Gravidez psicológica em cadelas

 

gravidez psicológica canina

O que é gravidez psicológica de cadelas?

Produção de leite, aumento no volume abdominal, organização de ninho e mudanças comportamentais bruscas. Essas são algumas das indicações mais comuns da gravidez psicológica em cadelas. Também chamada de pseudociese, ela consiste na combinação de comportamentos e sintomas clínicos da gestação mesmo sem a fêmea estar prenhe. Algumas pessoas acham gracioso, engraçado ou divertido ver a cachorrinha agindo como mãe de uma pelúcia ou outro objeto, mas a cadela com gravidez psicológica pode ter complicações sérias como inflamações e infecções no útero, a conhecida piometra, e tumores no sistema reprodutor, além de inchaço e dores em seus tetos. Nos primeiros sinais da gravidez psicológica de cachorro procure um médico veterinário.

Porque acontece a gravidez psicológica?

Durante o cio, ocorrem muitos estímulos hormonais. Algumas fêmeas, no entanto, são mais sensíveis às oscilações hormonais, apresentando sinais clínicos de gestação mesmo sem ter tido contato com um macho. Mas como saber se sua cachorra está mesmo tendo uma gravidez psicológica? Confira abaixo.

Sintomas de gravidez psicológica em cadelas

Os sintomas de gravidez psicológica em cadelas são facilmente confundidos com uma prenhez verdadeira. Uma combinação de comportamentos estranhos e sintomas clínicos aumentam as suspeitas de ser uma cadela com gravidez psicológica. Porém, apenas um médico veterinário pode avaliar e diagnosticar a pseudociese. Os possíveis sintomas são variados e aparecem em diversos níveis. Confira algumas das principais indicações da gravidez psicológica de uma fêmea de cachorro:

Sintomas clínicos

– Aumento das glândulas mamárias

– Dores nas mamas

– Produção de leite

– Aumento no volume abdominal

Alterações comportamentais

– Organização do ninho

– Adoção de objetos como cria

– Agressividade

– Depressão

– Uivos incessantes

– Falta de apetite

A grande produção de leite pode levar à inflamação das glândulas mamárias. Neste caso, é comum observar a fêmea lambendo o local devido às dores. Em alguns casos, elas podem até se ferir pela lambedura excessiva.
Alguns animais sofrem durante este período, apresentando comportamento depressivo, além de uivar e parar de comer.
Os sinais acompanham o período de ação do hormônio responsável, portanto pode durar de uma a duas semanas.

Entenda a gravidez psicológica em fêmeas

A gravidez psicológica em cães fêmeas acontece em decorrência de alterações hormonais. Apesar da condição ser bem conhecida dos médicos veterinários, as causas dessas mudanças hormonais ainda não são unanimidade. Assim como na prenhez verdadeira, o principal hormônio atuante é a progesterona e seu descontrole resulta em comportamentos como adoção de cria (ou de objetos) e produção de leite.

O desequilíbrio hormonal resulta em oscilações de comportamento podendo aumentar a agressividade da cadela com gravidez psicológica. A conduta pode piorar com a aproximação de pessoas e outros animais em seu ninho principalmente quando ela elege uma cria improvisada. No campo físico, as principais alterações ocasionadas pelos hormônios são aumento e dores nas glândulas mamárias e a produção de leite, como se a fêmea realmente estivesse se preparando para receber e amamentar as crias.

Quando selvagens, os cães viviam em grupos e assim cuidavam dos filhotes. A gravidez psicológica em cadelas possibilitava a produção de leite e a criação comunitária dos filhotes, aumentando as chances de sobrevivência. Atualmente, este comportamento além de desnecessário, também é prejudicial para a fêmea. Apesar das atitudes alteradas e dos sintomas regredirem e sumirem totalmente em poucas semanas, a cadela com gravidez psicológica pode desenvolver doenças graves. Por isso, não ignore a gravidez psicológica em cadelas e leve seu animal ao médico veterinário.

