Entenda porque os gatos amam tirar uma soneca

Afinal, por que os gatos dormem tanto? Essa é uma pergunta comum mas que quase ninguém sabe dizer corretamente. Eles adoram tirar uma sonequinha e são mestres em adormecer em qualquer momento, em qualquer lugar, sob quaisquer circunstâncias. Especialistas afirmam que os felinos geralmente dormem entre 15 e 20 horas por dia. Isso mesmo, eles passam, pelo menos, metade do dia “roncando”.

Esse hábito de dormir boa parte do tempo é resultado da evolução, hábitos nutricionais e fisiológicos do gato. Na natureza, os felinos precisam caçar para comer, e perseguir e matar presas gasta muita energia. Então eles usam o sono como uma tática para economizá-la entre as refeições do dia.

Mas algo é preciso ser considerado: sabe aquele sono mega profundo, que nem mesmo um terremoto lhe acordaria? Então, nem sempre eles chegam nesse estágio! Do tempo que os bichanos passam dormindo, quase 75% é o que podemos chamar de “cochilo”. Nesse estado, eles podem descansar tranquilamente, mas ainda continuam alertas o suficiente para despertar a qualquer momento. Para saber quando o gato está apenas cochilando, basta observar suas orelhas tremendo e girando em direção a ruídos.

Os outros 25% do tempo de sono dos felinos são gastos em um delicioso sono profundo, sendo que os mais velhos podem passar até 40% da soneca nesse nível. Eles geralmente se enrolam e ficam com os olhos bem fechados, e, às vezes, podem até ficar com o rabo sobre o rosto, como uma fofa máscara de dormir. Vale destacar que esse sono “pesado” é essencial para a capacidade do corpo de se regenerar e parecer saudável, além de ser o momento em que eles sonham – se você já viu as patas ou bigodes do seu filho de quatro patas se mexendo enquanto ele dorme, existe uma boa possibilidade de ele estar sonhando.

Uma coisa é certa: uma mudança nos hábitos de sono do seu felino pode indicar algum tipo de problema! O que isso quer dizer? Quer dizer que se o bichano começar a dormir muito mais ou menos do que o normal, é preciso entrar em contato com um médico veterinário. Geralmente esses sinais apontam para algum tipo de complicação. Por exemplo, o sono excessivo pode ser um sinal de dor, enquanto a insônia contínua pode indicar um problema como o hipertireoidismo.

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.