Como escolher o canil ideal?

Uma da maiores dúvidas de quem quer comprar um cachorro de raça com certeza é “será que esse canil é de confiança? Não é tarefa fácil encontrar um criador de cães correto e que segue todas as normas éticas e cuidados com os pets. Mas não se preocupe! Essa dúvida é universal e reunimos todos os cuidados e informações necessários para você não entrar em uma enrascada e ainda colaborar com as tão temidas “fábricas de filhotes”.

É de extrema importância analisar bem o canil que você procura seu melhor amigo. Afinal, você não quer financiar lugares ilegais que colocam em risco a vida dos pets, certo? Para que isso não aconteça, a visita ao local e a análise dos documentos que comprovam a seriedade do lugar é imprescindível. Além de questionar sobre a saúde e como é a relação do criador com os cães.

Indicações

Com indicações de pessoas próximas ou conhecidas, o processo de escolha definitivamente fica mais fácil, justamente por alguém já ter feito essa busca por informações antes e ter tido a experiência com o local.

Pergunte ao conhecido se o criador oferece boas condições aos animais, se vieram vermifugados e devidamente vacinados. A venda de cães castrados é obrigatória em alguns Estados brasileiros, portanto, criadores idôneos só entregam os pets após a realização do procedimento ou, no mínimo, com o acordo de castração previsto em contrato. Sempre pergunte sobre a documentação e o histórico familiar do pet. Essas informações são de extrema importância, a fim de evitar ou se precaver de algum malefício à saúde de seu futuro filho de quatro patas. Além de se informar com os conhecidos, busque informações sobre o local no Google e cheque as referências de outras pessoas também.

Visite o local

Conhecer esses locais é fundamental, assim você saberá em quais situações os animais vivem, como são tratados e se os criadores visam apenas o lucro. Um canil sério estará disposto a responder todas as suas dúvidas e sempre terá um ótimo atendimento.

Uma pergunta super importante é se o canil faz a desverminação dos pets a cada três meses e se aplica medicamentos preventivos para ectoparasitas (pulgas e carrapatos), além de manter a vacinação em dia. Estas medidas são super importantes para garantir que a saúde dos pais e filhotes estejam íntegras.

Documentação de compra

Como toda compra feita de forma legal, o criador irá fornecer o contrato de compra e venda, um documento que conste o pedigree e o registro do cachorro.

O pedigree contém todas as informações sobre o filhote, como nome de registro, árvore genealógica, data de nascimento, tipo de pelagem e em alguns casos, títulos e premiações. Este documento é emitido pela CBKC – Confederação Brasileira de Cinofilia, e é obrigatório para todos os padreadores e matrizes. .

Já o contrato de compra e venda é redigido pelo criador e merece certa atenção. Nele pode conter algumas cláusulas específicas, por exemplo, caso o comprador desista do filhote e queira devolver ao criador. O documento não possui um padrão, mas algumas informações são de praxe como nome de registro do cachorro, data de nascimento, nome e dados do criador e o preço pelo qual foi vendido.

Não compre pets em petshops, classificados online ou feiras livres. Além das condições precárias em que os animais podem ser submetidos, como espaços minúsculos em que ficam expostos, você não saberá de onde eles vieram e quais são as condições em que os pais se encontram. Você pode estar financiando um canil ou criador ilegal e que mantém os animais em péssimas condições. Acredite, isso é mais frequente do que imaginamos. São as chamadas “fábricas de filhotes”, que visam apenas o lucro e não o bem estar e qualidade de vida dos animais.

E ainda frisamos, caso não tenha um interesse especial por determinada raça, existem milhares de bichinhos que estão disponíveis e à procura de um lar em ONGs ou centros de adoção.

Sobre o autor

Gabriela Azevedo

Gabriela Azevedo

Formada em design gráfico e cursando medicina veterinária, profissão que herdei paixão graças ao meu pai. Catlover e apaixonada pelos meus 6 gatinhos (Tchantcham, Drake, Josh, Marie, Maysa e Cara Preta -in memoriam- ♥) e pelos pets agregados que fazem parte da minha vida (todos os que encontro. bem doida dos bichos!).

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.