Gravidez psicológica em cadelas x gravidez psicológica em gatas

A cadela ovula espontaneamente, dando início à fase lútea, que é caracterizada pelo aumento da progesterona. Sendo assim, em todo cio ela corre o risco de desenvolver a pseudociese, ou seja, a gravidez psicológica.
Já as gatas ovulam apenas por estímulo durante a cópula, sendo poucas as vezes em que não há fecundação e, consequentemente, havendo menor incidência de gravidez psicológica.

Diagnóstico da gravidez psicológica canina

O diagnóstico é feito através dos sinais clínicos (citados anteriormente), histórico de cio recente, palpação abdominal e exames de imagem para se ter certeza de que não há gestação. Apenas um médico veterinário pode dar certeza de que se trata de uma falsa prenhez.

Minha cadela está com gravidez psicológica. O que fazer?

Ao suspeitar de uma cadela com gravidez psicológica procure um médico veterinário imediatamente. As alterações hormonais que ocorrem durante a gravidez psicológica em cães podem evoluir para doenças graves nas mamas e no útero, portanto o tratamento e supervisão são necessários. Entre os principais tratamentos está o uso de medicamentos para regulação hormonal e redução da produção de leite. Além de remédios, os tutores têm papel importante para tornar a gravidez psicológica de cachorro menos agressiva. Realizar compressas em toda a sua cadeia mamária pode ser necessário para aliviar a dor e o desconforto.

Tutores responsáveis com uma cadela com gravidez psicológica em casa devem ser compreensivos com os sintomas e respeitar o espaço do animal. Alguns médicos veterinários indicam a desconstrução do ambiente criado pela fêmea, afastando o ninho e o objeto adotado, enquanto outros prezam por não interferir. Consulte seu profissional de confiança e siga as instruções por ele. Já carinho, petiscos e muito amor sempre ajudam na recuperação de qualquer doença e não têm contraindicações.

Tratamento e prevenção da pseudociese em cadelas

Uma das formas mais eficazes de tratar e prevenir a gravidez psicológica em cadelas é realizar a castração do animal. O procedimento cirúrgico impede que a cadela fique prenhe e também reduz a produção de hormônios fundamentais para o desencadeamento da gravidez psicológica em cães. A castração é indicada tanto para animais que já tiveram a pseudociese quanto para fêmeas que nunca estiveram nessa condição. Além de prevenir a gravidez psicológica do cachorro, a castração evita diversas doenças, além de crias indesejadas.

Riscos da gravidez psicológica em cadelas

O desequilíbrio hormonal causa a gravidez psicológica em cadelas e pode desencadear diversas outras enfermidades, como câncer, endometriose, piometra, mastite, entre outras. A produção de leite e o aumento das mamas gera infecções graves, pois sem a presença de filhotes, o leite empedra ou é absorvido pelo organismo do animal. O sistema reprodutor passa por alterações que favorecem o surgimento de tumores e infecções. Os danos comportamentais também são graves já que a cadela com gravidez psicológica pode desenvolver depressão e se tornar agressiva. Seja sempre orientado por um médico veterinário, utilize os medicamentos indicados por ele e castre seu animal. É comum que cadelas que tenham tido gravidez psicológica uma vez voltem a apresentar o quadro.

Prevenção da gravidez psicológica canina

A castração (saiba mais sobre a castração aqui) previne essa “falsa gravidez”, sendo indicada principalmente para as fêmeas que apresentam estes episódios com frequência ao final dos cios. Prevenindo assim, todas as consequências citadas e proporcionando alívio para a cadelinha ou gatinha.

Curiosidade

Uma explicação referente ao histórico selvagem dos animais é de que nas matilhas todas as fêmeas entravam no cio na mesma época. As que não gestavam passavam a adquirir comportamentos de pseudociese (gravidez psicológica) para que pudessem ajudar as companheiras a cuidar das crias, tanto no instinto protetor como na amamentação.

Estima-se que 50% das cadelas não castradas poderão ter ao menos um episódio de pseudociese durante a vida. Dependendo do caso, a cadelinha pode apenas apresentar algumas mudanças de comportamento não tão específicas, o que pode fazer com que o problema algumas vezes passe desapercebido por seus tutores.

