Cadastre-se e ganhe 20% OFF na primeira assinatura!

Domingo é comemorado o Dia do Vira-Lata

Muita gente não sabe, mas neste domingo (31 de julho), é comemorado o dia Nacional do Vira-Lata. Portanto, se você é tutor de um SRD, já pode comemorar e levar seu peludo para um passeio ou oferecer um petisco saboroso!

Se você está a procura de um, saiba que essa é uma ótima data para uma adoção e neste post, vamos te mostrar um pouco mais sobre o mundo dos vira-latas, seja ele cachorro ou gato!

Cão e gato vira-latas juntosCaracterísticas especiais dos vira-latas

É claro que no dia feito especialmente para eles, não deixaríamos de enaltecer todas as qualidades desses peludos que amamos. Veja as características que marcam os SRDs:

  • São menos suscetíveis a doenças hereditárias: pelo fato de não possuírem raça definida, eles têm menos chances de herdar alterações genéticas vindas dos pais ou parentes, mas não se engane, pois eles podem ser acometidos por outras doenças;
  • São muuuuuito inteligentes: provavelmente você já deve ter visto nas redes sociais, alguns vídeos que provam a inteligência dos SRDs, não é mesmo?
  • Se adaptam no ambiente onde vivem e gostam de crianças: tanto os gatos quanto os cães sem raça definida, se adaptam facilmente em novos lares, devido ao fato de terem morado nas ruas, geralmente. Além disso, vivem em harmonia com crianças, outros pets e pessoas idosas;
  • São populares: de acordo com um levantamento realizado pela DogHero, empresa do Grupo Petlove, 95% dos gatos dos brasileiros são vira-latas e os cães também lideram o ranking de popularidade e olha que o total de cães e gatos no Brasil ultrapassa os 1.8 milhão de animais;
  • Eles têm dois dias no ano feito especialmente para eles: no Brasil, o Dia do Vira-Lata é comemorado hoje e nos Estados Unidos é comemorado no dia 02 de Dezembro, sendo assim, o dia Internacional do Vira-Lata.

A importância da adoção

Parece ser um tema óbvio, não é mesmo? Mas ainda vemos muitos animais abandonados nas ruas e a maioria esmagadora são cães e gatos vira-latas.

Por mais que a fama deles seja de resistência por viverem em situações, muitas vezes, terríveis, se forem acometidos por doenças infecciosas ou virais, quando filhotes ou adultos, pode ser fatal. Isso porque eles não são vacinados, se alimentam do que encontram nas ruas e são infestados por ectoparasitas.

Adotá-los e respeitá-los é um ato de amor, pois eles merecem um lar e tudo do bom e do melhor, necessitam de acompanhamento veterinário e alimento feito especialmente para ele.

Se procura um companheiro fiel, adote!

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Marina Rodrigues

Médica-veterinária apaixonada por animais e escrever, mãe da Meg, uma salsicha cor de chocolate, idosinha e muito carinhosa.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.