Receita de patê caseiro para cachorros e gatos

Sabemos que nem sempre é fácil agradar os pets quando se trata de petiscos e, às vezes, é preciso arriscar-se na cozinha. Por isso, a receita de hoje é um patê caseiro nutritivo para satisfazer os paladares mais exigentes dos cachorros e gatos.

Sobre a receita

Essa receita pode gerar algumas dúvidas dos pais de pet e antes de mencionar os ingredientes e o modo de preparo, iremos esclarecer alguns pontos: 

  • A receita utiliza miúdos bovinos ou de frango, proteínas excelentes que fazem sucesso com os pets e são ricas em ferro, vitamina C, vitamina A e as vitaminas B12 e B6.
  • Por mais que o gato seja um carnívoro estrito, não significa que ele não possa consumir vegetais, como a abóbora e batata doce, que são usadas na receita.
  • Você pode utilizar o miúdo que mais agrade seu pet, tanto de origem bovina quanto de frango.
  • Esse não é um alimento completo como os patês que encontramos aqui na Petlove, então ele só pode ser ofertado como um agrado, ou seja, não é substituto da dieta do seu pet.

Ingredientes:

  • 100 gramas de fígado.
  • 100 gramas de coração.
  • 100 gramas de rins bovinos.
  • Abóbora japonesa a gosto.
  • Uma batata doce.
  • Uma cenoura.

Modo de preparo:

  1. Em uma panela, coloque um pouco de água e os miúdos e cozinhe por aproximadamente 25 minutos após a água começar a ferver.
  2. Enquanto isso, cozinhe os legumes em outro recipiente até que fiquem bem molinhos.
  3. Depois que todos os ingredientes estiverem cozidos, retire os miúdos e os legumes da água e espere esfriar.
  4. Reserve um pouco da água do cozimento da carne.
  5. Quando os alimentos estiverem mornos, bata primeiro os miúdos em um mixer ou liquidificador até virar uma pasta.
  6. Acrescente os legumes e apenas um pouquinho da água do cozimento e bata até ficar homogêneo.
  7. Pronto! Agora é só você ofertar para o seu pet. Uma dica é usar brinquedos recheáveis como o Kong ou a Bonequinha se for para cachorros. Os gatos preferem porções pequenas no próprio comedouro.
  8. Sirva gelado ou morno. Guarde o que sobrar na geladeira por até três dias. 

O que achamos da receita:

Essa receita é muito fácil e prática de fazer. Além de agradar a maioria dos pets, estimula a ingestão de água nos gatinhos. 

Atenção: Se o seu cachorro ou gato não costuma consumir petiscos caseiros, é necessário oferecer aos poucos para que evite vômitos e diarreia, já que o organismo do pet não está habituado com o novo alimento.

Sobre o autor

Beatriz Mario

Beatriz Mario

Graduanda em Medicina Veterinária, sonho que tenho desde de criança, hoje sou conhecida como a louca dos gatos, mas nas horas vagas sou a louca dos bichos também, sem distinção. Tenho 10 lindos gatinhos resgatados e meu propósito é poder ajudar o máximo de pets possível (E seus pais e mães humanos escrevendo aqui no blog).

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.