Muitos profissionais defendem que algumas raças possuem uma certa predisposição genética para isso. Cadelas que não estão com cria e adotam filhotes de outras espécies muitas vezes estão com gravidez psicológica e, por isso, passam até mesmo a amamentá-los com certa frequência.

www.centroveterinariocambui.com.br

Sobre o autor

Juliana Packness

Juliana Packness

Especialista em patologia clínica veterinária

68 Comentários

  • Minha Pincher está grávida e quando os filhotinhos começa a sair ela começa a lamber e volta já e 10:00 da noite e estou aqui com ela começou a sair sangue estou preocupada

  • Pessoal me ajudem por favor..
    Coloquei minha cachorra para cruzar dia 9 de janeiro.
    Ela cruzou 12 vezes daí tava programado para ela ter os filhotes dia 10 de março e até agora nd, ela não sente contrações Nem nada..
    Estar mais pesada que antes, as tetas dela não está muito grande, mas ela só quer ficar Deitada.
    Eu tô percebendo que ela está ficando um Pouco quente.
    Uns dias atrás eu Vi na Vúlva dela como se fosse os chutes mais depois parou, aí peguei ela coloquei ela em cima do sofá e deixei ela só aí do nada ela deu grito, os pelos dela tá caindo.
    Obs: primeira Cria..
    Levei ela em uma veterinária Fiz uma consulta com ela mais Ela nem Olhou direito para a cachorra não fez nenhum toque Nelaa.
    Me ajudem por favor.

    • Olá, Alan! Sua cadelinha precisa fazer exames, pois o tempo máximo de prenhez é de 63 dias. Ela pode não ter emprenhado, mas pode também estar tendo problemas com os filhotes. Procure outra clínica e questione sobre a possibilidade de fazer um ultrassom, por exemplo. Um abraço!

    • Olá, Angélica! É possível que as cadelas “adotem” outros animais, especialmente depois de terem tido cria ou quando estão apresentando a pseudociese (gravidez psicológica). Um abraço!

  • Alguém cala essa estúpida nojenta dessa tal de Domitila!
    Que mulherzinha nojenta! Esse espaço deveria ser para pessoas de bom coração e não uma tralha ignorante como ela…
    Asco de gente assim, pior q nem podemos chamar de animal pq ofenderia os bichinhos que com toda certeza nunca agiriam dessa forma!

  • Bom dia,
    minha cachorrinha esta com os sintomas de uma gravidez psicológica, não sei o que fazer, fez um buraco no quintal para ficar, quando não fica o dia todo na sua caminha, ela tem o abto de brincar com uma bolinha, e a uma semana ela não tira a bolinha da boca, esta com duas tetinha inchadas e saindo leites, faço massagem todos os dias, o que devo fazer,

    • Minha cadelinha , está com alguns desses sintomas de gravidez psicológica ela não é castrada e a quase dois meses passou pelo terceiro cio, nunca cruzou e está com a barriga arredondada , passa algum tempo chorando , não come direito está um pouco deprimida
      Levei ela ao veterinário e ele examinou ela e diagnosticou a gravidez psicológica.

  • Minha cachorrinha a lupa ela está derramando leite e eu não sei ela está prenha alguem poder me falar se ela está buchuda ou não ela já até arrumou um lugarzinho para ficar estou com muita dúvida é antigamente o meu pai notava ela para sai para andar só que ele ficava esperando ela mas eu não sei que dúvida ?

    • É mais uma burra ou outra preguiçosa ? Procura um veterinário, na hora de ter o bichinho quer, agora não quer gastar com ele ? Aposto que pra encher o rabo de roupas ou bebidas tem dinheiro.

      • Cala essa sua boca imunda. Pelo visto vc não serve nem pra ter um animal né, já que aparenta ser uma pessoa odiosa.

