Como evitar acidentes com pets no elevador

Aquela regra “proibido animais no condomínio” já é coisa do passado, afinal, os edifícios pet friendly estão cada vez mais comuns. Mas isso não significa que eles podem andar livremente por aí, é preciso tomar alguns cuidados, especialmente para evitar acidentes com pets no elevador.

Quem tem um cachorro ou gato e mora em apartamento precisa ficar atento no momento de entrar ou sair do elevador para garantir a segurança e conforto deles.

A seguir, veja cinco dicas de como evitar acidentes com pets no elevador.

cachorro beagle dentro do elevador

1- Mantenha seu pet próximo de você

A primeira dica para evitar acidentes com pets no elevador é: nunca o deixe longe de você! O ideal é manter o seu peludo bem próximo ao seu corpo, pois muitas vezes a guia e a coleira podem não ser identificadas pelo sensor do elevador e, assim, causar algum acidente.

No caso dos gatos, o mais recomendado é usar uma caixa de transporte.

2 – Se possível, leve-o no colo!

Se o seu cachorro for de pequeno porte, opte por sempre entrar ou sair do elevador com ele no colo. Essa, inclusive, é uma outra forma de evitar acidentes devido à “falha” do sensor.

Agora, caso o seu cachorro seja de grande porte, ele pode ser levado pelo chão normalmente, mas sempre usando guia e coleira e o mantendo bem próximo do corpo!

3- Xixi e cocô

A gente sabe que você não vai deixar que o seu pet se alivie dentro do elevador. Mas, às vezes a vontade bate e não temos muito o que fazer! Portanto, é sempre bom andar com uma sacolinha ou cata caca para recolher a sujeira.

Além de evitar o desconforto de outros usuários, manter a limpeza é fundamental até mesmo para garantir o bom funcionamento do elevador.

4- Elevador parado!

Quem já ficou preso em um elevador sabe o quanto é assustador essa situação. Porém, caso isso aconteça com você e seu pet, o ideal é manter a calma e nunca tentar abrir o elevador com as próprias mãos.

Em casos como esse, o procedimento é padrão: contatar o zelador ou síndico, não forçar a porta e esperar até que o Corpo de Bombeiros ou alguém capacitado chegue para realizar o resgate com segurança.

Cachorro dentro do elevador ao lado de uma pessoa

5- Preste muita atenção

Melhor ler um aviso do que tomar um “puxão de orelha”, certo? Por mais que pareça óbvio, você deve prestar muita atenção no momento de entrar ou sair do elevador ao lado do pet.

Além disso, evite pegar no celular neste momento. Lembre-se: acidentes envolvendo pets e elevadores quase sempre são evitáveis. Por isso, todo cuidado é pouco!

Agora que você já sabe como evitar acidentes com pets no elevador, visite o Blog da Petlove para mais dicas e informações sobre bem-estar canino e felino!

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Gabriel Arruda

É Jornalista, apaixonado por pets e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.