Costa F S, Amorim M J A A; Contribuição da tomografia computadorizada para diagnóstico e tratamento de doença do disco intervertebral: relato de caso; XIII JORNADA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO - JEPEX 2013 - UFRPE: Recife, 09 a 13 de dezembro. 

SILVA E LIMA G M; Politraumatismo em cães e gatos como causa de morte ou razão para eutanásia; Cruz das almas - Bahia; Julho, 2019. 

Recomendamos levar o seu pet a um médico veterinário para um diagnóstico preciso