Saiba mais sobre o ferret, o furão que pode ser criado como pet

Já ouviu falar sobre o ferret, também conhecido como furão de estimação? Esses animais são inteligentes, espertos, curiosos e muito brincalhões e, assim como cachorros e gatos, foram criados para ajudar os humanos durante as caças, mas logo conquistaram seus espaços dentro dos lares.

Saiba mais sobre o ferret, o furão que pode ser criado como pet

Por mais que seja muito popular nos Estados Unidos e em outros países do mundo, o ferret ainda é desconhecido por muita gente aqui no Brasil. Aliás, para quem não sabe, furão e ferret são duas espécies diferentes. O furão é brasileiro, enquanto o ferret é de origem norte-americana. Ambos são da família dos mustelídeos, assim com texugos e lontras. Porém, não há problema algum em popularmente chamar um ferret de furão!

Características do ferret (furão)

Para quem pretende adotar um pet pequeno, o ferret pode ser uma ótima alternativa. As fêmeas geralmente crescem entre 30 e 35 centímetros, enquanto os machos podem ultrapassar os 40 centímetros de comprimento. O peso pode variar, alguns pesam menos de 1Kg, enquanto os mais parrudos podem chegar até 2Kg.

As cores da pelagem variam bastante. As mais populares são: preto, branco, cinza, chocolate, siamês e canela. Apesar de amarem água, banhos não são tão importantes e devem ser dados apenas quando houver necessidade, mas é preciso estar sempre escovando os pelos.

Alimentação do ferret (furão)

Assim como cachorros e gatos, os ferrets devem ser alimentados com uma ração específica para a espécie, com todos os nutrientes necessários para que se mantenham ativos e saudáveis. Eles são animais carnívoros e precisam de um cardápio rico em proteínas.

Cuidados com o ferret (furão)

Da mesma forma que os coelhos, o recomendado é que os ferrets vivam em grandes gaiolas para que possam se mexer tranquilamente. Não é indicado que vivam soltos em casa, pois podem entrar em qualquer buraco e causar algum acidente, além do fato de poderem engolir algum objeto pequeno que esteja ao seu alcance. Ainda assim, é preciso aquela boa e velha dose de liberdade, mas sempre com total supervisão para que o pet não se machuque ou fuja.

Como é ter um ferret (furão) em casa?

Você que está lendo essa matéria e ainda não conhecia o furão deve estar se perguntando como é ter um pet desse em casa. Eles são carinhosos, amigáveis, brincalhões e muito, mas muito curiosos. Adotar um ferret é sinônimo de alegria o dia inteiro!

Porém, é preciso deixar claro que cada ferret possui seu temperamento particular. Isso quer dizer que alguns são mais afetuosos e apegados à família, enquanto outros são mais enérgicos e gostam de brincar o dia inteiro. Uma coisa é certa: se pretende ter um, saiba que eles precisam de muita atenção, carinho e, por serem bem dispostos, necessitam de uma rotina intensa de exercícios físicos, ou seja, muita brincadeira.

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.