Por que os cães dão voltas antes de deitar?

A cena é comum em qualquer casa que tenha um cachorro – independentemente da raça -, toda vez na hora de deitar, o bichinho circula em volta da cama ou do chão mesmo, antes de repousar o corpo para descansar.

Em posts anteriores, nós já contamos por que os caninos arranham o chão ou a caminha antes de deitarem e, assim como nestes casos, o motivo da peludinho fazer uma “ciranda” antes do cochilo também pode ser explicado se resgatarmos um pouco da história.

Cachorro-caminha-Petlove

A vida que o seu cachorrinho leva hoje, com acesso fácil à alimentação de qualidade, banho e tosa periódicos, roupinhas, caminha bem aconchegante para dormir, entre outras comodidades, nem de longe lembra a vida primitiva que os mais antigos ancestrais do bichinho levavam.

Em épocas remotas, os cães andavam em matilha para se sentirem mais protegidos e também facilitar a busca por alimentos. Além disso, soltos na selva e campos, os peludinhos ficavam à mercê de a qualquer momento se tornarem presas de outros animais e, por isso, precisavam ficar em constante estado de alerta. 

Precaução é o motivo

Mesmo que muito tempo tenha passado, na verdade séculos e séculos, o seu filho de quatro patas carrega no DNA um pouco do jeito de ser de seus mais longínquos ancestrais e não consegue deitar, sem antes fazer uma boa checagem para detectar algum perigo que possa colocar sua vida em risco.

Claro que dificilmente ele irá encontrar uma cobra, pedra afiada, gravetos ou qualquer animal peçonhento ao redor da caminha, mas o instinto do seu cachorro vai sempre insistir para que ele faça o teste de segurança com as patinhas, garantindo que o descanso que está por vir aconteça com 100% de tranquilidade.

Quando se preocupar

A melhor maneira de saber se está tudo certo com a saúde do seu cão é observar o comportamento dele. Mudanças de hábito geralmente denunciam que algo não vai muito bem.

Portanto, caso o seu cachorro se mostre inquieto, comece a rodar mais do que o normal ou manifeste algum desconforto enquanto estiver dando suas “voltinhas”, fique atento. Pode ser que ele esteja te alertando sobre um perigo, e é melhor checar, ou pode até mesmo denunciar algum problema de saúde (como a artrite, por exemplo), que só o médico veterinário poderá avaliar e indicar o tratamento quando necessário.

Sobre o autor

Anderson Mafra

Anderson Mafra

Jornalista apaixonado por animais, comunicação, música e não perde um concurso cultural (na verdade já perdeu vários). Curioso de mão cheia, quer saber sempre mais e compartilhar conteúdo, dicas e curiosidades do mundo pet. É um petlover assumido, sem chance de reabilitação.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.