Tudo sobre: Hipomagnesemia

Introdução

A dieta de cães e gatos, além dos nutrientes mais conhecidos como proteínas e gorduras, inclui também vitaminas e os minerais, que participam de diversas funções biológicas no corpo, sendo necessários em quantidades diferentes na dieta de acordo com a espécie, idade do animal, peso e fatores individuais de metabolismo.

Grande parte do magnésio encontrado no organismo está nos ossos, apesar de também estar presente em outros tecidos, como no fígado e nos músculos. Este cátion, abundante no corpo dos animais, é essencial para diversas funções metabólicas, como a produção de energia e atua ainda como ativador de reações enzimáticas diversas no organismo. 

A regulação dos níveis de magnésio no organismo é feita pela filtração realizada pelos rins, que reabsorve as quantidades necessárias ao organismo e expele pela urina o excedente do mineral encontrado na circulação. A falta de magnésio para as funções necessária no corpo pode provocar sintomas como mudança de comportamento, fraqueza, depressão e arritmias

A condição em que os níveis de magnésio se encontram abaixo do esperado é chamada de hipomagnesemia e pode estar relacionada a problemas renais, gastrointestinais, entre outros. Doenças gastrintestinais que atrapalham a absorção de nutrientes ou que provocam a recusa extrema de alimento pode resultar em níveis baixos de magnésio pela falha na entrada do nutriente no organismo, já no caso de doenças renais a regulação feita pelos rins fica prejudicada; os rins acabam eliminando uma quantidade excessiva do mineral, provocando um desequilíbrio orgânico. Alguns medicamentos que alteram a função dos rins podem provocar quadros de hipomagnesemia quando utilizados periodicamente ou de forma inadequada.

Transmissão

-Não se aplica

Manifestações clínicas

Assintomático

-Ataxia

-Tremor

-Arritmia

-Tetania

-Fraqueza

-Mudança de comportamento

Diagnóstico

Associação de sinais clínicos e exames laboratoriais.

Exames que o médico veterinário pode solicitar:

-Magnésio

-Fósforo

-Glicose

-Paratormônio – PTH

-Hemograma completo

-Urinálise simples

-Cálcio Iônico

-Cálcio

-Albumina

-Imunoglobulina A (IgA)

-Imunoglobulina G (IgG)

-Imunoglobulina M (IgM)

-Ureia

-AST – TGO

-ALT – TGP

-Gama GT

-CPK (creatinofosfoquinase)

-Fosfatase Alcalina (F.A.)

-Potássio

-Sódio

Observação: A realização e a definição de necessidade de exames complementares são decisões do Médico Veterinário. 

Tratamento

Em geral, a hipomagnesemia não é tão grave e o tratamento deve ser focado na causa primária do problema. Nos casos em que o animal se encontra muito debilitado pela deficiência do mineral, é recomendada a internação para acompanhamento e tratamento intensivo. A reposição de magnésio, quando indicada pelo(a) médico(a) veterinário(a), pode ser realizada com sulfato ou cloreto de magnésio. Atividades físicas devem ser restritas para que não haja o agravamento da condição física e de saúde.

Prevenção

Dietas adequadas à espécie animal e ao porte, raça, nível de atividade física, além de idade ou condições adjuvantes de saúde são a base para uma boa saúde e longevidade de qualquer animal. O acompanhamento de doenças crônicas e utilização consciente de medicamentos pelos(as) tutores(as) previne agravos de saúde que possam ocorrer como complicações de doenças já conhecidas.

Referências Bibliográficas

ALÉSSIO, B. C. et al. Hipoparatireoidismo secundário ao uso prolongado de omeprazol em um cão: relato de caso. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 71, n. 4, p. 1137-1142, 2019.

CARCIOFI, Aulus Cavalieri. Manejo nutricional do cão e do gato hospitalizado. Apontamentos teóricos das disciplinas de Clínica das Doenças Carenciais, Endócrinas e Metabólicas e de Nutrição e Alimentação de Cães e Gatos, 2008.

RAMOS, Ana Isabel Santos Franco. Desequilíbrios do magnésio sérico em cães e a sua importância na Unidade de Cuidados Intensivos. Dissertação de Mestrado. Universidade de Évora. 2013.

SANTALUCIA, Sérgio et al. Fisiologia dos líquidos corporais em cães e gatos. Revista da FZVA, v. 19, n. 1.

ZBÓRIL, Sabrina; DEVITO, Fernanda Corrêa; CORTOPASSI, Silvia Renata Gaído. Hipomagnesemia na terapia intensiva de cães e gatos. Nosso Clínico, v. 16, n. 93, p. 20-24, 2013

Recomendamos levar o seu pet a um médico veterinário para um diagnóstico preciso