Gatos precisam tomar banho: mito ou verdade?

Enquanto alguns acreditam que gatos devem sim tomar banho, outros vêem o banho com a língua como suficiente para a higiene dos felinos. Mas no final das contas: gatos precisam tomar banho? O que acontece é que a tarefa da língua nesse caso é retirar os pêlos que já estão soltos, apenas.

“O banho com a língua não é prejudicial, mas também não faz uma limpeza boa como um banho com água, que consegue eliminar os ácaros que ficam no pêlo”, conta o médico veterinário João Francisco Said.

gatos precisam tomar banho

Além disso, algumas doenças de pele exigem banhos medicamentosos para tratá-las, com ativos específicos.

Além disso, o veterinário recomenda que o banho seja feito em um pet shop, porque a secagem nesses locais é mais eficiente.

“No caso de falta de secagem ou secagem indevida, há a possibilidade de aparecem fungos na pele e nos pêlos”.

Estresse

Na hora de se perguntar se gatos precisam tomar banho, é bom pensar sempre se seu animal é estressado. Para evitar desconforto para o animal, no caso de ele estar estressado já anteriormente ao banho, é melhor evitar.

Já no caso de ele se estressar durante o banho, existem algumas medidas que devem ser tomadas para que a situação não se complique.

“Nesse caso, não se usa o soprador para eliminar água dos pêlos por ser muito barulhento. Apenas o secador deve ser utilizado. Deve-se evitar também que tenha outro animal tomando banho junto, principal um cão”, alerta o médico veterinário.

gatos precisam tomar banho 2

Cuidados

Tanto no caso de dar banho em casa quanto em pet shop, é preciso se certificar de que a temperatura da água esteja de morna para fria e sempre evitar banhos muito quentes.

Os shampoos utilizados devem ser neutros e perfumes não são recomendados.

“Gatos não gostam quando passamos perfume neles porque descaracteriza o odor natural. O perfume é mais para agrado do dono e deve ser evitado”, afirma Said.

O veterinário também chama atenção para o fato de que gatos de pêlos longos devem tomar banho com mais frequência do que os que têm pêlo curto.

“Os gatos de pêlos longos dão mais trabalho para cuidar, necessitam de mais escovação, formam nós com mais facilidade e acumulam mais impurezas e ácaros em comparação com os de pêlos curtos”.

Sobre o autor

Larissa Moreira

Larissa Moreira

Larissa tem quatro miaus: Câmara, Ação, Gravando e Clica Fora, está no quarto ano de jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, é apaixonada pela língua alemã, livros de fantasia, chá de camomila e pelos seus quatro bebês (que já nem são mais bebês).

5 Comentários

Deixe um comentário