Cachorro com diarreia – O que pode ser?

A diarreia é uma condição comum entre os cães, porém, a presença dela pode indicar que o cachorro tenha alguma doença ou a presença de algum parasita. 

A mudança brusca de ração pode influenciar nesta condição e a ingestão de alimentos impróprios quase sempre traz impactos negativos na vida dos pets.

Quando a diarreia não é tratada corretamente, ela pode levar o cachorro a quadros severos de desidratação e ser fatal.

cachorro e veterinário

Observe as fezes 

Apesar de ser bem desagradável, a análise das fezes é bem importante e pode auxiliar no diagnóstico. Procure observar a presença de algo incomum e anote, isso pode ajudar o médico veterinário a descobrir o que está causando a diarreia.

É interessante também observar a frequência e como o cachorro faz o cocô. Quando demanda muito esforço, pode indicar algum processo inflamatório. Outro importante sinal é quando o volume das fezes está maior do que o normal, pode indicar que as coisas não vão kmuito bem no intestino delgado.

Atente-se aos detalhes

Antes de tratá-lo devemos entender o que está ocasionando a diarreia. A análise de detalhes como a coloração e a consistência das fezes pode ajudar no fechamento do diagnóstico. Examine o conteúdo e repasse todas as informações ao médico veterinário. Quanto mais informações coletadas, mais fácil será chegar ao diagnóstico e o tratamento poderá ser iniciado rapidamente.

Em alguns casos – principalmente nos mais graves – os cães podem apresentar outros sintomas como vômitos, fraqueza, febre (quando está relacionada com alguma doença ou parasita) e desidratação – combinada com esses sintomas, pode ser fatal ao cachorro. – A causa da diarreia também pode estar relacionada com insuficiência renal, tumores no intestino, intoxicações e as vezes parvovirose. Por isso, a visita ao médico veterinário é fundamental.

Mantenha o cachorro hidratado

A diarreia faz com que o cachorro perca bastante água e isso é muito ruim para ele. Em alguns casos, os cães além de perder água podem não absorver corretamente os nutrientes (principalmente quando relacionada à doenças gastrointestinais) e os perdem nas fezes, agravando ainda mais o quadro de desidratação. Em alguns casos, a utilização de probióticos é necessária. 

Existem algumas maneiras de evitar que o cachorro tenha diarreia, como não mudar bruscamente a alimentação, manter a vermifugação e as vacinas em dia, não oferecer alimentos que não faz parte da rotina deles, e principalmente, visitar rotineiramente o médico veterinário e realizar check ups anuais, se possível.

O seu cachorro já teve diarreia? Conte para nós como foi a sua experiência. Compartilhe esse texto para disseminar a informação e ajudar outras pessoas que estão passando por essa mesma situação com o pet.

Sobre o autor

Gabriela Azevedo

Gabriela Azevedo

Formada em design gráfico e cursando medicina veterinária, profissão que herdei paixão graças ao meu pai. Catlover e apaixonada pelos meus 6 gatinhos (Tchantcham, Drake, Josh, Marie, Maysa e Cara Preta -in memoriam- ♥) e pelos pets agregados que fazem parte da minha vida (todos os que encontro. bem doida dos bichos!).

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.