Entenda porque seu gato filhote mia com tanta frequência

A chegada de um novo membro da família é um momento de amor, alegria, e também de descobertas. Quando um gatinho chega em seu novo lar, a família precisa se atentar em algumas questões essenciais logo de início, como a alimentação, higiene, acompanhamento médico veterinário, entre outros cuidados.

Gatinho miando com Frequência

Pessoas que acabaram de adotar um bichaninho se perguntam se é normal eles miarem com tanta frequência. A resposta é sim, isso é um comportamento comum nesta época e muito fácil de entender. Segundo especialistas, eles nascem com os ouvidos e olhos fechados, mas podem sentir as vibrações dos ronronos da mãe. Os gatinhos podem exercitar suas cordas vocais e miar desde o nascimento, mas geralmente começam a experimentar vocalizações quando começam a andar e explorar o seu território.

Os felinos miam para se comunicar com a mãe

Filhotes miando servem ao mesmo propósito que um bebê humano chora: faz uma demanda e chama a atenção da mãe. Eles são animais vocais, e começam a “conversar” desde cedo. Além do miado, os gatinhos se comunicam com suas mães através do ronronar, toque, linguagem corporal e aromas.

A comunicação acústica entre mães e felinos funciona nos dois sentidos. Elas também interagem com seus filhotes vocalmente, e, por isso, eles se apegam muito ao som materno. Um estudo publicado em 2016 na Developmental Psychobiology, descobriu que gatinhos que ouviam reproduções de cumprimentos e miados de suas próprias mães reagiam muito mais fortemente às vocalizações maternas do que para miados de gatos estranhos.

Eles também miam para se comunicar com seus irmãos e humanos

Quando os gatinhos começam a interagir com seus irmãos depois de várias semanas, eles aprendem importantes habilidades sociais e limites por meio dos miados. À medida que amadurecem, eles aprendem que o miado funciona com os seres humanos da mesma forma que com as mães. Tanto que, de acordo com profissionais, gatos de todas as idades usam miados principalmente para se comunicar com as pessoas, e não entre si.

Quer saber mais sobre algumas possíveis razões que levam um gato a miar? Nesta outra matéria, listamos algumas dicas para que você aprenda a interpretar de forma correta cada som emitido pelo seu felino. Confira!

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.