Tudo sobre: Subluxação Atlantoaxial

Introdução

Anomalias da junção craniocervical são caracterizadas por um grupo de distúrbios do desenvolvimento da região da junção craniocervical (osso supraoccipital, vértebras C1 e C2).

Fatores hereditários podem estar envolvidos em algumas linhagens de raças de cães miniaturas e toys em que essa anomalia congênita é mais comum, fratura e suporte ligamentar insuficiente das vértebras podem ocorrer em qualquer raça. 

Luxação atlantoaxial congênita ocorre mais comumente em cães com menos de um ano de idade, no entanto, os animais mais velhos expostos a várias tensões também podem ser afetados. Luxação atlantoaxial também tem sido relatada em cães e gatos em associação com mal formação óssea occipitoatlantoaxial.

A instabilidade atlanto-axial é uma condição congênita ou traumática em cães ou gatos que causa dor cervical e graus variados de disfunções neurológicas. Existem vários processos patológicos que podem levar à subluxação atlanto-axial: ausência congênita ou hipoplasia do dente; fratura ou separação do dente e ruptura ou ausência dos ligamentos.

A sobreposição atlanto-occipital é causada por uma malformação, o atlas (C1) é deslocado cranialmente no forame magno, e ocorre sobreposição do osso occipital e atlas. Esse deslocamento tende a pressionar o aspecto caudal do cerebelo e elevar e comprimir a medula caudal.

A invaginação basilar é um distúrbio da junção craniocervical humana em que o atlas e o áxis (C2) engavetam-se em direção ao forame magno.

A instabilidade pode estar associada aos acidentes automobilísticos ou as brigas entre cães.

A forma traumática pode ocorrer em qualquer idade, em qualquer tamanho ou raça de cão. A forma congênita afeta quase exclusivamente as raças toy de cães como Chihuahua, Pequinês e Poodle toy. Ambos os sexos podem ser afetados, e normalmente os cães apresentam-se com menos de um ano de idade. Terapias conservativas e cirúrgicas têm sido descritas para alívio dos sinais clínicos associados com instabilidade atlanto-axial.

Transmissão

-Não se aplica

Manifestações clínicas

- Dor cervical 

- Disfunção motora nos membros se devem à pressão na medula espinhal

- Dor associada com a instabilidade atlanto-axial traumática pode ser causada por compressão das raízes nervosas ou meningeal e associada com a instabilidade da fratura e estimulação nervosa sensorial local 

- Graus diferentes de ataxia dos quatro membros

- Tetraplegia e tetraparesia não deambulatórias ocorrem em casos graves

Diagnóstico

- Sinais clínicos

- Histórico

- Avaliação neurológica 

- Radiografia

- Tomografia computadorizada

- Ressonância magnética

- Exames laboratoriais - pacientes jovens podem apresentar níveis elevados de fosfatase alcalina (enzima hepática) 

Observação: A realização e a definição de necessidade de exames complementares são decisões do Médico Veterinário. 

Tratamento

O Tratamento não cirúrgico: restrição de movimentos em gaiolas, aplicação de um colete no pescoço e o uso de medicações anti-inflamatórias podem levar a uma melhora do paciente, entretanto isto é normalmente transitório.

O Tratamento cirúrgico: a terapia cirúrgica está indicada para a permanente redução e estabilização da articulação atlanto-axial, eliminando a compressão e prevenindo o movimento vertebral, em casos de animais com sinais clínicos devido disfunção neurológica.

Os tratamentos cirúrgicos para instabilidade atlanto-axial incluem técnicas de estabilização dorsal e ventral, usando o ligamento nucal, fixação por banda de tensão, fio ortopédico, polimetilmetacrilato, fixação com parafuso, placas e pinos.

Prevenção

-Não se aplica

Referências Bibliográficas

FOSSUM, T; W. Cirurgia de pequenos animais. 4° edição, p.1491-1497 , 2014.

FESTNER, C;C. Instabilidade Atlantoaxial em cães. Trabalho de conclusão de curso. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2013.

STAINKI, D; R. Instabilidade Atlanto-axial em canino: breve revisão e relato de caso . Revista da FZVA

Uruguaiana, v. 5/6, n.1, p. 136-143. 1998/1999.

Recomendamos levar o seu pet a um médico veterinário para um diagnóstico preciso