Sinais que podem indicar que seu coelho está mal de saúde

Por serem presas na natureza, os coelhos costumam esconder os sinais de quando estão com algum problema de saúde. Geralmente, quando chegam a apresentar indícios, é porque a patologia já está em uma etapa mais avançada. Logo, é de extrema importância levá-los a uma consulta com um médico veterinário de confiança, ao menos, duas vezes por ano.

A real é que os humanos devem estar atentos à conduta do pet para saber se algo está errado. Quem tem um peludinho dentro do lar precisa estar sempre com o alerta ligado para detectar possíveis complicações. Além de não te dizer, os coelhos fazem de tudo para mascarar os sintomas das doenças. Ainda assim, existem alguns sinais que indicam que um coelho está mal de saúde:

Sinais que podem indicar que seu coelho está mal de saúde

  • Falta de pelos em algumas partes do corpo
  • Má alimentação
  • Secreção ocular
  • Alteração nas fezes
  • Emagrecimento
  • Espirros, roncos ou dificuldade em respirar

A importância dos cecotrofos

Os lagomorfos produzem dois tipos de fezes: as comuns, duras, secas e inodoras, e os cecotrofos, que são moles, brilhantes e possuem um cheiro nem tão agradável. Isso porque o intestino dos coelhos realiza a separação das fibras maiores e menores, fazendo com que sigam um caminho diferente dentro do organismo.

Esse tipo de fezes passa por um processo de fermentação no ceco (parte do intestino), o que lhes concede um alto teor em vitaminas, minerais, bactérias e aminoácidos. Ela é produzida até duas vezes por dia, em até quatro horas após a alimentação. Normalmente elas são ingeridas pelo pet em período de descanso, diretamente do ânus. O consumo dessas fezes não é apenas natural, mas fundamental para o bom funcionamento do sistema digestivo e para a absorção de algumas substâncias nutritivas.

Sendo assim, a falta de consumo pode ser um sintoma de algumas complicações, como dores, obesidade, desequilíbrios na dieta ou patologias dentárias.

Como identificar os cecotrofos?

Esse tipo de fezes é bastante confundida com a diarreia. Entretanto, elas podem ser diferenciadas de uma maneira simples: quando o pet está com diarreia, todas as fezes são moles e líquidas. Já os cecotrofos são resíduos moles, mas se intercalam com fezes duras. De qualquer maneira, vale destacar que ambas as situações devem ser avaliadas por um médico veterinário de confiança.

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.