Tudo sobre: Osteocondrose

Introdução

A osteocondrose, também denominada erroneamente de osteocondrose dissecante (OCD) ou osteocondrite dissecante, é uma das doenças que mais comumente levam cães jovens, com idade entre três e nove meses, e de crescimento rápido à claudicação, sendo mais comum em machos. A osteocondrose ocorre de forma bilateral, ou seja, no dois membros em 50% dos casos, e é mais comum em cães de médio e grande porte, como os da raça Rottweiler, Labrador, Border Collie e Golden Retriever. A etiologia é multifatorial, incluindo fatores tais como crescimento rápido, ganho de peso, genética, metabolismo, trauma e nutrição caracterizada por altos níveis de energia, proteína, fósforo e desbalanço de cálcio, fósforo e vitamina D.

O que ocorre primeiramente é a osteocondrose, que nada mais é do que uma degeneração cartilaginosa devido à alteração da diferenciação celular da mesma, causada por uma falha das vascularização dos ossos subcondrais, associada à disfunção da ossificação (endocondral) do esqueleto imaturo, resultando em não ossificação da matriz cartilaginosa, que se torna espessada, predispondo à lesão. Pode afetar qualquer superfície articular, principalmente aquelas em que a exposição à tensão é maior, com amolecimento, necrose e colapso da cartilagem anormal.

O local de maior ocorrência é a cabeça umeral, mas pode ocorrer no cotovelo, joelho e tarso, sendo essa última menos comum, com prevalência variando entre 4 a 9%. A osteocondrose pode levar à formação de um retalho de cartilagem, que pode ossificar e se localizar adjacente ao osso subcondral acometido, e quando isso ocorre, é denominada de osteocondrite dissecante.

Transmissão

- Hereditário (há fatores genéticos que predispõem a ocorrência)

Manifestações clínicas

- Claudicação do membro acometido

- Dor na região da lesão 

- Dificuldade de se levantar e descer de superfícies mais altas 

- Crepitação da articulação envolvida 

- Derrame articular de baixa intensidade 

- Atrofia muscular em casos crônicos

Diagnóstico

Associação da anamnese detalhada aos exame físico e complementares pelo(a) médico(a) veterinário(a). Exames que podem ser solicitados:

- Radiografia do local acometido 

- Tomografia computadorizada do local acometido

- Ressonância magnética do local acometido 

 Observação: A realização e a definição da necessidade de exames complementares são decisões do(a) Médico(a) Veterinário(a).

Tratamento

São utilizados analgésicos e anti-inflamatórios para redução da dor e efusão articular (edema articular). Porém, a cirurgia (artrotomia) precoce, com debridamento da cartilagem articular e curetagem do defeito subjacente, é o método mais consistente e efetivo para resolução da claudicação, bem como para minimizar a progressão da doença articular degenerativa.

A artroscopia também pode ser utilizada como alternativa, apresentando como vantagens a magnificação da imagem da lesão e diminuição do tempo de recuperação do paciente no período pós-operatório. O paciente deve permanecer em repouso em confinamento por um período de um mês, com retorno gradual para as atividades normais. 

O prognóstico após a realização de cirurgia depende da cronicidade, tamanho e localização da lesão, bem como grau da doença articular degenerativa.

Prevenção

Como prevenção, é indicado que animais diagnosticados não sejam reproduzidos, uma vez que a osteocondrose apresenta um fator genético.

Referências Bibliográficas

FERREIRA, M, P; NÓBREGA, F, S; FERRIGNO, C, R; ALIEVI, M, M; ZANG, L; BROSE, M,M; SOUZA, M, J; BING, R,S; Diagnóstico Radiográfico e tomográfico de osteocondrose dissecante em tarso de cão; Acta Scientiae Veterinariae, 2017.45(Suppl 1):226. 

BUQUERA, L, E, C; FILHO, J, G, P; SELMI, A, L; CANOLA, J, C; OSTEOCONDRITE DISSECANTE DO CÔNDILO FEMORAL MEDIAL EM QUATRO CÃES; Aq. ciên, vet, zool. UNIPAR, Umuarama, v.6, n.2. P. 139-143, Jul/dez. 2003. 

M.C.Muhlbauer; S.K.Kneller; RADIOGRAPHY OF THE DOG AND CAT: Guide to Marking and Interpreting Radiographs; 2013 by John Wiley & Sons, Inc.

Recomendamos levar o seu pet a um médico veterinário para um diagnóstico preciso