Cadastre-se e ganhe 20% OFF na primeira assinatura!

Cachorro pode comer figo?

Além de muito gostoso, o figo é bastante nutritivo e nos promove uma série de benefícios: ele ajuda no controle do colesterol, previne doenças cardiovasculares e deixa a nossa pele mais bonita e saudável. Por essa razão, é normal que muita gente se questione se cachorro pode comer figo, para também usufruir de todos esses benefícios.

Quando falamos em frutas, é inevitável não pensarmos em saúde, não é mesmo? Mas não é bem assim que funciona com os cães. O organismo canino é muito diferente do nosso e, por essa razão, nem tudo que faz bem para a gente faz bem para eles também.

Portanto, é importante saber se cachorro pode comer figo e outras frutas para evitar problemas de saúde ao seu pet. Continue lendo e descubra se o alimento é permitido para os cães!

cachorro cheirando uma árvore de figo

Pode dar figo para o cachorro?

A princípio, cachorro pode comer figo, sim! Além de não ser considerada uma fruta tóxica para cães e gatos, o figo é muito rico em vitaminas A, B e E e em fibras que contribuem para o bom funcionamento do aparelho digestivo dos cães.

O figo também conta com alguns minerais essenciais para a saúde dos cachorros como cálcio, ferro, fósforo e potássio, que contribuem para o bom funcionamento do organismo.

Entretanto, é importante destacar que a fruta, por mais que tenha bons nutrientes, não deve ser usada como uma forma de suplementar a dieta, a menos que seja recomendada por um médico-veterinário. Afinal, o excesso de nutrientes no organismo pode ser tão prejudicial quanto a falta deles.

Cachorro pode comer figo, mas como oferecer?

Agora que você já sabe que pode dar figo para o cachorro, devemos entender qual a melhor forma de oferecer o alimento para o seu pet. Isso porque mesmo as frutas que o cachorro pode comer podem fazer mal caso sejam oferecidas de forma errada.

A primeira dica é: se atente à higiene do alimento. Se possível, lave a fruta usando água corrente e corte-a em pedaços bem pequenos. Não é indicado oferecer o figo inteiro, devido ao risco de engasgamento.

Também é importante retirar as sementes do figo antes de oferecer para o seu cachorro. Em relação à quantidade, a fruta deve servir apenas como um petisco, de vez em quando. Lembre-se de que a ração, que já contém todos os nutrientes necessários, deve ser à base da alimentação do seu cachorro.

Por fim, sempre que oferecer um alimento diferente para o seu pet, fique de olho no comportamento dele após a ingestão. Caso ele apresente alguma reação indesejada – como vômitos, diarreia, apatia, entre outros -, você deve levá-lo imediatamente para uma avaliação com o médico-veterinário de sua confiança.

Agora que você já sabe que cachorro pode comer figo, visite o blog da Petlove para mais dicas e informações sobre saúde e nutrição canina!

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Gabriel Arruda

É Jornalista, apaixonado por pets e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.