Banhos em cães

Banhos em cães - Petlove - O Maior Petshop Online do Brasil

Banhos em Cães.

Carinho, amor, cuidados, brincadeiras, passeios e, claro, o banho, fazem parte da rotina de vida de um pet bem cuidado e feliz. Só que, diferentemente dos seres humanos, os cães não precisam, e não podem, tomar banho diariamente. A pele deles é muito diferente da humana. O ciclo de vida das células e das bactérias que fazem parte do que chamamos de “microbiota da pele”, também. Assim, é importante que a higiene e limpeza seja feita, mas respeitando-se as particularidades da higiene animal dos cães.

O banho pode ser realizado com intervalo mínimo de 15 dias. Se o pet tiver pelo denso esse intervalo tem que ser maior ainda, de no mínimo 21 dias. Isso porque bichinhos com pelagem mais abundante permanecem com o pelo úmido por mais tempo, mesmo com o uso de toalhas e secadores. Essa umidade excessiva, se for frequente, pode deixar o animal suscetível à fungos e bactérias que causam problemas de pele, como dermatites.

Para dar banho no pet deve-se adquirir um produto específico, podendo ser shampoo para cachorro ou sabonete para cães. Se o pelo for longo, ou estiver mais ressecado, o uso de um condicionador para cachorros pode ser útil e tornar o pelo mais macio e sedoso. Antes de se molhar o pet é importante proteger cada ouvido com um tufo de algodão. Isso impede que a água entre no orifício e venha a causar otite, devido ao excesso de umidade. Depois, deve-se molhar todo o pelo com água morna, até que a pele também tenha sido umedecida. Só então, aplica-se o shampoo ou o sabonete para cães e faz-se uma boa massagem, formando espuma, o que beneficiará o pelo e a pele. Finalmente, é só enxaguar e, se necessário, repetir a operação. Caso seja utilizado também o condicionador, é necessário proceder da mesma maneira, passando por todo o pelo e enxaguando bem. Em seguida passa-se à secagem do animal com toalhas e com um secador, enquanto se escova os pelos, desde a raiz até as pontas, tirando todos os nós existentes. Após finalizar, o dono utiliza um algodão na ponta do dedo e, com muito cuidado, faz-se a limpeza das orelhas do cãozinho, mas pode usar, caso prefira, um cotonete para cachorro.

Para evitar parasitas externos como pulgas e carrapatos, é importante utilizar o antipulga para cães recomendado pelo médico veterinário. Se o produto usado for o pour on (já pronto para o uso), é indicado esperar pelo menos três dias, após o banho, para a sua utilização, assim o efeito será mais duradouro e eficaz. Ao ter os cuidados de higiene necessários com seu pet o dono lhe garante não apenas beleza, mas também saúde.

Sobre o autor

Bruno Oliveira

Deixe um comentário