Dermatite atópica em cães

Dermatite atópica é um processo alérgico que acomete os cães. Dentre todos os problemas cutâneos desses pets, esse é o segundo processo alérgico mais frequente, perdendo apenas para a dermatite alérgica, pela picada de pulgas. Animais com piodermatites, infecções fúngicas recorrentes, provavelmente terão a dermatite atópica como doença de base, propiciando a ocorrência desses processos de forma secundária.

Dermatite atópica em cães - Petlove - O Maior Petshop Online do Brasil

Dermatite Atópica em Cães

O desenvolvimento desse tipo de alergia é influenciado pela presença de alguns genes, que tornam o animal mais “sensível” a alérgenos ambientais, os quais, ao entrarem em contato com a pele, são absorvidos percutaneamente, ou até mesmo inalados ou ingeridos. Mediante tal contato, o organismo do animal reage exageradamente, como um ataque massivo, o que causa todos os sintomas.

Os ácaros são os principais causadores desse tipo de alergia, sejam simples ácaros presentes em poeira doméstica ou até mesmo os microrganismos causadores de sarna. Um diagnóstico preciso da dermatite atópica, por meio de um médico veterinário, se faz necessário para que produtos como sarnicidas não sejam utilizados de maneira indiscriminada, podendo causar danos ao pet.

Quando o pet for acometido por esse problema, a higiene animal dos cães é um tópico importante a ser considerado. Os banhos devem ser dados com produtos indicados por um médico veterinário, para não agravar o problema alérgico. A higiene do ambiente também deve ser feita com cuidado, evitando deixar resíduos de produtos químicos, como sabão e sanitizante, no ambiente em que o bichinho ficar.

Os tratamentos para pele de cães acometidos por dermatite atópica são extremamente complicados e envolvem uma intensa colaboração entre o proprietário e o clínico responsável, pois essa afecção é incurável. Todos os artifícios que podem ser realizados consistem em controlar os fatores que podem desencadear a alergia e ao uso de produtos terapêuticos, sejam tópicos ou sistêmicos, quando o quadro estiver mais grave. A nutrição também é considerada um fator-chave durante a vida destes animais. O quadro alérgico pode se desenvolver frente ao consumo de uma ração ou até mesmo de petiscos fornecidos.

Devido aos múltiplos fatores determinantes de tal processo, reforça-se a importância de consultar um médico veterinário. Durante a consulta, através de uma anamnese (entrevista) benfeita e com exames complementares, se necessários, é que se obterá um diagnóstico correto. Animais com dermatite atópica precisam visitar o consultório do clínico com frequência, para garantir saúde e qualidade de vida, além de prevenção de doenças secundárias.

Sobre o autor

Bruno Oliveira

Deixe um comentário