Dormir com o pet pode fazer mal ao seu sono

Vira e mexe aparece um estudo diferente a respeito do nosso convívio com os animais de estimação. Até pouco tempo, defendiam que dormir com um cachorro ou gato fazia com que nossa noite fosse melhor e mais tranquila. Um novo estudo, porém, afirma que estar na companhia dos peludos pode atrapalhar – e muito – nosso sono.

Pets podem interromper seu sono

Quando o assunto é dormir e recarregar as energias, os pets possuem necessidades diferentes de nós. Não à toa, eles dormem também durante o dia e tiram mais cochilos do que os seres humanos. Desta forma, eles não têm o hábito (embora existam exceções) de dormirem por oito horas ou mais seguidas.

Uma pesquisa recentemente publicada pela Universidade de Queensland, na Austrália, constatou que os tutores de pets acordavam durante a noite especialmente nos momentos em que seus animais de estimação também estavam acordados. Segundo os pesquisadores, isso demonstra que o sono das pessoas provavelmente era interrompido por algo que bichinho fazia.

O estudo realizado com cinco cães e suas “mães” mostrou ainda que muitos deles tinham o hábito de pedir para sair do quarto para fazer xixi. Ser acordado de forma abrupta, como muitos de nós sabemos, não é nada agradável e pior do que isso: dificulta voltarmos ao estado de relaxamento que estávamos enquanto dormíamos.

Mas o benefício de tê-los por perto pode ser ainda mais significativo…

Apesar de todos esses “contratempos”, o psicólogo responsável pela análise defende que essas questões não devem fazer com que repensemos a permanência de nossos animais no quarto. “Já sabemos há algum tempo que os indivíduos têm mais benefícios dormindo com bebês e pets no mesmo ambiente do que problemas com isso, então é natural que acabem ignorando este incômodo”, afirmou Bradley Smith.

Dormir na cama X adestramento

Algumas vertentes de adestramento acreditam que o fato de o cão dormir na cama com seus humanos faz com que ele fique mais dominante e protetor, além de não entender direito seu “lugar” na família”. Isso, porém, é algo controverso, pois dormir junto nunca vai ser o único fator capaz de determinar o temperamento e/ ou comportamento do seu pet.

Sobre o autor

Jade Petronilho

Jade Petronilho

É jornalista por formação e comportamentalista veterinária por paixão. Desde criança é a "louca dos bichos", por isso resolveu estudar medicina veterinária, etologia e nutrição animal, mas ainda pretende, um dia, fazer zootecnia. Atualmente tem dois cachorros, dois gatos e 13 peixes, mas além de cães, gatos e peixes, também já foi tutora de um coelho, três periquitos, dois porcos da índia, dois pintinhos e três cabritos.

13 Comentários

  • O meu cachorro é um vira lata, desde que chegou aqui so melhorou td na minha vida, sou mais paciente, mais bem humorado e nunca dormir tão bem. E ele dorme tanto qto eu, so me acorda se passar do meu horario comum. E nao tem nada melhor do que ser acordado por ele, rsrsrs, em pé do meu lado lambendo minha orelha. Rsrsrs. Uma bênção na minha vida.

  • Tenho dois lindos filhos de quatro patas, o Brad e o Brilly!
    Os dois dormem no meu quarto, o Brad após a chegada do Billy passou a dormir na cama junto comigo e meu esposo. E sim, eles costumam acordar bastante durante a noite, e eu sempre acordo tbm!
    Mas nunca e de forma nenhuma abriria mão de tê-los sempre por perto e em especial dormindo conosco.
    É tanto amor que recebemos deles que acordar por uns minutos não nada se comparado!

  • Durmo com minha gatinha tds os dias , já fazem 4 anos, e é como se ela fosse um remédio para dormir, pq se ela não estiver comigo ,eu não consigo … Amo demais ❤️❤️❤️

    • Isso realmente pode acontecer, é o que mostra o estudo. Mas é claro que não muda em nada o que sentimos por eles, que são tão especiais em nossas vidas. 🙂

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.