Saiba mais sobre gatos seal point (com extremidades escuras)

É bastante comum vermos pessoas que pensam que gatos com pelagem seal point (extremidades escuras) são siameses. Apesar das extremidades escuras serem a marca registrada da raça, você sabia que nem todos os gatos que têm esse tipo de pelagem são siameses? 

Apenas gatos de raça são seal point?

Os gatos seal points são similares aos siameses: extremidades escuras (como rabo, orelhas, focinhos e patas) e na maioria das vezes olhos azuis cintilantes. Entretanto, existem outras raças de gatos que possuem essa pelagem fascinante, como no caso do Burmês, Himalaio, Ragdoll, Sagrado da Birmânia e o Tonquinês

Deu para perceber que o Siamês não é o único que tem essa característica, né? Além disso, os felinos SRD (sem raça definida) também podem nascer com essa pelagem, já que em grande parte os cruzamentos acontecem de forma aleatória e o gene que confere as extremidades escuras pode se expressar. A raça Siamês é relativamente rara no Brasil e bastante diferente do que muitos pensam, eles possuem rabo, focinho, patas e corpo bem longos e orelhas grandes. 

O que significa seal point? 

Seal point é uma palavra do inglês que em português podemos traduzir para “ponta da foca”. Claro que isso não nos diz muito e soa estranho porque essa pelagem tão linda tem um nome tão estranho, mas, na verdade, faz bastante sentido. Seal point faz menção à pelagem das focas, que é similar a destes gatinhos, sendo que as “pontas” são as extremidades escuras que contrastam com um pelo mais claro na região da barriga e costas.

Não existem gatos seal points apenas na cor marrom escuro, há também nas cores cinza, marrom claro, creme, entre outros. O Siamês é uma raça oriental antiga, sendo o responsável por transmitir os genes dessa pelagem, mas já mencionamos que o cruzamento ao longo das décadas fez com que nem todos os gatos com coloração seal point fossem siameses.

Gatos seal points nascem brancos 

Você provavelmente nunca viu um filhote de gato recém-nascido com extremidades bem escuras. Isso acontece porque esses gatinhos costumam nascer completamente brancos e só desenvolvem a sua verdadeira cor quando adultos devido a uma condição chamada Acromelanismo.

O Acromelanismo é caracterizado por uma forma de adaptação às temperaturas frias. No útero, a temperatura é bastante estável e quentinha, por isso os gatos nascem brancos, sem pigmento. Isso acontece porque as células dos seal points não desenvolvem a melanina (pigmento) em temperaturas altas (entre 35º a 37ºC). Ao nascer, a temperatura do ambiente é bem mais baixa do que a do útero e, aos poucos, os gatinhos vão desenvolvendo pigmento nas patas, orelhas, face e rabo.

Seja de raça ou não, os gatos com extremidades escuras são únicos, lindos e majestosos. Fale nos comentários se você tem ou já teve um gatinho assim e qual era o nome dele 🥰 

Sobre o autor

Beatriz Mario

Beatriz Mario

Estudante de Medicina Veterinária, sonho que tenho desde criança, cresci com gatos e hoje sou uma felícia assumida. Tenho dois felinos resgatados: o Frodo e o Bilbo, que são considerados meus filhos de pelo. Meu propósito de vida é ajudar o máximo de pets possíveis e fazer com que eles fiquem mais felizes e saudáveis escrevendo para o blog da Petlove.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.