Hérnia de disco em cães

A coluna vertebral dos cães é composta por vértebras cervicais, torácicas, lombares e coccígeas que protegem um importante componente do sistema nervoso que fica no interior das vértebras: a medula espinhal. Para permanecerem unidas, existem discos cartilaginosos entre elas, além de ligamentos. A hérnia de disco consiste na projeção do núcleo desse disco, o que causa compressão dos nervos e uma intensa dor.

Hérnia de disco em cães - Petlove - O Maior Petshop Online do Brasil

A estrutura dos discos intervertebrais é extremamente simples, a parte externa é semelhante a um anel, envolvendo o núcleo, composta por componentes fibrosos conhecidos como colágeno. A parte interna, o núcleo pulposo, é gelatinoso, sendo composto por substâncias semelhantes às presentes nas outras articulações, como a condroitina e a queratina. Com o avanço da idade dos cães, esses discos perdem a capacidade de manter água na sua composição e de exercer a função de absorver impacto. Assim, o disco pode se deslocar para a frente e pressionar a coluna vertebral. Se o disco vier a se romper, com liberação direta de fragmentos na medula espinhal, pode, além de causar dor, provocar paralisia de um ou mais membros.

Resumindo: a hérnia de disco aparece quando um ou mais discos da coluna saem do lugar e vão comprimir os nervos próximos.

É importante conhecer as raças que têm maior probabilidade de desenvolver hérnia de disco, pois com a idade o cachorro pode começar a apresentar sintomas que podem ser confundidos com uma simples velhice. As raças de pequeno porte mais acometidas são Cocker Spaniel, Poodle, Daschund, Beagle e Basset Hound. Já entre os animais de maior porte, as raças Pastor Alemão, Labrador e Golden Retriever são as que mais apresentam o problema.

Os sintomas são bem fáceis de identificar: o pet perde agilidade, se locomove menos e, em casos mais graves, pode até perder a capacidade de andar. A radiografia, a tomografia e a ressonância magnética também ajudam na hora do diagnóstico. Manter o pet em repouso e procurar o auxílio de um médico veterinário são medidas que devem ser tomadas com urgência, assim que houver a suspeita de que ele esteja sendo acometido pela doença.

A hérnia de disco não tem cura, mas há tratamentos eficazes, que incluem repouso, analgésicos e anti-inflamatórios. Em casos mais graves, é preciso realizar procedimento cirúrgico, mas o tipo de tratamento vai depender da gravidade do caso e dos sinais clínicos envolvidos. Para amenizar o sofrimento do pet, devido às intensas dores que a enfermidade causa, recentemente passou-se a utilizar a acupuntura.

O melhor a se fazer para ajudar na prevenção da doença, principalmente nas raças com maior propensão a ela, é controlar o peso do pet e as atividades físicas que ele possa vir a realizar (como subir e descer escadas e saltar móveis).

Sobre o autor

Bruno Oliveira

9 Comentários

  • por favor tenho uma basset miniatura esta com 17 anos teveum problema de hernia de disco a trasira caiu e ela gania de dor fez tratamento com anti inflamatorios melhorou mas no fim tudo voltou pior comecei com acumpuntura e foi uma maravilha 4 vezes por mes agora esta 2 porem com os medicmentos necessarios sai um pouco caro porem a saplicações estão interrompidas por21 dias e ela esta muito bem sera que 1 vez por mez e suficiente? por favor me de uma resposta desde ja muito obrigada

  • MInha cachorrinha(Minha filhinha), fez ultra som porque achávamos que estava com dor por não evacuar pois a barriguinha estava inchada, mas não acusou nada, ai fizemos o raio x porque ela começou do nada a arrastar as perninhas, deu que ela tinha hérnia de disco mas eu nem sonhava que ela corria risco de morte, estava tomando os remédios pra dor tramal e meticorten e ainda um regenerador que indicaram e chegou a fazer uma sessão de acupuntura, mas piorou e as perninhas da frente já não respondiam mais, e hoje ao dar água e os remédios tive que mexer nela e depois de um tempo ela vomitou tudo e virou estrelinha.

    Foi muito triste ver aqueles olhinhos pedindo ajuda, achei que poderia não andar mais, mas não imaginava que poderia morrer.
    Estou arrasada, sinto que foi culpa minha por ter levantado a cabecinha dela para dar remédio.

  • O cachorrinho da minha irma ta com ernia de disco o marido desempregado tou tentando fazer cirurgia ele ta sofrendo e grita de dor a noite somos de classe baixa mas deus vai me ajudar a pagar o tratamento tenho 2filhos e so eu trabalho se alguem quiser me ajudar ou conhecer o quinho esse e meu email [email protected] eu to lutando pela vida dele amo ele demais ele ta a doze anos com nos amo ele ele merece viver mais

  • em uma semana minha cachorrinha parou se andar fiz ulta sonografia acusou hernia começou o tratamento mas veio a falecer o que pode ter dado errado eu sentia ela muito triste foi depresão

Deixe um comentário