Tudo sobre: Perfuração de Traqueia

Introdução

As rupturas e perfurações traqueais são raras em cães e gatos, porém merecem atenção especial, pois podem levar os pacientes a óbito.

As lesões traqueais podem ser contusas, que são causadas por esmagamento ou estrangulamento e penetrantes. Apesar de menos comuns, as perfurações traumáticas também podem ocorrer em casos de mordedura, atropelamentos, ferimento por arma de fogo, iatrogênicas como hiperinsuflação de cuff do tubo endotraqueal, trauma torácico ou após cirurgias na traqueia.

Humanos com ruptura de traqueia geralmente vem a óbito após duas horas do trauma, já os cães e os gatos podem apresentar uma pequena laceração e os sinais clínicos se estenderem durante dias a semanas. Em casos de lacerações mais extensas é necessária uma rápida intervenção, crucial para a vida do paciente.

Transmissão

-Não se aplica

Manifestações clínicas

-Taquipneia

-Cianose

-Enfisema subcutâneo

-Insuficiência respiratória

-Alterações de voz

-Estridor

-Tosse

-Dispneia

-Pneumotorax

-Pneumomediastino

Diagnóstico

Associação de sinais clínicos e história clínica

-Radiografia

-Tomografia computadorizada

-Endoscopia das vias respiratórias

-Cirurgia exploratória da região traqueal

Observação: A realização e a definição de necessidade de exames complementares são decisões do Médico Veterinário. 

Tratamento

O tratamento pode ser cirúrgico, que consiste na sutura da lesão traqueal ou conservativo, onde se lança mão do tratamento suporte com restrição de espaço, oxigenoterapia, drenagem em caso de pneumotórax, bandagem compressiva na região cervical, antibioticoterapia, controle de dor, uso de antinflamatórios e compressas na região afetada.

Prevenção

-Não se aplica

Referências Bibliográficas

ALVES, J. E. O. et al. Laceração de traqueia em um cão - relato de cão. Acta Biomedica Brasiliensia, vol. 7, n. 2, p. 110-115, 2016.

LEAL, L. M. et al. Ruptura de traquéia traumática em cão - relato de caso. Revista de educação continuada em medicina veterinária e zootecnia do CRMV-SP, vol. 11, n.2, p.76-77, 2013.

MARSICO, G. A. et al. Lesões da traquéia e grandes brônquios. Revista colégio brasileiro de cirurgiões, vol. 27, n.3, 2000.

Recomendamos levar o seu pet a um médico veterinário para um diagnóstico preciso