Cadastre-se e ganhe 20% OFF na primeira assinatura!

Cachorro sem pelo: conheça as raças naturalmente “peladas”

Apesar de muita gente amar a aparência peculiar dessas raças, outros já não se encantam no início, mas basta conhecê-los para mudarem de ideia. A seguir, listamos cinco raças de cachorro sem pelo que pode fazer parte da sua família!

1. Pelado Mexicano

Também conhecido como Xoloitzcuintle – ou apenas Xolo -, o Pelado Mexicano é um cão sem pelo extremamente amigável, calmo e afetuoso. Como o próprio nome já entrega, ele foi criado no México, mais especificamente no período Pré-Colombiano, tempo em que haviam muitos cães pelados no País.

A função inicial da raça é tão peculiar quanto a sua aparência: aquecer camas e, às vezes, servia como alimento. Atualmente, o Pelado Mexicano é mais conhecido nas Américas do Sul e Central, sendo um ótimo cão de companhia, inteligente, obediente e altamente adaptável.

Pelado Mexicano sentado

2. Cão de Crista Chinês

Embora o nome indique que ele tenha origem asiática, o Cão de Crista Chinês foi desenvolvido na África do Sul especialmente para ser um cachorro de companhia. Ele pode ser encontrado na versão peluda, que na verdade possui pelos apenas na região do crânio, nas patas e no rabo,  e a completamente “pelada”, que é a mais famosa mundo afora.

Justamente por ter sido criado para ser de companhia, esses cães são extremamente apegados à família e, por isso, precisam de muita atenção para não se sentirem solitários.

Cão de Crista Chinês na grama

3. Pelado Peruano

Também chamado de Cão Sem Pelo Peruano ou Cão Pila, essa raça de cachorro sem pelo é uma das mais antigas da história. Ele é o único cão criado no Peru e foi reconhecido como patrimônio nacional do seu País de origem.

O Pelado Peruano é afetuoso, brincalhão e muito fiel aos seus humanos. Ele adora interagir com crianças, porém, é desconfiado de pessoas estranhas. Apesar disso, ele dificilmente demonstra agressividade.

Pelado Peruano na grama

4. Pila Argentino

O Pila Argentino – ou Cão Sem Pelo Argentino – muito se parece com o Pelado Mexicano e o Cão Peruano, mas as semelhanças são apenas em relação à aparência. Ele pode ser encontrado em três tamanhos: pequeno, médio e gigante. Além da fisionomia, o que chama a atenção é a expectativa de vida da raça: um Pila Argentino pode viver mais de 20 anos de idade, claro, se foi muito bem cuidado desde a infância.

Pila Argentino de perfil

5. Terrier Americano Sem Pelo

Por último, o Terrier Americano Sem Pelo é um cachorro extremamente inteligente, afetuoso, brincalhão e leal. É uma raça relativamente rara e é considerada uma variação do Terrier Rateiro. Por ser muito pequeno, muitos o confundem com o Chihuahua – só que sem pelos.

Terrier Americano Sem Pelo na grama

Agora que você já conhece algumas raças de cachorro sem pelo, visite o Blog da Petlove para mais conteúdos e curiosidades sobre raças de cães.

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Gabriel Arruda

É Jornalista, apaixonado por pets e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.