Rottweiler

Rottweiler

Rottweiler

Para alguns, este cão, tipicamente alemão, descenderia do Boieiro bávaro. Para outros, ele seria proveniente dos Molossos introduzidos na Alemanha por ocasião das invasões romanas. Já na Idade Média, na cidade de Rottweil, em Würtemberg, este cão poderoso e corajoso guardava os rebanhos e defendia os vendedores de gados contra os bandidos. A grande corporação dos açougueiros adotou-o e isto fez com que ele fosse denominado de “cão de açougueiro”. O primeiro clube da raça surgiu en 1907. Em 1910 ele foi oficialmente reconhecido como cão policial na Alemanha. Durante a Primeira Guerra Mundial foi utilizado pelo exército alemão. A raça foi
definitivamente reconhecida em 1966.  Sua reputação mundial começou por volta de 1970. O Clube francês do Rottweiler foi criado em 1977.

GRUPO CINOLÓGICO 2

MOLOSSOS TIPO DOGUE
PAÍS DE ORIGEM Alemanha
NOME DE ORIGEM Rottweiler
OUTROS NOMES Rottweiler Metzgerhund (cão de açougueiro de Rottweil), Rott, Boiadeiro alemão

Características anatômicas:

CABEÇA
Forte. Crânio largo, moderadamente convexo. Stop bem definido. Cana nasal retilíneo. Trufa bem desenvolvida. Maxilares poderosos. Lábios pretos e ajustados.
OLHOS
De tamanho médio, amendoados, de cor marrom escuro.
ORELHAS
De inserção alta, médias, triangulares, muito afastadas. Pendentes, voltadas para a frente e com a linha da dobra bem junta à linha
do crânio.
CORPO
Atarracado. Pescoço poderoso, seco, sem barbelas.Antepeito bem desenvolvido. Dorso reto e poderoso. Peito espaçoso. Costelas arqueadas. Lombo curto. Garupa larga e ligeiramente arredondada.

MEMBROS
Bem musculosos. Patas redondas. Dígitos bem fechados e arqueados. Unhas pretas.
CAUDA
Curtada (com apenas uma ou duas vértebras) ou íntegra.
PÊLO
De comprimento médio, áspero ao tato, liso, cerrado. Subpêlo.
PELAGEM
Preta com marcas fogo bem delimitadas nas bochechas, acima dos olhos, no focinho, na face interna do pescoço, no antepeito, nos membros e sob a raiz da cauda.
TAMANHO
Macho: de 61 a 68 cm. Fêmea: de 56 a 63 cm.
PESO
Macho: aproximadamente 50 kg. Fêmea: aproximadamente 42 kg

Temperamento, aptidões, educação
Robusto, resistente, equilibrado, tranqüilo, mas com um temperamento forte e um espírito dominador (especialmente no macho). Ele deve dar uma impressão de força sossegada. Nunca late inutilmente. Dedicado, muito afeiçoado a seu dono, é muito paciente com as crianças. Guardião eficiente, intrépido, de aspecto dissuasivo, é capaz de ser agressivo com os estranhos. Requer uma educação precoce, muito firme, sem brutalidade, de modo a obter uma obediência impecável. Reflexo de seu dono, com um adestramento cruel, ele tornar-se-á uma arma temível.
Conselhos
Este cão precisa de muito espaço e exercício. Não suporta ficar fechado nem preso.Teme o calor. Escovação diária.
Utilizações
Guarda, cão policial e do exército, companhia.

fonte ENCICLOPEDIA CANINA ROYAL CANIN

Sobre o autor

Dr. Marcio Waldman

Dr. Marcio Waldman

Medico veterinário, diretor e fundador do www.petlove.com.br. Formado em 1988 pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP e pós graduado em latu sensu em odontologia veterinária, foi secretário geral da Anclivepa SP (associação nacional de clínicos veterinários de pequenos animais) e sócio fundador do Simpavet (sindicato patronal dos médicos veterinários). Atuou como clínico veterinário de pequenos animais de 1988 a 2005 em São Paulo, e em 2005 terminou a atividade na clinica para se dedicar exclusivamente ao Pet Love.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.