Como tosar Poodle com tesoura

Uma das raças mais queridas, os cachorros poodle fazem parte de nossas vidas há muito tempo. Com um ar delicado, essa raça, que já foi a queridinha de muitas pessoas, ainda tem seus fãs cativos em muitos locais.

Com pelos longos e bem cheios, quem tem um animalzinho dessa raça precisa, sempre que possível, realizar a tosa de poodle.

Alguns papais optam por fazer isso em petshops e centros especializados. Já outros, por receio de entregar seus filhos de quatro patas, aos cuidados de outras pessoas, optam por tosá-los em casa mesmo.

É o seu caso? Você é um adepto do “faça você mesmo”? Tem vontade de tosar seu poodle, mas não sabe como fazer? Continue conosco e veja o que é preciso para dar um novo visual ao seu amiguinho.

Tosando seu poodle com tesoura

Antes da tosa de poodle com tesoura, é importante escovar bem o pelo de seu amiguinho, desembolando todo o pelo. Não é necessário lavá-lo, a menos que o cachorro esteja muito sujo.

Após pentear o animal, use uma escova para separar os pelos em pequenas partes e desfazer alguns nós teimosos, que insistem em se formar.

Atenção: cada cão tem um tipo de pelagem, pois isso, antes de escovar o seu poodle, procure a escova certa para ele. Assim você terá a certeza de que o pelo foi bem escovado e desembaraçado.

Depois de algumas escovadas, os papais já poderão perceber como os pelos de seus filhos caninos estão mais macios e lisos. É hora de começar a tosa de poodle.

Com os pelos levemente úmidos, é preciso começar a remover o excesso de comprimento com a tesoura, mantendo as partes que deseja manter intactas. Essa escolha deve sempre respeitar as características do animalzinho.

Cuidado na hora do corte, para não pesar a mão e deixar o bichinho quase pelado. Enquanto estiver tosando seu poodle com uma tesoura, procure sempre manter uma boa margem de erro, que deve ser sempre de menos.

Ou seja, o segredo para não cortar demais é retirar sempre menos pelo do que você gostaria, assim, quando ele estiver totalmente seco, será possível saber se você acertou no comprimento ou se será necessária uma nova tosa.

Depois de superada a fase mais difícil da tosa, é hora de utilizar um pente mais específico, para que os pelos sejam emparelhados. Esse cuidado ajuda também a saber se algum ponto está mais longo do que outro.

Se, durante essa verificação, perceber que algo está errado, basta acertar o comprimento com a tesoura.

Vantagens da tosa com tesoura

Por ser mais delicada que as máquinas, a tesoura é a ferramenta ideal para tosar filhotes de poodle, além de animais adultos, para quem os papais querem dar um corte mais definido, construído a cada detalhe.

Outro ponto positivo do uso da tesoura na hora da tosa do seu cachorro poodle é que ela pode ser feita quando o animalzinho não está com tantos pelos, ou é preciso apenas fazer correções pontuais, como tirar o excesso de pelos da região dos olhos ou das patas.

A tesoura permite ainda corrigir eventuais erros que tenham sido causados com uma poda desastrada usando máquinas.

Mas, para quem quer fazer a tosa de poodle usando uma tesoura, atenção: por ser um instrumento de muita precisão, é preciso ter mão mão firme, para evitar falhas durante esse processo.

Tome cuidado também para não machucar o animalzinho, principalmente os mais agitados. Se esse for o caso do seu amiguinho, convém realizar a tosa em um lugar onde você consiga acalmá-lo, mostrando que o ato de cortar os pelos dele não trará mal algum, ao contrário.

Cuidados ao tosar seu poodle em casa

Antes de tosar seu cachorro poodle, os papais e mamães precisam tomar alguns cuidados. Por exemplo, inspecionar sempre a pele do bichinho, para verificar se não há alguma ferida ou alergia. Também é válido observar se o corte não está sendo rente demais à pele do seu cãozinho, correndo o risco de cortá-lo e machucá-lo.

Verifique também se não existem pulgas ou carrapatos no pelo. E, depois do banho, dê sempre uma recompensa ao seu amigo de quatro patas. Assim, ele associará o banho e a tosa a algo positivo.

Agora, se ele ficar muito agitado, além de tentar acalmá-lo com reforços positivos, peça ajuda de outras pessoas. Assim, vocês dois não se machucam.

Sobre o autor

Ana Luísa

Ana Luísa

Apaixonada por gatos, séries de comédia romântica e livros de suspense. Mãe da Lola Maria e Alice Maria, duas gatas que enchem a vida de amor e a roupa de pelos. Quando encontra algum gatinho na rua sai correndo atrás - mesmo que tenham donos. Sonha em ter um cachorro Vira Lata pra completar a família.

Deixe um comentário