Gato Persa: curiosidades

Depois dos gatos sem raça definida (os vira-latas), seguramente o Persa é a raça felina mais conhecida no Mundo todo. E se você se considera um gateiro(a) de primeira, é claro que precisa conhecer detalhes sobre este pet que nem todo mundo conhece. Veja a seguir as curiosidades do gato Persa que nós preparamos!

Gato persa cinza

Gato iraniano

Nas aulas de história nós ouvimos falar bastante sobre a Pérsia, o território que na época de gregos e romanos era reconhecido como uma das principais rotas de negócios. Atualmente, essa região é onde fica o Irã. 

Outra curiosidade é que apesar de não haver comprovações, acredita-se que um italiano tenha sido responsável pela popularização da raça. Pietro Della Valle, músico e compositor, teria se admirado com um gato Persa em uma de suas viagens pela região e levou o bichano para a sua terra natal, dando início ao “domínio persa” pela Europa.

Famosos no cinema

A sétima arte já se rendeu aos encantos do Persa! O personagem mais famoso, e que brilhou antes nos quadrinhos, é o Garfield – um Persa laranja (que na verdade é denominado “vermelho”/ “red tabby” pelos criadores da raça), gorducho, preguiçoso e comilão.

Além dele, outros gatos da mesma raça também tiveram seus dias de estrelas de Hollywood: Snowbell do filme do ratinho Stuart Litlle, o peludinho Mr. Tinkles de Como Cães e Gatos e Bichento, gato Persa da Hermione em Harry Potter. 

Comportamento peculiar

O gato persa adora ficar perto de seus humanos e, por isso, faz de tudo para sempre ganhar um carinho e receber atenção. Sutil, ele não é de miar para conseguir o que quer, mas certamente poderá ficar pulando em seu colo ou se esfregando em suas pernas por muito tempo para isso. Dorminhoco durante o dia (lembra do Garfield?), gosta de gastar sua energia entre o final da tarde e começo da noite, mas não tende a ser extremamente ativo.

Não que gastar energia signifique fazer um monte de estripulias, o Persa gosta mais de circular pelo ambiente, observar a movimentação (de preferência de lugares altos) e curtir um colo. Visitas podem precisar de um tempo para conquistar o coração do peludinho antes de ter direito a esse privilégio.

Cuidados específicos

Por ter o focinho achatado (braquicefálico), o Persa não tolera ambientes quentes e secos. Portanto, evite ao máximo deixá-lo em ambientes externos ou em contato direto com a luz solar por muito tempo.

A pelagem do bichinho também necessita de cuidados especiais. Recomenda-se escovação diária para manter os pelos e a pele limpos, já que a raça pode desenvolver alguns problemas dermatológicos e tem muita facilidade para formar nós. 

Expectativa de vida

Quem tem um gato Persa em casa precisa estar sempre atento à sua saúde, realizando consultas periódicas com um médico veterinário. Não é raro que exemplares da raça tenham problemas genéticos de saúde que podem encurtar sua expectativa de vida. 

Pesquisar bem e conversar com o criador sobre os tipos de exames que os pais do seu pet possuem é importante para garantir que seu gato persa não seja feliz e saudável por muitos anos. Manter a vacinação em dia, oferecer alimentação de qualidade, uma rotina saudável e também aquela que é a parte mais prazerosa: muito amor (este ele faz questão de pagar em dobro de volta) também contribuem para isso.

Gostou de saber dessas curiosidades sobre o gato Persa? Então deixe o seu comentário e compartilhe o link com seus amigos!

Sobre o autor

Anderson Mafra

Anderson Mafra

Jornalista apaixonado por animais, comunicação, música e que não perde um concurso cultural (na verdade já perdeu vários). Curioso de mão cheia, quer saber sempre mais e compartilhar conteúdo, dicas e curiosidades do mundo pet. É um petlover assumido, sem chance de reabilitação.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.