Cadastre-se e ganhe 10% OFF na primeira compra!

Cinomose: o que é, sintomas, tratamento e cura

Você já ouviu falar em cinomose? É uma doença canina (veja outras doenças de cachorros aqui) viral e altamente contagiosa que pode levar à morte ou deixar graves sequelas nos cachorros que se curam dela. No entanto, conseguimos prevenir a cinomose e, assim, evitar que nossos cachorros sofram e a transmitam para outros animais. Mas antes de falarmos sobre prevenção, sintomas, tratamento e cura, vamos entender direitinho o que é cinomose.

O que é cinomose?

A cinomose canina é uma doença infectocontagiosa que afeta cachorros causada por um vírus da família Paramyxovirus, do gênero Morbilivírus. Ela é altamente contagiosa e costuma acometer cães que ainda não terminaram o esquema vacinal (filhotes) ou que não costumam receber o reforço anual da vacina múltipla (V8, V10 ou V11).

Cinomose em gatos

O nome “cinomose” já nos diz muito sobre a doença, já que o prefixo “cino” sempre é referente aos cachorros. Sendo assim, seu caráter infeccioso se restringe apenas aos cães, ou seja, a cinomose não afeta os gatos.

Sintomas da cinomose

Cinomose

O vírus se replica nas células sanguíneas e sistema nervoso central do animal. Nos estágios iniciais da doença, um sintoma bastante comum é a diarreia, uma vez que o sistema digestório é, geralmente, o primeiro a ser atingido. Em um estágio um pouco mais avançado da doença, o sistema respiratório é acometido, sendo observadas secreções normalmente amareladas e densas saindo pelo nariz e região dos olhos.

Na fase mais tardia da doença, acontece o acometimento do sistema nervoso central, que é quando o animal passa a ter o andar desorientado e tremores musculares que podem evoluir para crises de convulsões.

Secreção ocular remela cinomose

Secreção ocular, um dos sintomas da cinomose.

Sintomas da cinomose

  • Apatia
  • Perda de apetite
  • Diarreia
  • Vômito
  • Febre
  • Secreções oculares (remela em grande quantidade)
  • Secreções nasais (pus)
  • Convulsões
  • Paralisias
  • Tiques nervosos
  • Falta de coordenação

No exame de sangue, é observada a diminuição da imunidade do animal devido à replicação do vírus no sistema linfático. Um cão infectado elimina o vírus pela urina, fezes e secreções (nasal e ocular) até 90 dias após a exposição ao vírus. Portanto é importante evitar seu contato com outros cachorros durante o período em que está doente.

Como a doença é transmitida?

O cachorro pode pegar cinomose, ou seja, ser contaminado pelo vírus, de diversas formas. Entre elas, pelo contato com secreções, urina e fezes infectadas pelos animais doentes. Além disso, casinha, cobertores e alimentos dos animais infectados também são fontes de infecção. Filhotes e idosos são mais susceptíveis às doenças infecto-contagiosas por terem o sistema imunológico um pouco menos ativo.

Vale lembrar que o contato não necessariamente precisa ser direto/ próximo. A infecção pode acontecer, por exemplo, quando passeamos com nosso pet em locais pelos quais passaram animais doentes que eliminaram o vírus na rua, em parques ou outros locais públicos.

Consultórios veterinários também requerem atenção. Se seu pet não possui o quadro de vacinas completo, não permita que ele tenha contato com outros cães, com o chão ou gaiolas que não foram higienizadas.

Qual o tratamento para a cinomose?

  • Não há medicamentos antivirais eficazes para combater a doença. No entanto, o tratamento consiste em tratar os sintomas causados nos diferentes sistemas acometidos:
  • Antibiótico e anti-pirético para as infecções secundárias no sistema digestório e respiratório, além de aliar expectorantes, bronco dilatadores e antieméticos.
  • Soro (fluidoterapia), para corrigir a desidratação causada pela diarreia.
  • Anticonvulsivante para as crises convulsivas devido ao acometimento do sistema nervoso.
  • Suplementos nutricionais e terapias alternativas, como a acupuntura, para melhorar a resposta imunológica do animal para combater o vírus também são utilizadas.

Sequelas

O animal que teve a doença evoluída ao estágio de acometimento do sistema nervoso pode ficar com tremores musculares, andar desordenado e/ou crises convulsivas por toda sua vida, mesmo não portando mais o vírus.

Neste caso, o animal sequelado terá de ter auxílio de sessões de fisioterapia e acupuntura para melhorar o quadro, além de fazer uso de anticonvulsivante em alguns casos.

Como prevenir a cinomose?

Basta realizar a vacinação anual do seu cachorro. A vacina para cinomose está dentro do pacote oferecido pelas vacinas V8 , V10 e V11. No caso de filhotes, devem receber três a quatro doses da vacina a partir de 45 dias de vida, com intervalo de 21 a 30 dias entre as aplicações. Apenas depois da última dose seu sistema imunológico estará apto a combater o vírus caso haja contato com ele, sendo liberados os passeios na coleira.

