A tosa do lulu da pomerânia

Delicado, inteligente e extremamente ativo, o lulu da pomerânia encanta muitos humanos graças à sua aparência. Os cãezinhos dessa raça se parecem com cachorrinhos de pelúcia, tamanha a sua beleza.

Capazes de se adaptar facilmente à rotina dos humanos com quem vivem, cuidar de um cachorro lulu da pomerânia requer poucos cuidados. A grande atenção aqui é com a tosa.

Com pelos longos, sedosos e brilhantes, o spitz alemão precisa ser tosado frequentemente. Mas, você sabe como tosá-lo? Tem alguma noção de qual corte fazer ou como cuidar dele nesse momento?

Se você não tem respostas para essas perguntas, fique tranquilo. Esse texto é para você. Aqui, trataremos os tipos de tosa mais comuns para o simpático lulu da pomerânia e quais cuidados adotar nesse momento.

Quais os tipos de tosa mais adequados para o lulu da pomerânia?

Os donos de um lulu da pomerânia mini (mini spitz), quando levam seu pequeno ao petshop, podem ficar um pouco confusos com o tipo de corte que farão nos pelos de seu amiguinho. As opções são tantas que pode levar um tempo para decidir entre as melhores opções.

Para ajudar nessa escolha, trouxemos aqui os tipos mais comuns de tosa feitas no lulu da pomerânia anão. Depois de ler nossa lista, é só definir aquela que melhor se adapta ao seu cachorrinho e partir para essa mudança de visual.

Corte de leão

Um dos tipos de tosa mais comuns feitos no lulu da pomerânia é o corte de leão. Aqui, o pelo é aparado quase próximo da pele, deixando os pelos altos apenas no peito e no pescoço, criando uma aparência de “juba de leão”. Os tosadores costumam deixar também um pouco de pelo na cauda, para criar ainda mais essa experiência “selvagem” nesse cãozinho tão delicado.

Corte kennel

Outro tipo muito popular aplicado nesse pequeno estiloso, no corte kennel todo o pelo do corpo é tosado, atingindo um comprimento de 1,25cm e 2,5 cm. Depois da tosa, os pelos ficam com comprimento uniforme, não deixando os cãezinhos completamente sem pelos.

Corte de filhote ou ursinho

Nesse corte, o cachorro lulu da pomerânia fica com apenas 2,5cm de pelo, ou pouco mais, em todo o seu corpo. Porém, ele é feito com tesouras específicas de forma bem simétrica, deixando esse cachorrinho com um visual ainda mais fofo.

Mas tem um ponto negativo aqui: como o corte é manual, ele demora bastante tempo para ser feito e é bem difícil de manter. Por isso, não é muito adequado para cães mais velhos ou muito jovens, que podem não tolerar a sessão de tosa muito demorada, ficando bastante impacientes.

Corte padrão

Aqui, o spitz é tosado para que os seus pelos não tenham o mesmo comprimento no total, permitindo ao cachorro que se pareça com um animal de sua raça. Cuidados antes da tosa do lulu da pomerânia

Antes de tosar seu cachorro lulu da pomerânia é importante tomar certos cuidados com a pelagem do animal.

Como seus pelos são muito densos, os humanos devem, a cada quinze dias, dar banhos com shampoo e condicionador adequado para a raça, assim os pelos não ficam desidratados ou quebradiços.

Além disso, é preciso escovar os pelos semanalmente, para que o seu lulu da pomerânia não sofra com pelos embaraçados.

Na hora da tosa, escolha com cuidado a melhor opção para o seu amiguinho. Evite tosá-lo em períodos muito frios, para que o animalzinho não fique doente. Por ser muito pequenos, eles podem perder calor facilmente se ficarem sem seus pelos durante os meses mais frios do ano.

Na hora da tosa, não esqueça também de retirar o excesso de pelos da região íntima e aparar os pelos das patas e das orelhas, para que eles sequem mais rapidamente depois de um bom banho.

O cuidado com o lulu da pomerânia mini é relativamente simples, desde que os humanos sigam as dicas que demos aqui. Bastante ativo, esse cãozinho está sempre pronto para altas aventuras.

Por isso, não se esqueça de, além de tosá-lo com frequência, garantir que seu amiguinho tenha sempre brinquedinhos por perto e possa passear sempre que quiser, afinal os lulus adoram conhecer outros lugares junto de seus humanos favoritos.

Atenção: por terem um subpelo extremamente denso, não é recomendado realizar a tosa baixa com máquina em spitz alemães. Essa prática pode resultar em problemas dermatológicos e falhas na pelagem.

Sobre o autor

Matilha Petlove

Matilha Petlove

Deixe um comentário