Cadastre-se e ganhe 20% OFF na primeira assinatura!

Cachorro pode dormir no ar-condicionado?

Tem regiões no Brasil que é quase impossível viver sem um ar-condicionado, né? A cidade de Corumbá, no Mato Grosso do Sul, por exemplo, foi eleita o local mais quente do País em 2021, ao registrar nada menos do que 43,9°C em setembro passado. Logo, muitos tutores se perguntam se o ar-condicionado faz mal para cachorro e quais os cuidados ao expor ao pet ao aparelho.

A princípio, quem tem um pet em casa e costuma refrigerar a casa com frequência durante o verão deve, sim, seguir algumas recomendações para que o aparelho não seja nocivo para a saúde do cachorro. Continue lendo e descubra se cachorro pode ficar no ar-condicionado!

cachorro em cima da cama olhando para o ar-condicionado na parede

Ar-condicionado faz mal para cachorro ou não?

Se usado da maneira certa, ar-condicionado não faz mal para cachorro, muito pelo contrário! O aparelho é uma boa forma de refrescar os cães no verão, que, assim como os seres humanos, também sofrem com as altas temperaturas.

O verão é uma época bastante complicada para os cães. Da mesma maneira que os seres humanos, é evidente que eles também sentem o aumento da temperatura e alguns até sofrem muito com isso (no caso dos braquicefálicos, de focinho curto e achatado). É muito comum, inclusive, que muita gente se pergunte se pug pode dormir no ar-condicionado.

Então, além de uma boa hidratação seguido de outros cuidados específicos em dias mais quentes, o ar-condicionado para cães pode ser usado para refrescá-los e, consequentemente, mantê-los mais ativos e saudáveis.

No entanto, é importante destacar que o uso não é indicado para cães filhotes (devido à fragilidade do sistema imunológico) e idosos (com possível desbalanceamento da temperatura corporal e articulações comprometidas). Neste caso, o ideal é deixá-los bem longe!

Ar-condicionado faz mal para cachorro? Não, desde que…

Você já sabe que a premissa de que ar-condicionado faz mal para cachorro é falsa (com exceção de cães filhotes e idosos). No entanto, é preciso tomar muito cuidado em relação ao uso do aparelho.

Para garantir que o ar-condicionado não faça mal ao seu pet, o ideal é utilizá-lo de forma moderada e, ao mesmo tempo, evitar que o animal fique exatamente na saída de ar do aparelho. Assim, o cachorro não recebe frio diretamente no corpo, apenas se beneficia da climatização do ambiente.

Além disso, a limpeza do ar-condicionado deve ser feita corretamente e dentro do prazo estipulado pelo fabricante, bem como trocar o filtro e fazer a manutenção. Esses são cuidados fundamentais não só para os cães, mas também para a saúde das pessoas.

A seguir, veja os principais cuidados em relação ao ar-condicionado para cães:

  • A temperatura não deve ser inferior a 22º C e nem superior a 26º C
  • Mantenha o aparelho sempre limpo e higienizado
  • Nunca deixe o cachorro exatamente na frente da saída de ar
  • Fique atento a um possível incômodo em seu pet

O cachorro pode dormir no ar-condicionado?

Uma dúvida que muita gente tem é se cachorro pode dormir no ar-condicionado. A resposta é: depende! Para garantir que o aparelho não faça nenhum mal, o ideal é deixá-lo na temperatura recomendada para cães (entre 22 e 26 ° C) e colocar a caminha ou casinha longe das entradas de ar, para evitar o risco de gripes ou resfriados no pet.

Outras dicas para amenizar o calor nos pets

Além do ar-condicionado, existem várias outras formas de refrescar os cachorros durante os dias quentes e garantir a saúde e bem-estar deles.

  1. Ofereça mais água
  2. Passeie em horários mais frescos, como início da manhã e final da tarde
  3. No passeio, leve sempre uma garrafa de água para o pet
  4. Verão é época de pulgas, carrapatos e outros parasitas. Então, proteja-o!
  5. Ofereça um tapete ou brinquedo gelado!

Agora que você já sabe se o ar-condicionado faz mal para cachorro e os principais cuidados em relação ao uso do aparelho em casa, visite o blog da Petlove e confira outras dicas sobre saúde e bem-estar canino!

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Gabriel Arruda

É Jornalista, apaixonado por pets e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.