Cachorro gripado: sintomas e tratamentos

Se tem uma coisa que nós humanos já estamos acostumados é pegar aquela tradicional gripe pelo menos uma vez por ano, né? Nariz escorrendo, tosse, espirro, moleza no corpo e às vezes até febre. Pois saiba que nossos amados peludos também podem ficar assim. Veja a seguir sintomas e tratamentos para o seu cachorro gripado:

Contágio de gripe entre os cães

Talvez você não tivesse certeza de que nossos cãezinhos pudessem ficar gripados, mas garanto que já ouviu sobre a “tosse dos canis”. Pois bem, elas são a mesma coisa.

A gripe (ou tosse dos canis) é causada por vírus e bactérias que se propagam entre os cães da mesma forma que a gripe humana, através do ar. Assim, os cachorrinhos podem ficar gripados se ficarem no mesmo ambiente que outros animais doentes. Daí também que vem o nome popular  “tosse dos canis”, já que o canil é um lugar fechado com vários animais juntos, sendo um ambiente muito propício para a gripe se espalhar

É importante ressaltar que a gripe dos cachorros não atinge a nós, seres humanos, assim como “nossa” gripe não é contagiosa para os cães.

 

Sintomas

Como disse, os sintomas que um cachorro gripado apresenta são muito parecidos com os apresentados pelos humanos gripados. São eles:

 Tosse: a tosse em cães pode parecer um engasgo. Para saber diferenciar, leia este post aqui sobre engasgo em cães.

 Espirro;

 Coriza;

 Moleza e às vezes falta de apetite;

 Em casos mais sérios febre.

Cuidando do meu cachorro gripado

Quando detectados esses sintomas, você deve primeiro levar seu cachorrinho ao veterinário, como eu sempre gosto de frisar. Nossos filhos peludos não sabem falar para nos descrever o que estão sentindo, por isso é melhor sempre ter a opinião de um especialista para não tratarmos algo sério como uma coisa leve e nem vice e versa. Além disso, se seu cachorrinho for filhote ou idoso, ou ainda se já tiver alguma complicação de saúde, uma simples gripe pode ser muito perigosa, por isso quanto antes começar a tratá-lo, melhor!

Quando confirmado que seu cachorrinho está gripado, não dê, em hipótese alguma, aquelas tradicionais receitinhas caseiras da vovó que costumamos fazer para nós mesmos nos sentirmos melhor da gripe. Chazinho, sopinha ou mesmo remédios antigripais comuns NÃO PODEM ser dados para os cachorros. Essas são soluções que podem fazer mal ao animal e acabar piorando a situação atacando o estômago  ou o fígado, por exemplo.

Ao levar seu bebê de quatro patas no tio veterinário e ele detectar que se trata mesmo de gripe, ele vai indicar qual o melhor tratamento baseado na idade, peso, raça e no grau em que se encontra a doença. Pode ser que ele prescreva algum remédio como um antibiótico. Se não for o caso, alguns cuidados simples trarão de volta a saúde do seu bichinho:

 Mantê-lo sempre hidratado.

 Mesmo com falta de apetite, estimule seu cachorrinho a comer, pois ele precisa se fortalecer.

 Cuidado com a friagem! Mantenha-o longe de correntes frias de ar e evite dar banho enquanto ele está se recuperando.

 Se você tiver aqueles aparelhinhos de inalação em casa, é uma boa opção deixar seu cachorrinho usar um pouco. Mesmo que ele não fique quietinho, deixar a fumacinha perto dele pode ajudar na recuperação.

Lembrando que manter as vacinas sempre em dia é a melhor forma de garantir sempre a saúde do seu bichinho!

Sobre o autor

Bruna Cela

Bruna Cela

Publicitária e aspirante a empresária. Mãe coruja da Sunny, daquelas que posta mil fotos no Instagram (como essa aí de cima). Ama tudo o que é relacionado a arte e a escrita é sua melhor ferramenta de expressão. Conversa com todos os pets que encontra pelo caminho e jura que, na maioria das vezes, eles respondem.

4 Comentários

  • Oi bom dia tenho uma cadela da marca dachual salsicha ela tem 13 anos agora apresentou uns espirro e muito, fica ofegante o tempo todo pois não sei Bb o que dá, por favor me ajude qual remédio posso dá

    • Oi Joseane! Como sua cadelinha possui uma idade mais avançada, é muio importante levá-la ao veterinário para verificar esses sintomas e garantir que não seja nada mais grave, como uma pneumonia, por exemplo. Leve ela o quanto antes ao veterinário para realizar toooodos os exames e poder oferecer o melhor tratamento para sua amiga de 4 patas, combinado?

      Beijos!

Deixe um comentário