Cadastre-se e ganhe 20% OFF na primeira assinatura!

Gatos são “espécie invasiva alienígena”, segundo Instituto

Que os gatinhos têm uma fofura de outro mundo, a gente já sabe, mas recentemente, um estudo científico colocou os felinos em uma lista que diz que gatos são “espécie invasiva alienígena”, segundo Instituto, os felinos causam danos ao meio ambiente, e a notícia gerou revolta entre os amantes de gatinhos. 

gato andando em cima do muro Gatos são "espécie invasiva alienígena", segundo Instituto

A lista foi criada pelo Instituto de Conservação à Natureza e o responsável por inserir gatos domésticos nela se chama Wojciech Solarz, um biólogo da academia de ciências da Polônia, que alega que gatos causam danos a pássaros e pequenos mamíferos. 

Gatos são “espécie alienígena”, segundo Instituto

A base de dados na qual os gatos domésticos foram inseridos como uma “ameaça à  biodiversidade” conta com mais de 1.786 espécies. A justificativa do biólogo é que existe um consenso entre a comunidade científica sobre os danos que os gatos domésticos causam à natureza ao caçar outros seres vivos como pássaros e que por isso, a inclusão na lista seria válida. 

O responsável pelo estudo não estava preparado para a quantidade de opiniões negativas que recebeu e chegou até a participar de uma discussão com um médico-veterinário em um canal de televisão por assinatura chamado TVN, onde teve seu argumento sobre os perigos que o gato doméstico representa para a vida selvagem questionado. 

Com o intuito de se defender das represálias, o Instituto publicou um texto esclarecendo que o fato do gato doméstico estar na lista, não significa que eles sejam a favor da extinção da espécie. Eles ainda se posicionaram “contra qualquer tipo de violência aos animais.”

O Instituto ainda sublinhou que sua classificação está de acordo com as orientações da União Europeia e ainda recomendou que os tutores de gatos limitassem o tempo de seus gatos fora de casa na época de reprodução de espécies ameaçadas. Por aqui, recomendamos que os gatinhos tenham sempre uma vida dentro de casa, sem contato com outros animais, evitando assim que cacem. 

Confira mais notícias sobre o mundo pet e muito mais no nosso blog!

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Vanessa Santos

Estudante de Publicidade e Propaganda, mãe de um Pug muito preguiçoso chamado Harry e aspirante à escritora que é apaixonada por criar!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.