Gatos precisam tomar banho: mito ou verdade?

Enquanto alguns acreditam que gatos devem sim tomar banho, outros vêem o banho com a língua como suficiente para a higiene dos felinos. Mas no final das contas: gatos precisam tomar banho? O que acontece é que a tarefa da língua nesse caso é retirar os pêlos que já estão soltos, apenas.

“O banho com a língua não é prejudicial, mas também não faz uma limpeza boa como um banho com água, que consegue eliminar os ácaros que ficam no pêlo”, conta o médico veterinário João Francisco Said.

gatos precisam tomar banho

Além disso, algumas doenças de pele exigem banhos medicamentosos para tratá-las, com ativos específicos.

Além disso, o veterinário recomenda que o banho seja feito em um pet shop, porque a secagem nesses locais é mais eficiente.

“No caso de falta de secagem ou secagem indevida, há a possibilidade de aparecem fungos na pele e nos pêlos”.

Estresse

Na hora de se perguntar se gatos precisam tomar banho, é bom pensar sempre se seu animal é estressado. Para evitar desconforto para o animal, no caso de ele estar estressado já anteriormente ao banho, é melhor evitar.

Já no caso de ele se estressar durante o banho, existem algumas medidas que devem ser tomadas para que a situação não se complique.

“Nesse caso, não se usa o soprador para eliminar água dos pêlos por ser muito barulhento. Apenas o secador deve ser utilizado. Deve-se evitar também que tenha outro animal tomando banho junto, principal um cão”, alerta o médico veterinário.

gatos precisam tomar banho 2

Cuidados

Tanto no caso de dar banho em casa quanto em pet shop, é preciso se certificar de que a temperatura da água esteja de morna para fria e sempre evitar banhos muito quentes.

Os shampoos utilizados devem ser neutros e perfumes não são recomendados.

“Gatos não gostam quando passamos perfume neles porque descaracteriza o odor natural. O perfume é mais para agrado do dono e deve ser evitado”, afirma Said.

O veterinário também chama atenção para o fato de que gatos de pêlos longos devem tomar banho com mais frequência do que os que têm pêlo curto.

“Os gatos de pêlos longos dão mais trabalho para cuidar, necessitam de mais escovação, formam nós com mais facilidade e acumulam mais impurezas e ácaros em comparação com os de pêlos curtos”.

Sobre o autor

Larissa Moreira

Larissa Moreira

Larissa tem quatro miaus: Câmara, Ação, Gravando e Clica Fora, está no quarto ano de jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, é apaixonada pela língua alemã, livros de fantasia, chá de camomila e pelos seus quatro bebês (que já nem são mais bebês).

22 Comentários

  • meu gato e um pouco arisco dei banho nele o pet não dou nunca mais deram calmante para ele quase o bichinho morreu chorei porquê ele ficou largado Completamente parecia morto.Agora quero dar em casa e tenho medo

    • Um jeito bacana q encontrei de dar banho no meu gato, foi segurar c uma mão e c a outra ir jogando água aos poucos…no sentido contrário a cabeça…ou seja, começando pelo rabo e bumbum e por último na região da cabeça…funcionou c meu!
      Mas vale lembrar q nenhum bixano gosta de banho…paciência que tudo da certo!

    • Trabalhei por anos em pet shop. Isso de calmante é lenda ou desconhecimento por parte do dono, na maioria das vezes.
      O preço de um calmante, considerando-se os materiais utilizados no banho, tornariam o procedimento tão ou mais caro que o valor do serviço…
      O que acontece é que se o profissional usa o jato quente, o gato pode ficar letárgico. E aí ele fica grogue mesmo.
      E nem precisa ser um calor tão intenso para que o gato fique assim.
      Certa vez, viajei com minha namorada, a família dela e a gata de estimação. O avô da minha namorada cismou de deixar o ventilador do quarto desligado e a porta fechada, com areia, água e ração para ela.
      Ninguém viu isso porque ele tinha voltado ao apartamento só pra fazer isso aí.
      Quando chegamos, a gata nem conseguia ficar em pé, parecia que tinha ingerido ópio.
      Minha namorada ficou desesperada. Então estimulei alguns pontos nervosos do bichano enquanto ela jogava água fria na base do rabo para que ela reagisse, pois sequer conseguira comer ou beber água, até então. Ela quase morreu por conta da continuidade da exposição ao calor.
      No caso do pet shop, isso ocorre quando o profissional utiliza apenas o jato quente, e não o frio na maior parte do tempo, sendo o quente apenas para pontos-chave.

  • Essa história que gato não gosta de banho é mito, é só acostumar, tem bebês que mesmo com a proteção da mãe e água quentinha choram muito, cachorros também alguns detestam , tudo é de acostumar, eu tinha um ramister que colocava ele na vasilha com água morna ele adorava, desde pequeno.

  • É uma verdadeira tortura o banho da minha tigresa , portanto pra não estressar muito eu dou banho só no verão, mesmo assim sob protesto da mesma

  • Nunca dei banho no meu gato, ele nunca teve problemas com pelo, muito pelo contrário, o pêlo dele é lindo. E olha que meu marido é alérgico, se ele juntasse tantos ácaros no pelo, meu marido não ia aguentar chegar perto dele. Acho que mantendo a casa bem limpa e aspirada já estamos ajudando bastante a manter o gatinho limpinho. Acho banho em gato uma tortura desnecessaria, exceto quando ele precisa mesmo (quando se suja com alguma coisa, ou quando o banho faz parte de algum tratamento).

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.