  • Minha cachorrinha é uma linguicinha, é a segunda vez que ela tem a gestação psicológica. Ela não se alimenta e fez um ninho dentro de uma bolsa, da outra vez durou 5 dias no máximo, mas agora já faz mais de 1 semana. Vou castrá-la, pois o médico onde levo ela, não me disse que era preciso castrá-la.

  • Minha Sandy saiu do cio a uma semana.Ela está ficando quieta demais parece ter medo. Pego ela no colo e nao quer me deixar solta-lá. Pode ser gravidez psicológica?

    • Sim minha cachorrinha quer ficar só no colo, fica chorando e tem uma bolinha que nao solta dela pra nada . e mais não está comendo e procura fazer ninho na coberta que possui. esses são alguns sintomas.

  • Minha cadelinha..estava com os mamilos..e barriga enorme..hj pela manhã quando acordei e fui ver,ela esta sem a barriga e no local não tem nenhum vestigio de aborto..pode ter sido gestação psicológica?

    • oi
      minha cachorrinha tem 1 ano e 3 meses. está com as tetinhas inchadas e saindo leite.
      ela não tem útero,adotamos ela com 40 dias
      aos 7 meses levamos ela pra castrar o veterinário viu que ela não tinha útero.
      ela está tristinha esta comendo pouco.
      ontem a noite meu marido viu ela arrumando o cobertorzinho em que ela dorme.
      o tempo todo ela está lambendo as tetinhas.
      por favor como posso ajudar a minha filha peluda ?

      • É bom leva-la ao vet. Minha bebe de 4 patas está com gravidez psicológica também, levei ela em uma consulta e agora estamos tratando 🙂

  • Minha Sofia está com gravidez piscologica vive no canto, não quer se alimentar, chora .A vet passou remédio e ja da sinais de uma leve melhora esta muito deprimida sô quer ficar deitada, torcendo pra passar e castra-la.

    • Katia deixe eu te perguntar…a barriga de sua cadelinha cresceu,como se ja´fosse ter filhotes?to com duvida demais..querendo entender o que ouve com minha cachorrinha Creuza

  • Adotamos uma cachorra já de bastante idade, e a três semanas está com gravidez psicológica.
    Como todos nossos animais são castrados, esta situação é nova para nós.
    Estamos esperando passar esta fase par castrar.
    A veterinária receitou Contralac 1x por dia, por cinco dias, dois dias depois de terminar o tratamento o leite voltou, já estamos no terceiro tratamento com Contralac, porém agora de 12 em 12 horas. Para o bem dela, fizemos o exame de ultrasson, para analisar qualquer possibilidade de tumor, felizmente está tudo ok. O próximo passo q a vet nos orientou é, assim que terminar o tratamento, castrar, que é o que irá ocorrer no final da semana, tomara que corra tudo bem com a minha véinha.

    • Digo, quando terminar o tratamento não dar intervalos , o que faziamos antes. A medicação irá terminar em um dia e no outro pela manhã será castrada.

  • Desde que ganhei minha outra cachorrinha a 10 meses, minha poodle de 4 anos ja teve gravidez psicológica tres vezes, ela aninha os bichinhos de pelucia e chora muito como se estivesse procurando algo.É sempre dois meses após o cio,E nessa ultima vez saiu até leitinho das mamas , vamos normalizar as taxas hormonais e castrar para evitar problemas maiores.

  • Olá pessoal,

    Eu fui em uma veterinária e a mesma receitou GAMAX, é um medicamento NATURAL humano do Laboratório Hebron, tivemos ótimos resultados.

    Procurem um Veterinário e conversem com ele, esse medicamento é utilizado para TPM, MASTALGIA, AFBM em humanos ( mulheres), e funciona muito bem nos casos de Gravidez Psicológica nas cadelas.

    Boa sorte e melhores para as cachorrinhas.

