Hotel para cães: como escolher o melhor

Ainda bem que hoje em dia cada vez mais hotéis estão aceitando a presença de nossos amigos peludos, possibilitando que eles nos acompanhem em nossas viagens. Mas temos que ser realistas e nem sempre isso é possível. Caso você tenha que viajar e não possa levar seu cachorrinho, a primeira coisa que aconselho é: deixá-lo com alguém de confiança! Não existe nada melhor do que saber que seu peludo está na companhia de algum conhecido e no conforto de uma casinha amiga. Mas se isso também não for possível, tudo bem! Os hoteizinhos para cachorros possuem uma estrutura muito boa e proporcionam um ambiente muito divertido para os hospedes de quatro patas. Mas para isso eles devem seguir algumas regras e você deve ser extremamente criterioso para garantir que seu filho peludo estará em boas mãos. Então vou te mostra o que um bom hotel para cães deve ter.

Indicação e boas avaliações

Esse já é um excelente começo para sua busca. Indicação de algum conhecido que já tenha utilizado os serviços de algum hotel em específico e teve uma boa experiência já é mais de meio caminho andando. Claro que, mesmo assim, você deve averiguar os itens abaixo, mas já limita a sua procura.

A internet também facilita muito esse processo. As avaliações tanto em redes sociais quanto em sites específicos permitem que você tenha uma noção as experiência de outros clientes, o que agradou e desagradou e já excluir da sua listinha aqueles que tiveram mais avaliações negativas do que positivas.

Higiene e espaço adequado

Separou alguns hotéis que parecem legais? Ótimo, o próximo passo é visitá-los. Você não vai deixar seu cãozinho em um lugar que conheceu só através da internet, né?

Chegando lá peça para conhecer os ambientes. Fique atento à higiene, se o lugar cheira a limpeza, se os animais que ali estão parecem felizes e confortáveis. Se há água limpa disponível e se os canis possuem um tamanho considerável, o mínimo de conforto e não sejam parecidos com gaiolas (não queremos isso para os nossos bebês).

Veja se há bastante espaço disponível para que ele brinque, se exercite e fique solto durante a maior parte do tempo. O canil deve ser utilizado apenas para a hora de dormir, de forma que os bichinhos fiquem seguros. O objetivo não é que eles fiquem presos o tempo todo.

Funcionários de plantão

É imprescindível que o hotel mantenha funcionários 24horas no local. Por motivos de segurança e para ficarem atentos a qualquer sinal de problema com os bichinhos.

A presença de um veterinário também é de extrema importância. Caso o profissional não fique no local, certifique-se de que existe convênio com alguma clínica próxima e que esta funcione  24 horas, também.

Com relação a segurança, portões, grades e barreiras devem estar em todos os cantos do hotel a fim de proteger ao máximo o local e evitar qualquer possibilidade de fuga. Lembre-se que um local como esses (que muitas vezes também exercem o papel de creche canina) comporta vários animais ao mesmo tempo, o que dificulta uma atenção particular. Por isso você deve ter certeza de que ele está seguro e não terá a menor chance de escapar.

Rigor na hora do contrato

Instalações legais e avaliações boas. Hora de ver se é um hotel para cães sério. Ao decidir por deixar seu bichinho em hotel, uma série de documentos e exigências deve ser feita por parte da administração. Se isso não ocorrer, não pense que é porque eles são legais ou estão facilitando sua vida. DESCONFIE! Se eles não pedem para você, também não pedem para os demais clientes o que pode comprometer a saúde do seu animal.

Dentre as exigências, estão:

Caderneta de vacinação e vermifugação em dia.

Comprovação de que seu animal é sociável e não é agressivo.

Inúmeras perguntas a respeito da rotina, alimentação, saúde e comportamento do seu cãozinho.

Dados também do proprietário, incluindo telefones de emergência seus e de algum conhecido que esteja próximo e possa ir ao local caso necessário.

Hotel para cães com monitoramento por internet

Bom, isso não existe em todo hotel para cães, mas com certeza aqueles que possuem ganham pontos na sua listinha de opções. Alguns estabelecimentos possuem câmeras instaladas que transmitem as imagens via internet, para que o dono possa acompanhar tudo o que está acontecendo com seu animalzinho. Quem não deve não teme, não é? Além de você ficar mais tranquilo podendo ver que seu peludo está bem, hotéis que possuem essa opção passam mais confiança.

Outra opção: Pet sitter

Hoje em dia existe outra forma de viajar sem o seu bichinho, mas deixá-lo em segurança. Agora existem os serviços de Pet sitter. Ao invés de deixar seu amigo em um hotel para cães, você pode hospedá-lo na casa de uma pessoa. Isso mesmo! Uma pessoa comum que abriga seu bichinho na casa dela, onde ele vai poder ter uma rotina muito mais parecida com a que já tem. Outra opção desses profissionais é ficarem responsáveis por ir até a sua casa diariamente cuidar do bichinho lá mesmo. Alimentar, trocar água, limpar o local, brincar e levar para passear. Apesar de nesse caso o cachorrinho não ter companhia 24 horas, alguns animais podem ficar muito estressados em novos ambientes, o que faz dessa opção a melhor!

Esses profissionais são apaixonados por animais e cuidarão do seu cãozinho com todo amor e carinho. Essa opção oferece mito mais conforto para o seu animalzinho que ficará em um ambiente bem mais aconchegante.

Mas ATENÇÃO, as dicas acima também valem para esse tipo de hospedagem. Sempre certifique-se com o máximo de detalhes nas mãos de quem você está deixando o seu animalzinho.

Algumas observações

É interessante que você deixe com o seu cãozinho alguma mantinha, caminha ou brinquedo que ele goste muito e que possua o seu cheiro. Isso fará com que ele se sinta mais a vontade e menos ansioso.

Se quando você retornar da sua viagem perceber que seu animalzinho foi muito bem tratado e saiu de lá feliz, com o rabinho abanando, na próxima vez você deve deixá-lo no mesmo lugar. Não só por já ter confiança, mas também porque seu cãozinho já conhecerá os funcionários e o local e ficará ainda mais a vontade e tranquilo, assim como você.

Sobre o autor

Bruna Cela

Bruna Cela

Publicitária e aspirante a empresária. Mãe coruja da Sunny, daquelas que posta mil fotos no Instagram (como essa aí de cima). Ama tudo o que é relacionado a arte e a escrita é sua melhor ferramenta de expressão. Conversa com todos os pets que encontra pelo caminho e jura que, na maioria das vezes, eles respondem.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.