Tudo sobre: Fibrossarcoma em Felinos

Introdução

O fibrossarcoma felino é um tumor maligno, bastante frequente entre os tumores encontrados em gatos, principalmente observado na pele e boca. O fibrossarcoma pode ocorrer de uma forma solitária, que aparece espontaneamente em qualquer local do corpo, e assim como outros tumores é encontrado principalmente em animais idosos, e a forma multicêntrica pode acometer animais jovens e está associada a infecções virais.

A forma mais comum de fibrossarcoma encontrada em gatos é a que está associada à vacinação ou aplicação de outros medicamentos injetáveis. O aumento no número de casos de fibrossarcoma nas regiões do corpo onde são comumente realizadas aplicações de vacinas nos animais levou à desconfiança de que a vacinação poderia estar envolvida no desenvolvimento do tumor. 

Hoje, apesar de não conhecermos exatamente os mecanismos que levam ao desenvolvimento do fibrossarcoma, sabe-se que a inflamação causada por algumas vacinas (propositalmente para maior eficácia da vacinação) pode estar envolvida no surgimento desse tipo de tumor. Mas algumas linhas de pesquisa apontam que isso não se restringe somente às vacinas e sim a qualquer aplicação.

Não são conhecidas pré-disposições como raça ou sexo, sendo um tumor que pode acometer qualquer gato. Os sintomas vão depender do local de desenvolvimento do tumor, mas em geral, quando localizado nos membros e cabeça, pode ser observada uma massa que cresce rapidamente.

Transmissão

-Idiopático

Manifestações clínicas

-Massa tumoral visível

Diagnóstico

Associação de sinais clínicos, epidemiologia e exames laboratoriais.

Exames que o médico veterinário pode solicitar:

-Hemograma completo

-Urinálise simples

-FIV/ FELV (Leucemia e Imunodeficiência Felina)

-Biópsia

-Radiografia

-Albumina

-Imunoglobulina A (IgA)

-Imunoglobulina G (IgG)

-Imunoglobulina M (IgM)

-Ureia

-AST – TGO

-ALT – TGP

-Fósforo

-Gama GT

-CPK (creatinofosfoquinase)

-Fosfatase Alcalina (F.A.) 

Observação: A realização e a definição de necessidade de exames complementares são decisões do Médico Veterinário.

Tratamento

A remoção do tumor é realizada através de cirurgia. O procedimento pode ser complexo, dependendo do local onde se encontra o tumor, e uma terapia adjuvante pode ser recomendada como quimioterapia ou radioterapia. O sucesso do tratamento vai depender do local e estágio de desenvolvimento do tumor.

Prevenção

Existem indicações para a aplicação de vacinas em gatos que visam a utilização de pontos distintos no corpo no animal a cada aplicação, a fim de evitar o desenvolvimento de tumores, porém cabe ao médico veterinário determinar as melhores condições para cada paciente. 

Não se recomenda a não vacinação dos gatos de forma indiscriminada para prevenção de tumores. Para cada região e animal, o médico veterinário deve determinar quais são as vacinas obrigatórias e qual o melhor esquema de vacinação.

A observação constante do animal e assistência profissional para um diagnóstico precoce favorece o tratamento e aumenta as chances de sucesso da remoção cirúrgica do tumor. Se o local de aplicação de vacinação permanecer com uma massa palpável por período prolongado, o profissional deve ser contactado para investigação.

Referências Bibliográficas

AGUIAR, Juliana et al. Fibrossarcoma de aplicação em felinos: relato de três casos. MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet., p. 209-213, 2009.

BRITO, Marcelo Seixo et al. Fibrossarcoma de ducto biliar em gato. Acta Scientiae Veterinariae, v. 37, n. 1, p. 69-71, 2009.

FERNANDES, Ana Sofia Vistas et al. Sarcoma no local de injecção em felinos. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária. 2009.

FERREIRA, Marília Grabiele Prado Albuquerque et al. Sarcoma de Aplicação em Felinos: Aspectos Clínicos, Diagnóstico e Terapia. INVESTIGAÇÃO, v. 15, n. 7, 2016.

MARTINS, Luísa Manuel Castelão et al. Neoplasias em felinos: um estudo descritivo de 3 anos. 2012. Dissertação de Mestrado. Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. Lisboa, 2012.

MOURA, Catarina Lopes Ferreira de et al. Fibrossarcoma felino: estudo retrospectivo. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária.

MÖRSCHBÄCHER, Priscilla Domingues; GARCEZ, Tuane Nerissa Alves; CONTESINI, Emerson Antônio. Sarcoma de aplicação em felinos: revisão de literatura. Veterinária em foco: revista de medicina veterinária. Canoas. Vol. 8, n. 2 (jan./jun. 2011), p. 205-214., 2011.

Recomendamos levar o seu pet a um médico veterinário para um diagnóstico preciso