American Bobtail

american bobtail

american bobtail

Este gato americano é raro fora dos Estados Unidos. Por volta de 1965, um casal de Americanos – os Sanders – em férias no Arizona perto de uma reserva índia, observaram um gatinho de aspecto selvagem que possuía uma cauda curta e erguida sobre o dorso. Adotaram-no, baptizando-o de Yodie. Foi cruzado com Mishi, uma gata Siamesa. Um gatinho resultante deste acasalamento foi, posteriormente, cruzado com um gato creme, dando origem a esta raça. A principal característica do “bobtail”, a sua cauda encurtada, resultou de uma mutação provocada por um gene dominante. Originalmente, o seu pêlo era curto. Com a introdução de Persas Colourpoint (Himalaias nos EstadosUnidos), a pelagem passou a ser semi-longa. A raça foi reconhecida pela T.I.C.A.em 1989. O American Bobtail semi-longhairé a versão de pêlo comprido do American Bobtail, apresentando características idênticas.

Um pequeno lince felpudo de cauda curta, proveniente da América

ASPECTO GERAL
Tamanho médio a grande. Peso: 3 a 9 kg.
Corpo semi-cobby a cobby, vigoroso, pesado, bastante musculoso. Cauda curta. Pelagem semi-longa, dupla.

CABEÇA
Larga com contornos arredondados. Fronte ligeiramente arredondada. Faces cheias e bastante desenvolvidas. Focinho quase tão largo como comprido. “Stop”” ligeiro. Nariz largo quase recto, apresentado uma ligeira curvatura entre os olhos. Queixo firme,forte,
bem desenvolvido. Mandíbulas fortes.
ORELHAS
De tamanho médio, largas na base, arredondadas na extremidade e apresentando, preferencialmente, um penacho tipo lince.
Bastante espaçadas, posicionadas em estado de alerta e com o interior guarnecido de pêlos compridos.
OLHOS
Grandes, largos, ovais, amendoados, ligeiramente oblíquos. Cor adaptada à pelagem.
PESCOÇO
Comprimento médio, bastante musculoso.
CORPO
De tamanho médio, atarracado. Peito largo. Dorso ligeiramente arqueado. Forte estrutura óssea. Musculatura forte.
PATAS
De comprimento médio. As patas posteriores são ligeiramente mais compridas que as anteriores. Estrutura óssea e musculatura vigorosas. Pés grandes, redondos. Tufos de pêlo na região interdigital.
CAUDA
Curta (de 2,5 a 10 cm), flexível, podendo apresentar-se em forma de nó ou enrolada. Bastante farta, com pêlos compridos, espessos e hirsutos.
PELAGEM
Dupla, espessa, densa, de comprimento médio, bastante áspera, hirsuta. Sub-pêlo abundante. O pêlo é mais comprido na zona do colar e na cauda. São admitidas todas as cores são admitidas.
OBSERVAÇÕES
Cruzamentos autorizados com outras raças: todas as raças.
DEFEITOS
Focinho demasiado curto. “Stop” muito acentuado. Cauda excessivamente comprida ou muito curta. Esqueleto muito fino. Pelagem demasiado sedosa, muito lisa. Desqualificação: cauda de tamanho normal ou ausência de cauda

CARACTERÍSTICAS / PARTICULARIDADES
Este gato é calmo, paciente e delicado.Meigo e muito ligado ao dono. Gosta da companhia dos seus congéneres e admite a presença dos cães. Não aprecia a solidão. É também um excelente caçador. Não atinge a maturidade antes dos 2 ou 3 anos de idade. Fácil manutenção

FONTE enciclopedia dos gatos royal canin

Sobre o autor

Dr. Marcio Waldman

Dr. Marcio Waldman

Medico veterinário, diretor e fundador do www.petlove.com.br. Formado em 1988 pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP e pós graduado em latu sensu em odontologia veterinária, foi secretário geral da Anclivepa SP (associação nacional de clínicos veterinários de pequenos animais) e sócio fundador do Simpavet (sindicato patronal dos médicos veterinários). Atuou como clínico veterinário de pequenos animais de 1988 a 2005 em São Paulo, e em 2005 terminou a atividade na clinica para se dedicar exclusivamente ao Pet Love.

Deixe um comentário