Devo tosar meu cachorro no verão?

Você chega em casa e nota seu cachorro cansado, abatido, com a boca aberta e a língua para fora, nítida vítima de um calor horrendo, típico na maioria das cidades brasileiras. A primeira coisa que muitos fazem para aliviar o cão é levá-lo rapidamente ao petshop para tosar. Mas, afinal, é válido tosar o cachorro no verão?

Devo tosar meu pet no verão?

Tosar o cachorro no verão ajuda a acabar com o calor?

É normal sempre nos colocarmos no lugar dos nossos cachorros. Na nossa visão, estar inteiramente coberto de pelos grandes e densos em um dia ensolarado parece não ser uma boa ideia. Porém, devemos levar em conta que o corpo humano funciona muito diferente do organismo canino.

Quando estamos com calor, simplesmente transpiramos – ou melhor, suamos. O suor, produzido pelas glândulas sudoríparas encontradas em nossa pele, evapora no ar, resfriando nosso organismo. Os cachorros, por sua vez, possuem as mesmas glândulas responsáveis por regular a temperatura e eliminar substâncias tóxicas, mas, diferentemente de nós, elas estão localizadas na língua e nos coxins (aquelas almofadinhas nas patas).

Por mais que para nós pareça algo desagradável e sufocante, é normal que os cães fiquem mais ofegantes em dias quentes, eles estão apenas controlando a sua própria temperatura. Fora isso, a pelagem de todos os cães possui a importante tarefa de proteger o pet tanto do calor quanto do frio – é como se fosse uma manta térmica.

Então, respondendo à pergunta do título desta matéria, a tosa não ajuda necessariamente a reduzir o calor no cachorro. Não é proibido tosar um pet no verão, mas algumas particularidades devem ser levadas em consideração.

Quais raças podem ser tosadas?

Embora pareça que são os que mais sofrem, aqueles cachorros que possuem uma pelagem bastante densa, como o Husky Siberiano, Chow-Chow e Samoieda, por exemplo, nunca devem ser tosados, pois a tosa pode prejudicar os folículos dos pelos protetores, resultando em sérios problemas de pele.

Em contrapartida, raças que possuem pelos que crescem regularmente, como Poodle, Cocker Spaniel e o Bichon Frisé, por exemplo, podem ter os pelos aparados tranquilamente no verão para evitar que se emaranhem.

Vale destacar que a tosa não é a maneira mais efetiva de garantir que um cachorro não passe calor, muito pelo contrário. Nesta outra matéria, separamos algumas excelentes dicas de produtos para aliviar o calor que nossos cães sentem no verão.

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É Jornalista, apaixonado por pets e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.