Antibióticos para cachorro: saiba mais sobre esses medicamentos

A palavra “antibiótico” é um tanto amedrontadora, não é mesmo? Os antibióticos para cães têm a mesma finalidade que os de seres humanos: interromper infecções bacterianas, freando a proliferação ou acabando de vez com os microorganismos que estão fazendo mal ao cachorro.

Antibióticos para cachorro: saiba mais sobre esses medicamentos

Como os antibióticos para cães funcionam?

Os antibióticos para cães servem para tratar inúmeras infecções e doenças e devem ser utilizados apenas com prescrição médica veterinária. A propósito, a receita do profissional deve ser seguida à risca para que o pet tenha um tratamento efetivo. Ou seja, nada de suspender o medicamento antes do prazo, muito menos prolongá-lo, pois a eficácia dos antibióticos só é atingida quando o período de utilização é concluído. O uso indevido deste tipo de produto pode não somente fazer mal ao seu pet, como também colabora – e muito – para a criação de “superbactérias”, fazendo com que os medicamentos percam sua efetividade, dificultando o tratamento não somente de pets, mas de humanos também. 

Os medicamentos utilizados durante o tratamento do cão não devem ser usados após o tratamento. Isso porque as bactérias têm a perspicácia de criar uma barreira e deixar de ser atingido pelo fármaco. Em outras palavras, os microorganismos simplesmente se adaptam à presença do antibiótico e ele pode parar de ter efeitos. É por essa razão que os médicos veterinários costumam não prescrever o mesmo remédio em casos onde o pet contraia a mesma infecção de um tempo atrás.

Perigos do uso de antibiótico para cachorros

Esses medicamentos são imprescindíveis para agir contra muitas infecções caninas, mas é preciso cautela em sua utilização para que tudo ocorra como o previsto pelo médico veterinário. Além das “superbactérias” resistentes, o mau uso de um antibiótico pode causar algumas complicações de saúde no cão.

Alguns medicamentos possuem efeitos colaterais que devem ser mencionados pelo profissional antes mesmo do início do tratamento. Aliás, cachorros com certos problemas de saúde não devem utilizar determinados tipos de antibiótico. Por esse e outros motivos que o uso sem prescrição não é recomendado, independentemente da situação.

Antibiograma

O antibiograma é um exame para identificar se o cachorro tem alguma resistência ou sensibilidade de bactérias e fungos ao antibiótico. Ocasionalmente é necessário realizar esse procedimento para saber qual o fármaco adequado ao pet e o problema que ele está apresentando.

Se usados de maneira lúcida, os antibióticos para cães são extremamente efetivos e têm o potencial de salvar vidas. Porém, a utilização inadequada pode ser fatal para seu cachorro. Tenha consciência e jamais medique seu pet por conta própria, seja com medicamentos utilizados na medicina humana, seja na medicina veterinária.

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.