Animais de estimação exóticos

A cada geração, mais e mais pessoas vão despertando para o poder que os pets têm em transformar a nossa vida pra melhor. Os cães e gatos continuam sendo os queridinhos, mas é nítido que vários outros animais vêm ganhando espaço entre os petlovers, e por isso vamos falar dos animais de estimação exóticos!

É bom saber que o termo exótico não quer dizer que o animal seja esquisito ou excêntrico (alguns até são mesmo 😂), mas refere-se ao pet que não pertence à fauna do País. Ferrets, iguanas, algumas espécies de cobras, algumas aves, entre outros bichinhos são considerados animais de estimação exóticos porque são “importados” de outros países.

Vale lembrar que apenas os animais liberados pelo IBAMA é que podem ser criados como pets, com a mediação, é claro, de agentes autorizados pelo órgão. Criar animais sem autorização legal é crime e pode levar à detenção. Veja a lista das espécies liberadas – são mais de 50

Vamos conhecer alguns dos animais de estimação exóticos!

Iguana

Iguana na pedra

Há alguns anos este réptil ganhou notoriedade repentina no Brasil e fez aumentar o número de petlovers interessados em adotar uma iguana. Com hábitos diurnos, este animal precisa ficar um bom tempo ao ar livre pois o sol e a sombra são importantes para regular a temperatura corporal do bichinho

Herbívora, a iguana se alimenta basicamente de folhas, frutas e vegetais, porém o animal costuma se interessar por pequenos insetos também. A iguana verde (uma das mais comuns) chega a medir cerca de 40 centímetros e vive, em média, de 10 a 13 anos.

Cacatua

Cacatua branca

Esta ave tem inteligência acima da média e é outra espécie queridinha entre os amantes de animais exóticos. A Cacatua costuma se adaptar muito bem ao ambiente familiar e até copia a voz humana, aprendendo a fazer algumas cantorias.

Dócil e bastante apegada aos humanos, a Cacatua exige atenção, do contrário fica uma “arara” (desculpe o trocadilho) e temperamental. Caprichando nos cuidados com o bem-estar deste pet, ele pode chegar a incríveis 80 anos de vida! Uma parceria para vida toda – e mais um pouquinho.

Jiboia

Mulher segurando uma cobra jiboia

Em uma lista de exóticos não pode faltar uma espécie de cobra, não é mesmo? A jiboia é uma das mais requisitadas por quem quer ter em casa um pet bem diferente. E, ao contrário dos colegas que podem circular pela casa, a jiboia precisa contar com um espaço só para ela, o conhecido terrário – que precisa ser planejado com ajuda profissional.

A alimentação da cobra, como você já deve saber, é bastante peculiar. Carnívora, ela se alimenta basicamente de pequenas aves e mamíferos, como ratinhos. Há jiboias que chegam a medir quatro metros e podem viver até 30 anos.

Mini pig (micro porco)

Garota brincando com mini pig

Este foi um dos mais recentes a cair nas graças dos petlovers. E se o assunto é graça e simpatia, este pequenino “ronca e fuça” é um show à parte! Com comportamentos mais parecidos com os dos cães e gatos, o mini pig é bastante dócil, companheiro e apegado à família humana.

O porquinho também pode ser ensinado a fazer suas necessidades em um único local e ao contrário do que se pensa, ele é um bichinho super limpinho e adora tomar banho! A alimentação varia entre ração específica, legumes e verduras, tudo para satisfazer a pancinha deste pet gracioso que pode viver até 30 anos e não passa dos 90cm.

Chinchila

Chinchila apoiada na folha

Também tem opção de roedores nesta lista! A chinchila é reconhecida por ser um animal bastante inteligente e que, após o período de adaptação, se torna um grande companheiro.

A chinchila adora curtir o conforto de sua gaiola, mas também precisa circular pelo ambiente para interagir com as pessoas e fazer seus exercícios em forma de caminhada, por isso é um pet recomendado para casas com bom espaço disponível. O bichinho segue a alimentação tradicional de um roedor, vive em média nove anos e chega a medir em torno de 30cm.

Ferret

Mãos segurando um ferret

Este é um animal exótico pra lá de divertido e brincalhão! Sucesso nas mídias sociais e na TV por conta dos memes que proporciona, o Ferret é realmente um bichinho agitado e que adora estripulias.

O peludinho é um mamífero parente dos texugos e das lontras e que não pode ser deixado solto sozinho em casa, pois há o risco dele roer fios elétricos, entrar em algum buraco, se enfiar pelos encanamentos etc. Então, além de uma gaiola caprichada e de ração específica, o ferret precisa de um olhar atento dos seus pais humanos. O pet vive em média oito anos e chega a medir no máximo 40cm.

E aí, curtiu a nossa lista? Então compartilhe com os amigos! E caso esteja pensando em adotar um pet exótico, não deixe de pesquisar muito bem sobre ele, conhecer as necessidades que o animal precisa para viver bem e também como você pode adaptar a sua casa para receber o novo membro da família, que com certeza te fará muito feliz!

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Anderson Mafra

Jornalista apaixonado por animais, comunicação, música e que não perde um concurso cultural (na verdade já perdeu vários). Curioso de mão cheia, quer saber sempre mais e compartilhar conteúdo, dicas e curiosidades do mundo pet. É um petlover assumido, sem chance de reabilitação.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.