    • Boa tarde Fábio! Minha cadela está com gravidez psicológica e hje comprei o Gamax, gostaria de saber com quanto tempo vc viu melhora na sua cadela?? Teve alguma efeito colateral??
      Obrigada
      Yara

      • Achei muito interessante o compartilhamento da informação feita pelo Fábio, mas notem, foi a veterinária que indicou á ele, ou, seja depois de consultar o animalzinho. Não acho interessante o uso de medicação sem falar com o vet, pois pode maquiar algum problema pré existente ou sequelas (infecções, por exemplo).

  • Bom dia, tenho uma Doberman que teve 5x gravidez psicológica. Após, engravidou de 13 filhotinhos. Teve gravidez psicológica amamentando e quando parou de amamentar mandei castra-la e não adiantou, pois continua tendo. Não tem brinquedos, joguei todos fora. Detalhe: fiquei com um casal dos filhotes e a filha dela hoje começou com a gravidez psicológica. O que fazer?

  • Oi..alguem pode me ajudar..minha cadela tem 2 anos e 3 meses..e uma labrador..ela depois do ultimo cio ha 4 meses ou mais um pouco percebi q as mamas dela deu uma caida alem do normal..so q dai nao me atentei a isso mais agora vi q d fato nao e normal…mais não sai leite e nem apresenta sintomas …come bem e alegre tudo normal…nao sei o q sera.

  • Ola gente .
    Minha cachorrinha ta com isso ..
    Tem quase todos os sintomas .
    Mas ela nao tem nenhum objto q ela faz de filhote. Como posso saber oq ela tem ..
    Pois as tetinhas sai mto leite. Ela chora de noite.
    Fica mto brava se a gente passa a mao nela. Nao sei oq fazer

    • Pelo amor de Deus ela está sofrendo! Leve ao veterinário e trate pela homeopatia. Seclac nainha fez ela ficar com um comportamento agitadissimo. Não se esqueça de sair sempre com ela. Se ficar direto em casa elas ficam deprimidas.

  • Boa noite tenho uma América buul ta tendo gravidez psicológica e não sei o que fazer fica ninhando ta vazando leite me ajuda por favor eu amo a minha cachorra

  • Minha cachorra tá com as tetinhas inchadas e pingando leite.
    Ela não sai de cima de uma blusa velha que deixei pra ela se cobrir a noite (e que ela só usava a noite).
    Tá molinha e não para de lamber as tetas.
    To ficando tão triste por ela.. :/
    É muito ruim ver nosso bichinho assim..

    • Mari,
      Estou passando pela mesma coisa com a minha cachorrinha. Ontem decidimos enterrar as 2 bolinhas que ela adotou como “filhotes”. Percebemos que durante a tarde e pela noite ela estava mais tranquila, dormiu mais e mesmo que ainda chorava um pouco, porém foi bem menos. Tente fazer o mesmo, leve a blusa no colo como um filhote e colo

    • Nem me fale Flôr a minha são 1 da manhã estou aqui com ela não para de chorar querendo os filhotes e está quente ofegante não sei como agir não tenho dinheiro

    • Pede pra um macho pegar vc, as vezes vc pode não ficar prenha mas também pode ficar, ai você fica esperando pra saber se esta, assim como esta fazendo com a sua cachorra, já que não levou a sua cachorra ao veterinário pq acha que ela vale menos que vc.

  • Fiz a castração na minha cadela têm 3 meses e ela está com sintomas de gravidez psicologica. Castrei por isso o que fazer .Será que a veterinária me enganou

  • Minha Milu ja teve duas vezes esse sintoma fica ofegante e lambendo as mamas tem dois anos e nunca sei como acalma/lá . O veterinário disse que precisa castrar . Existe um medicamento para passar esses sintomas dela ate resolver castrar-lá.

  • Estou começando a acha que minha cadela está passando por isso a tempo não percebe antes por que tenho um casal e eles cruza e não da em nada. O que fazer?

  • Boa tarde!

    Eu tenho a Mila, que está passando por estes sintomas e já procurei o veteriinario dela para providenciar o tratamento e a cirúrgia, pois é muito complicado e com bastante sofrimento para a cadelinha, eu estou sempre ao lado dela para dar o apoio que precisa.

Deixe uma resposta para Vanessa X

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.