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Juliana Packness

Especialista em patologia clínica veterinária

624 Comentários

  • OI EU PERDI MINHA PEQUENA CHENA COM ESSA MALDITA DOENÇA EM MARÇO DIA 09\2019 EU FIZ DE TUDO ELA SÓ PIORAVA 🙁
    EU TENHO OUTRO CACHORRO E TO COM MEDO QUE ACONTEÇA A MESMA COISA COM ELE 🙁

    • Olá, Fernanda! Que pena que perdeu seu pet tão recentemente. O ideal é esperar pelo menos 3 meses para ter um novo cachorro e realizar uma rigorosa desinfecção em toda a sua casa com produtos veterinários especializados, além de descartar os objetos usados pelo cão anterior. É importante também manter a vacinação do cão novo sempre em dia, pois é isso que evitará que ele fique doente. Na dúvida, converse com seu médico veterinário de confiança. Um abraço!

  • É assustador o número de pessoas que tiveram seus pets com a doença. Me ocorreu uma dúvida? Será que todos estavam sem a vacina? Ou então, será que os que foram vacinados, foram com VACINA NACIONAL? Eu já soube de casos de cachorros que estavam com o esquema certinho, porém VACINA NACIONAL, e adquiriram a doença. Alguns veterinários já me disseram que a NACIONAL não imuniza o cachorro. Que são produtos muito baratos…custam para eles de 6 a 8 Reais e não tem nenhum componente ativo para prevenir a doença. Eu não abro mão de usar uma vacina de boa qualidade e importada, mesmo sendo caras. Acho melhor prevenir do que correr o risco.

  • Meu nome e Renata minha cahorrinha ta muito ruim por causa dessa doença, tudo que come vomita, ja passei no veterinario, ta tomando combiron, pra anemia, plasil para vomito, xantinon para o figado e doxiclin antibiotico ja faz 10 dias e nao vejo melhora.. Gente me ajudem por favor nao sei oque faço ela ta ficando muito magra… To muito triste… Me ajudem ai por favor…

    • Acabei perdr meu York Shire. Infelizmente ele não suportou a doença. Talvez se eu tivesse trocado o veterinário antes poderia ter tido chance. O primeiro profissional fez tudo errado e deu diagnóstico de doença de carrapato sendo que era Cinomose. O tratamento inicial foi com medicação errada. T9mei atitude de mudar pois o veterinário teve a capacidade de pedir exame hemograma de 3 em 3 dias, absurdo para um filhote com anemia e plaquetas baixa.
      Boa sorte!

    • Oi meu nome é Renata Moreira,comprei uma filhote de York para mim,ela se chama CACAU ,hj ja está com dois meses e alguns dias,foi diagnosticada com cinomose,ela teve crises horríveis (não caminhava,e quando andava caia chorando e não parava em pé mais,não se alimentava,ficava toda torcida e dura,com bolhas de inflamação no corpo,pulgando os olhos e com crises de convulsões )hoje ela toma uma vitamina e um antibiótico e em vista de como ela estava,acho ela bem melhor,mas claro anda com uma certa dificuldade,mas já se alimenta melhor,não esta tendo a dois dias as crises de convulsões atente quando chamada,porém talvez por ser novinha ainda,não late mas acredito q ela está melhorando e vai ficar Boa!#acreditem esses bichinhos são mais fortes do que pensamos eles querem continuar vivendo,dando e recebendo muito amor e carinho…

  • Gente, no mes de janiero descobrimos a cinomose na Belinha, minha cadelinha de 5 anos, infelismente els nao estava com a vacina em dia. Hoje dia 07/02 ela está vegetando, o pior é que eu e meu esposo trabalhamos o dia todo, eu cuido antes de sair e quando eu chego, mais me parte o coraçao ver ela assim, estamos sofrendo muito. a vet que está cuidando dela disse que ela nao vai passar disso, e que mais cedo ou mais tarde vai morrer, ela me deu a opção da eutanasia.. ohhh meu Deus que coisa cruel ta doendo tanto, eu ainda não tive coragem de levar. A belinha parece que esta em coma, nem abre mais os olhos, nao se mexe, só respira com dificuldade.

    • Oi meu anjo, eu te entendo… Alguns dias atrás minhas cachorras foram diagnosticadas com a cinomose, elas vem lutando muito pela vida delas.. Mas infelizmente uma delas já estava no nível extremamente avançado, tendo mais de 6 convulsões por hora, e sendo um vírus generalizado por ter expandido para mais de 55% do organismo dela… O veterinário me falou as sequelas se ela conseguisse sobreviver, e me sugeriu a eutanásia, eu vi o sofrimento dela e o pedido de socorro pelo olhar.. Hoje a noite de coração partido eu assinei a autorização aos prantos, mesmo sabendo que eu estava fazendo a coisa certa!! Não seja egoísta deixando a bixinha nessa situação, eu sei o quanto doi perder o animaizinho e o quão triste é fazer isso, mas faça sabendo que é o melhor para ela!! Você vai conseguir superar e ela estará em um lugar melhor… Estarei com vc, seja forte e grande abraço!

