Gato sem apetite: devo levá-lo ao médico veterinário?

“Doutor, meu gato não quer comer nem beber água, o que devo fazer?” Essa é uma pergunta que todo médico veterinário ouve com bastante frequência de pessoas que estão com um gato sem apetite dentro de casa.

Sabe quando te dá aquela dor de cabeça bem chata ou simplesmente está com um problemão que precisa resolver com urgência e, por isso, acaba perdendo o apetite? Então, com os gatos também pode acontecer a mesma coisa!

Se o seu felino não está querendo comer, ligue o sinal de alerta! Isso porque a falta de apetite em gatos pode ser um forte indício de problemas de saúde. Calma, nós vamos te explicar tudo certinho.

gato sem apetite com cara triste

Gato sem apetite: possíveis causas

Caso não saiba, os gatos são extremamente sensíveis e, por isso, qualquer mudança na rotina deles pode fazer com que parem de comer. Para se ter uma ideia, existem casos de felinos que perdem o apetite por simplesmente o tutor ter trocado o comedouro de lugar.

Veja sete motivos comuns que fazem o gato perder o apetite:

  • Mudanças na rotina
  • Altas temperaturas (dias de verão)
  • Troca inadequada de ração
  • Bola de pelos
  • Estresse
  • Ansiedade
  • Problemas de saúde

Gato que não quer comer é um gato doente?

Embora seja um dos principais sintomas, nem sempre a falta de apetite pode significar que o gato está com algum problema de saúde.

Assim, existe a chance do seu felino não querer sua comida por ter se acostumado a comer alimentos diferentes além da ração dele, como aquele petisquinho que você dá todo dia para ele, por exemplo.

Outro cenário relacionado é o manejo incorreto da ração dele (sim, o erro pode ser seu!). Guardar o alimento do pet de forma errada pode fazer com que ele perca seu sabor ou seja danificado pelo tempo, isso sem falar se o pote de ração está perto da bandeja sanitária – um erro inadmissível para os gatos! 

Portanto, o ideal é manter a ração sempre na embalagem original e colocá-la dentro de um porta-ração, para que ela não perca seus nutrientes e continue saborosa e, quando for escolher o local de refeição do felino, manter distância do “banheiro”.

gato branco deitado em uma manta

O que fazer quando o gato não quer comer?

A princípio, o único conselho que podemos te dar sobre o que fazer quando o gato não quer comer é: se não houve nenhuma mudança repentina na rotina e a dieta está em dia, leve-o ao médico veterinário imediatamente.

Os gatos são bem sensíveis ao jejum. Logo, dificilmente ficam sem comer por muito tempo de forma voluntária. Então, se você notar que o seu felino não comeu nada por mais de 24h, saiba que já é o momento de levá-lo para uma consulta com um profissional, pois o jejum prolongado em gatos pode ter consequências graves para a saúde do pet.

O que é bom para abrir o apetite do gato?

Brincadeiras antes da refeição, brinquedos interativos que estimulam o instinto de caça e misturar alimentos úmidos à ração seca são boas dicas para abrir o apetite do gato.

Lembre-se: tome muito cuidado com os petiscos – já que o excesso pode provocar o desinteresse pela comida. Além do mais, oferecer uma guloseima toda vez que perceber que o pet não quer comer pode fazer ele pensar que sempre ganhará uma “recompensa” sempre que negar a sua ração.

Remédio para abrir apetite de gato

Por fim, aqui no petshop online da Petlove, temos duas boas opções de “remédio” para abrir o apetite do gato:

Vale lembrar que você deve consultar o médico veterinário de sua confiança antes de oferecer um desses suplementos ao seu pet.

Por fim, agora que você já sabe o que fazer com gato sem apetite, dê aquela passadinha no Blog da Petlove para mais dicas e informações sobre saúde felina.

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Gabriel Arruda

É Jornalista, apaixonado por pets e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.