Como Descobrir o Sexo de Aves

Quando se faz a opção por criar aves como calopsitasperiquitospapagaiospássaro pretocanários entre outros, uma grande dúvida é a de saber qual o sexo de cada uma dessas aves. Este fato é importante para o planejamento de cruzamentos ou até mesmo para a organização das aves nos viveiros.

No momento da compra de aves silvestres que serão criadas na gaiola como animais de estimação, elas são anilhadas com um anel identificador em uma das patas que as identificam como aves licenciadas pelo IBAMA. Nessa identificação consta o sexo do bichinho, mas antes do anilhamento da ave sempre paira tal dúvida para os leigos principalmente.

A identificação sexual de aves se faz complicada porque nem todas as espécies apresentam dimorfismo sexual, isto é, características típicas e específicas que diferenciam machos e fêmeas. Existem diversas opções sobre como saber o sexo das aves, mas nem todas se mostram viáveis como, por exemplo, uma laparoscopia exploratória, que é um procedimento cirúrgico no qual a cavidade abdominal da ave é aberta para visualização das gônadas sexuais. Outro procedimento considerado inviável é a ressonância magnética para identificar o sexo das aves, porém é extremamente caro e de acesso limitado à maioria da população interessada, pois a ave teria que se deslocar até o laboratório.

A opção que tem sido eleita pela maioria dos criadores é a do exame de DNA, pois esse exame consegue identificar com clareza o gênero da ave, baseado em um gene que fica nos cromossomos sexuais. A técnica utilizada é a reação em cadeia da polimerase, que consiste em fazer cópias de um determinado gene para que possibilitar a visualização do mesmo.

A coleta do material para este exame é extremamente fácil e não representa riscos à saúde do animal, pois é preciso retirar apenas de duas a três penas jovens que tenham a base do bulbo (a extremidade da pena que se “conecta” a ave) ligeiramente amolecida, ou cortar a ponta da unha da ave e deixar o sangue gotejar em um papel filtro especial geralmente é fornecido pelos laboratórios que realizam este tipo de exame.

O envio do material biológico coletado pelos próprios donos até o laboratório, mesmo que para uma cidade longe da onde está localizada a ave, é extremamente fácil. Estes materiais (as penas ou o sangue no papel filtro especial) podem ser mandados pelo correio para o laboratório e o dono recebe o resultado do exame pela internet.

Sobre o autor

Bruno Oliveira

6 Comentários

Deixe um comentário