    • Minha querida estou com o mesmo problema que vc, e o nome da minha é belinha também e se o tratamento não der jeito a veterinária também sugeriu a eutanásia, estou em pedaços com isso porque peguei ela desde bb e já está com 15 anos.

  • Bom dia pessoal preciso de ajuda a minha cachorrinha está com cinomose estou muito triste já levei no Veterinário já deu remédio. Mais ela grita e chora muito dia e A noite o que faço me ajuda.

    • O meu foi diagnosticado ontem tbm?? ele não chora, e nem grita, só anda meio desorientado, mas reage quando eu chamo, late, anda com um pouco com dificuldade mas anda, e da uns pulos, enfim mto triste.?

      • O meu está na msm situação, estou dando muito soro a ele pra hidratar e dando os medicamentos pra dores, o antibiótico e uma vitamina pro sistema imunológico

      • aqui a minha cachorra acabou de ser diagnosticada ele tava andando com dificuldade, agora nem meche as patas traseiras anda se arrastando to com muita pena.

    • Minha bb de 1 ano tbm esta com Cinomose, diagnosticada a 20 dias e estou tratando com as medicação q o veterinario passou, so q dla de 5 dias para ca nao esta andando, e hj ela chorou o dia todo, nao sei mais oq faço,

  • Boa noite, fui brincar agora com minha cachorrinha de 3 meses e descobri umas bolinhas de infecção, uma na barriga e outras acima da patinha esquerda, no meio do pelo. Pode ser um sintoma de cinomose?

  • Meu Cachorro, foi vacinado assim que resgatei a 1 ano… e agora está internado com suspeita de cinomose. Hoje foi feito um exame de sangue e descartado a pavovirose, amanhã tem outro exame e provavel que de cinomose. Ele não come, não bebe nem água, vomita até o soro que a gente da e defeca sangue. Ele vai ficar bem? Por que foi possível a infecção visto que ele estava vacinado?

    • Olá! As vacinas não conferem 100% de eficácia, podendo variar também de acordo com a imunidade do pet, forma de administração e até mesmo o produto utilizado. Converse com o médico veterinário de sua confiança para saber como proceder caso seu pet esteja mesmo com cinomose. Quando temos um pet adulto que nunca foi vacinado, o indicado é que ele tome pelo menos duas doses com 21 a 30 dias de intervalo das vacinas que protegem contra cinomose (como V8, V10, V11 ou V12). Um abraço!

    • Oi meu cachorrinho por nome Zac ele tem 1 ano e 2 meses e foi cometido por essa doença sinomose eu estou desesperada.nao sei o que faço.

  • Olá minha cachorra foi diagnosticada hoje com cinomose,já estou dando o soro e uns remédios que o veterinário me pediu,mais não conseguir compra o ribavirina ainda…

    • Olá, Lucas! A cinomose é uma doença que progride rapidamente, portanto, é ideal seguir à risca as recomendações do médico do seu pet para que ele se cure rapidamente. Um abraço!

    • Terrível essa doença,o meu teve quando completou 1 aninho não tínhamos condições para pagar um tratamento ,porem não desisti dele ,dava papinha,água tudo por seringa ,foram mais de 2 semanas de sofrimento ,hoje ele esta com 10 anos e não ficou com nenhuma sequela . Força.

      • A minha foi diagnosticada ontem estou desesperada não posso perder minha pequena ?
        Quais medicamentos você usou?

      • Oi, Camila! O tratamento vai variar de acordo com cada caso. Evite dicas de quem não é médico veterinário, pois somente com uma avaliação precisa do quadro é possível saber como proceder. Um abraço!

      • Seu caso foi raro amigo..graças a Deus…perdi um a alguns anos e agora eu trato de um de rua que tenho certeza que está com cinomose..muito triste.muito msm

  • Eu dei vacina na minha cachorrinha sábado aquela vacina que é para várias doenças si que passou segunda-feira ela começou a vomitar e ter diarreia e só foi piorando e hj de manhã ela faleceu dei soro e remédio para ela mas ñ adiantou.

    • Estou tratando minha cadelinha que está com cinomose mas está tão pior está tomando injeções uns seis dias fora os medicamentos . estou tão arrasada . porque vejo ela ficando desorientada .como se estivesse nos esquecendo ?

    • Isabel, boa tarde!

      Para que ocorra a vacinação do animal, deve ser feita uma análise clínica para verificar se o mesmo pode receber a vacina. O que pode ter acontecido, é do seu animal já está com o vírus no organismo e ao aplicar a vacina o quadro vem a piorar.

      • E vdd o meu filhote nn Foi vacinado a 2 dose pq o veterinário me aconselhou fazer exame sangue e ele está com anemia e plaquetas baixíssima e ele está tomando remédio e só v a i vacinar depois de 14 dias depois do 2 exame de sangue

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.