Receita de rocambole de frango para cachorro e gato

A proteína de frango com certeza é uma das favoritas dos pets, principalmente dos gatos. Essa carne possui diversos benefícios, como fonte de vitaminas do complexo B e baixo nível de gorduras. Porém, é necessário um preparo especial antes de ofertar aos pets, já que o frango que geralmente consumimos tem condimentos que podem fazer mal ao nossos filhos de quatro patas. Por isso, a seguir iremos ensinar a fazer uma receita de rocambole de frango delicioso e saudável para cachorros e gatos.

Ingredientes

  • 300 gramas de peito de frango moído (você pode pedir para moer no açougue ou então bater no processador).
  • 2 colheres de sopa de farinha de aveia integral.
  • 1 ovo.
  • 1 colher de sopa de semente de girassol.
  • 1 colher de sopa de semente de linhaça.
  • Cenoura ralada a gosto.
  • Um fio de azeite.
  • Uma pitada de sal.

Modo de preparo

  1. Em um recipiente adequado, coloque o frango moído e acrescente a farinha de aveia, as sementes de girassol e linhaça, misturando a tudo até formar uma massa homogênea. 
  2. Bata o ovo com um garfo e adicione na mistura.
  3. Acrescente a cenoura e a pitada de sal.
  4. Estenda um pedaço de plástico filme sobre uma bancada e abra a mistura do rocambole em cima.
  5. Enrole o rocambole usando o plástico filme com cuidado. Ir pressionado a cada virada na massa é uma boa dica.
  6. Pré-aqueça o forno a 180°.
  7. Unte uma assadeira com o fio de azeite e coloque o rocambole retirando com cuidado o plástico filme e cubra com papel alumínio. 
  8. Leve ao forno por aproximadamente 40 a 50 minutos e quando faltar 15 minutos tire o papel alumínio para dourar.
  9. Espere esfriar e sirva para o seu pet. 

O que achamos da receita

Essa receita é uma ótima opção para oferecer um petisco diferente ao seu pet. Como é em forma de bolo, em ocasiões especiais como um aniversário, você pode fazer. É só colocar as velinhas em cima e cantar parabéns.

Vale lembrar que esse tipo de alimento é oferecido como um agrado ou petisco e não deve ser substituído pela dieta convencional do seu pet. Ingredientes como óleo de soja, cebola e condimentos não devem ser usados. 

Atenção: Se o seu cachorro ou gato não costuma consumir petiscos caseiros, é necessário oferecer aos poucos para que evite vômitos e diarreia, já que o organismo do pet não está habituado com o novo alimento.

Sobre o autor

Beatriz Mario

Beatriz Mario

Graduanda em Medicina Veterinária, sonho que tenho desde de criança, hoje sou conhecida como a louca dos gatos, mas nas horas vagas sou a louca dos bichos também, sem distinção. Tenho 10 lindos gatinhos resgatados e meu propósito é poder ajudar o máximo de pets possível (E seus pais e mães humanos escrevendo aqui no blog).

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.