Tudo sobre: Miotonia Congênita

Introdução

A miotonia é uma doença da musculatura que provoca a contração de diversos músculos por períodos prolongados, ou uma demora no relaxamento do músculo após uma contração para realizar um movimento qualquer.

A miotonia pode ser adquirida ao longo da vida do animal ou o filhote pode já nascer com ela, como herança genética dos pais, nesse caso chamamos de Miotonia Congênita ou Miotonia Hereditária. Na miotonia congênita, apesar de os genes estarem presentes já quando o animal nasce, os primeiro sintomas ficam evidentes quando os filhotes começam a andar.

A miotonia congênita é observada em cães das raças Chow Chow e Schnauzer Miniatura, porém já foi descrita também em gatos. Os animais acometidos apresentam a musculatura rígida e em geral um aumento no volume muscular, causado pelas contrações frequentes. Os músculos da face, língua e ombros aparecem muitas vezes aumentados de volume e a língua pode ficar parcialmente para fora da boca, pelo aumento do tamanho.

O andar como de coelho pode ser observado nos animais com a doença, pois a contração muscular provoca um andar com aspecto rígido ou endurecido e os cães podem apresentar um enrijecimento tão grande nas pernas que o animal pode cair e permanecer longos períodos deitado com os membros totalmente endurecidos.

Transmissão

-Hereditária

Manifestações clínicas

Assintomático

Sinais inespecíficos (isolados ou em conjunto):

-Ataxia

-Hipertermia

-Hipertrofia muscular

-Apatia

-Dispneia

-Disfagia

-Êmese

Diagnóstico

Avaliação clínica e histórico do animal.

Cães da raça Schnauzer podem realizar teste de DNA para identificação do gene que provoca a anomalia.

Exames que o médico veterinário pode solicitar:

- Eletromiografia

- Creatinina

- AST – TGO

- ALT – TGP

- Fósforo

- Gama GT

- CPK (creatinofosfoquinase)

- Fosfatase Alcalina (F.A.)

Observação: A realização e a definição de necessidade de exames complementares são decisões do Médico Veterinário.

Tratamento

Não existe tratamento específico para a doença. Como o frio pode piorar os sintomas, recomenda-se a proteção dos animais em dias frios e evitar a permanência em locais com temperatura baixa. Evitar o exercício extenuante e situações de agitação intensa que possam provocar a falta de ar nos animais.

Reportar ao médico veterinário a existência da doença em caso de procedimentos ou necessidade do uso de anestésicos, pois alguns medicamentos podem agravar o quadro.

Prevenção

Por se tratar de uma condição hereditária (passa dos pais para os filhotes), a prevenção se baseia no controle de reprodução dos animais das raças com possibilidade de apresentar a doença ( Schnauzer Miniatura e Chow Chow). 

Animais que apresentam sintomas devem ser preferencialmente castrados ou mantidos em situação adequada que impeça a reprodução. Casais de cães que tenham filhotes apresentando sintomas não devem ser submetidos à reprodução novamente, mesmo que os pais não apresentem a sinais clínicos, pois os genes poderão se manifestar nos filhotes. Testes podem ser realizados em animais da raça Schnauzer para detecção do gene causador da miotonia congênita para garantir a reprodução segura dos pets.

Referências Bibliográficas

AMANN, J. F.; TOMLINSON, J.; HANKISON, J. K. Myotonia in a chow chow. Journal of the American Veterinary Medical Association, v. 187, n. 4, p. 415-417, 1985.

BHALERAO, Dilip P. et al. Detection of a genetic mutation for myotonia congenita among Miniature Schnauzers and identification of a common carrier ancestor. American journal of veterinary research, v. 63, n. 10, p. 1443-1447, 2002.

FARROW, B. R. H.; MALIK, R. Hereditary myotonia in the Chow Chow. Journal of Small Animal Practice, v. 22, n. 7, p. 451-465, 1981.

HICKFORD, F. H. et al. Congenital myotonia in related kittens. Journal of small animal practice, v. 39, n. 6, p. 281-285, 1998.

SHORES, A. et al. Myotonia congenita in a Chow Chow pup. Journal of the American Veterinary Medical Association, v. 188, n. 5, p. 532-533, 1986.

Recomendamos levar o seu pet a um médico veterinário para um diagnóstico preciso
Conheça o Serviço Veterinário em Domicílio - Agendar Agora