Aposentado cria “santuário” para cães idosos que foram abandonados

Assim como os seres humanos, os pets envelhecem a cada dia, porém, a expectativa de vida é, pelo menos, três vezes menor. Na fase mais avançada da vida, é necessário o acompanhamento dos pais e um cuidado especial , além do fato de que algumas raças tendem a desenvolver doenças específicas com o passar do tempo.

Pets idosos são abandonados nas ruas diariamente simplesmente por seus “pais” não estarem dispostos a arcar com os gastos gerados por um animal em fim de vida ou por não atenderem mais aos seus requisitos.

Pensando nisso, o aposentado Russell Clothier fundou um abrigo para cães idosos em Missouri, nos Estados Unidos, dedicado aos cuidados àqueles que não tiveram a sorte de terem sido adotados ou que foram abandonados nas ruas. 

 

Clothier criou o Shape Place após ter resgatado um Beagle, de 10 anos, e ter se sensibilizado com a situação do animal. Ele entendeu que os cachorros mais velhos precisam de uma segunda chance, já que os mesmos têm a necessidade de um espaço que os acolhesse, ao invés de andarem sozinhos pelo mundo. 

O abrigo conta com locais de lazer, canis e um grande pátio onde os pets podem correr tranquilamente. Além disso, o local ajuda outras organizações. Quando um cão que vive em algum abrigo chega à velhice sem ser adotado, ele é levado até a Shape Place para que possa viver com outros da mesma idade. De acordo com o criador do “santuário”, a ideia é que o local seja o mais caseiro possível, para que todos se sintam em casa. 

 

Conheça mais sobre o santuário de Russell Clothier: 

 

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.