Cadastre-se e ganhe 15% OFF na primeira compra!

Gato pode comer milho?

Os gateiros mais curiosos, aqueles que adoram ler todo o rótulo da embalagem da ração, por exemplo, tendem a cair numa pegadinha quando o assunto é “Gato pode comer milho?”.

Isso porque em grande parte das rações secas o milho aparece como um dos ingredientes, então, muitos petlovers acabam deduzindo que o milho cozido ou a pipoca (sem qualquer pitada de sal) podem ser oferecidos aos bichanos sem problemas. Só que história não é bem assim…

Gato pode comer pipoca - Gato com uma tigela de pipoca

A explicação é que o gato é um animal carnívoro estrito, ou seja, os nutrientes que ele precisa vêm em grande parte da proteína animal, e o seu organismo, de modo geral, não lida tão bem com a digestão de outros alimentos como vegetais e cereais.

Gato pode comer milho? Melhor evitar!

Se você estiver comendo pipoca enquanto assiste sua série favorita e, por acaso, o seu gato se aproveitar de alguma sobrinha que tenha caído no sofá, não há motivo para grandes preocupações.

É que o problema do milho – cozido ou pipoca – não é o risco de intoxicação alimentar ou grandes problemas de saúde (desde que ele não esteja acompanhado de óleo, sal, manteiga, pimenta etc), a questão principal é que os os grãos amarelinhos tão amados por nós e pelos cães são muito pobres em nutrientes para os gatos

Para os felinos domésticos, o milho representa basicamente uma quantidade adicional de carboidratos, e é justamente por isso que o alimento aparece na lista de ingredientes de muitas rações secas. A diferença é que nesses alimentos, os médicos veterinários especializados em nutrição animal sabem a medida ideal de carboidratos, de modo que o almoço e o jantar do seu peludinho possam ser refeições completas e balanceadas. 

Então, já que você provavelmente não tem todo esse conhecimento necessário, melhor riscar o milho da lista de opções de alimentos do seu pet e não arriscar em colocar a dieta dele em perigo não é mesmo?

Sem contar que se o objetivo é oferecer um lanchinho ou um agrado ao seu filho de quatro patas, é muito melhor preparar uma receita caprichada, oferecer certos tipos de frutas ou providenciar petiscos que são opções bem mais seguras e nutritivas :).

“A melhor maneira de utilizar o milho é plantando os grãos em um vasinho com terra, e em aproximadamente 1 semana você verá alguns brotinhos que são altamente atrativos para os felinos e não causam desconforto abdominal, sendo também uma boa forma de distração”, conta Agda Magalhães, médica veterinária, do nosso suporte especializado em saúde e bem-estar, exclusivo para os Assinantes Petlove.

Para ficar por dentro da nutrição do seu pet, converse com o médico veterinário ou zootecnista e continue acompanhando o Blog Petlove!

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Anderson Mafra

Jornalista apaixonado por animais, comunicação, música e que não perde um concurso cultural (na verdade já perdeu vários). Curioso de mão cheia, quer saber sempre mais e compartilhar conteúdo, dicas e curiosidades do mundo pet. É um petlover assumido, sem chance de reabilitação.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.