Quatro maneiras de saber que seu gato está feliz

Quando falamos de gatos, lembramos instantaneamente de bichinhos super independentes, mas não podemos generalizar, pois assim como os humanos, cada gato é um indivíduo único que demonstra sua felicidade de maneiras diferentes. Pais e mães de gatos frequentemente se perguntam como saber quais sinais comportamentais indicam essa felicidade, por isso nós iremos citar alguns. 

Dia do Gato

1. Brincadeiras 

Brincar sem parar é uma ótima forma de saber que seu gatinho está feliz. A frequência nas brincadeiras, seja com corridas divertidas até um leve tapinha de patas, demonstram isso. Com o amadurecimento, as atividades lúdicas tendem a diminuir, mas nunca desaparecer, eles amam essas atividades e alguns brinquedos para gatos podem ser introduzidos na rotina para estimular a diversão.

2. Frequência da alimentação

Os gatos alimentam-se durante todo o dia com quantidades pequenas de comida , seja sachê de ração ou ração seca para gatos, estão sempre fazendo um lanchinho. Quando essa frequência está alterada, seja para mais ou menos lanches em um período de tempo, devemos ficar atentos. A alimentação regular é um comportamento saudável do seu gatinho.

3. Interação com o ambiente

Quem é pai ou mãe de gato já sabe que eles amam se esconder. Caixas, tocas e arranhadores são itens indispensáveis na casa dos gatinhos. A interação com o ambiente é muito importante, então não se esqueça de enriquecer o local onde seu bichano fica, garantindo uma atividade prazerosa e divertida para ele. Se ele não estiver interagindo, pode ser um sinal vermelho.

4. Tempo prolongado de sono

Esse é fácil de perceber, não mesmo? Gatos são super ativos, então se seu gatinho está apático ou dorme demais, pode não ser um bom sinal. Caso seu bichinho passe muito tempo com sono, é legal procurar um médico veterinário para uma consulta.

A dica principal para os pais e mães de gatinhos é estarem atentos ao comportamento deles. Cada um terá suas particularidades, mas alguns sinais podem indicar se algo não está como deveria, afinal, nós só queremos a felicidade dos nossos pets.

 

Sobre o autor

Gabriela Teixeira

Gabriela Teixeira

Estudante de medicina veterinária e mãe da Bela. Possuo formação em Biotecnologia, mas o amor por pets sempre foi maior que minha curiosidade pela ciência, tive que mudar de área e seguir meus instintos..rs..Hoje, nutro minhas paixões e sigo curiosa por tudo que se refere a tratar bem de nossos pets.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.