Como dar comprimido para gato

Você chega em casa e vai brincar com o seu gato, mas percebe que ele está triste e cansado. Por isso, você decide levar ele ao veterinário que prescreve um medicamento. Você compra o remédio e começa a pensar “Como dar comprimido para gato?”, e aí vem na sua mente aquela luta incansável de enfiar o comprimido goela abaixo do bichano e você cheio de arranhões nos braços, jogando merthiolate para desinfetar, e gritando de dor! Calma minha gente, o pesadelo não é tão terrível.

A principal diferença em como dar comprimido para gato e para cachorro é que os bichanos, além de menores, são mais desconfiados. Não adianta nada usar o truque de misturar o remédio com um pedaço de pão ou de carne, jamais vai enganar seu gatinho desse jeito. Afinal os gatos tem o paladar bem mais exigente e podem perceber o remédio no meio da comida, pois costumam investigar e cheirar o rango antes de comer.

Como dar remédios líquidos para gato

Para ministrar remédios líquidos para o seu gato é preciso ter uma seringa em mãos. E lembre-se de sempre utilizar a dose recomendada pelo veterinário para evitar intoxicações no seu gatinho.

A técnica para administrar remédios líquidos com seringa é manter a boca fechada do gatinho com a cabeça inclinada para cima, levante delicadamente o lábio do gatinho e na parte lateral do focinho você vai perceber que na região dos dentes pré-molares existe um espaço entre os dentes como se fossem pequenos triângulos. A dica é colocar o bico da seringa (sem agulha) nesse espaço, mantendo a cabeça inclinada para cima segurando a boca do gato, injetando lentamente o remédio. Sei que não é fácil, mas gatinhos bem dóceis e com segurança no proprietário conseguirão ingerir um ou dois ml de líquidos pela seringa.

Como dar comprimido para gato

Se o seu gato for calmo e zen, basta abrir-lhe a boca e colocar o comprimido depois da língua. Já, se o seu gato for arretado igual uma pimenta baiana, é melhor você usar um aplicador especifico com a ponta de borracha.

A técnica, para gatos bonzinhos, é abrir a boca do bichano com gentileza, colocar o comprimido o mais profundo possível na boca do gatinho, fechar a boca dele e mantê-la fechada por 30 a 40 segundos, mantendo a cabeça do gato inclinada para cima e fazer leve massagem na região da garganta do gatinho. Se o seu gato for um pouco mais arisco que o normal e se durante o processo você perceber que ele não vai colaborar, converse com seu veterinário para tentar outra forma de medicamento.

E aqui vai uma dica! Existem remédios em pasta, que você pode comprar pronto ou mandar manipular em um laboratório especializado que vem com gosto de peixe, carne ou frango, assim tudo que você precisa fazer é passar a pasta medicamentosa na patinha do seu gato, sentar e relaxar no sofá, e deixar o seu gato lamber a pasta para se limpar. Afinal, gatos são neuróticos com limpeza.

Conhece alguém que está com dúvidas ou dificuldades para medicar o bichano? Então compartilha o post!

Sobre o autor

Avatar

Gleyce Oliveira

Gerente de marketing da Pet Love durante a semana, voluntária da Catland nas horas vagas e mãe dos felinos ex-de-rua Mia, Mini e Provolone em tempo integral, Gleyce tem um plano secreto de se tornar a "louca dos gatos". E dominar o mundo se der tempo.
Também ama os caninos, representados em sua vida pela Dalila, Lhasa Apso, e Gaia, RotFila, que vivem a vida mansa do interior na casa dos seus pais.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.