10 cães de companhia populares no mundo todo

Todo Petlover de carteirinha tem preferência por determinadas raças de cães, seja por questões estéticas ou temperamentais. É tipo aquele time do coração, quem gosta de Goldens Retriever, por exemplo, defende a raça com unhas e dentes, e ainda faz de tudo para popularizar o nome dela por aí.

Caso esteja pensando em aumentar a família em um futuro bem próximo, saiba que é preciso saber de muita coisa antes de designar a raça do mais novo integrante do lar. Para facilitar essa pesquisa, separamos as principais características das raças de cães de companhia mais populares no mundo todo. Confira:

Maltês

Desenvolvida em 500 a.C., essa é uma das raças mais antigas do mundo. Pode até não parecer, mas o Maltês foi criado especialmente para fins de caça. Ele era muito usado antigamente como “rateiro”, ou seja, sua função era caçar ratos e outros roedores.

Atualmente, os Malteses são cães extremamente famosos graças ao temperamento amistoso, alegre e carinhoso, característico da linhagem. Eles são tão fiéis à família que em alguns casos podem até desenvolver um comportamento possessivo com os membros do lar, na presença de pessoas desconhecidas.

Yorkshire Terrier

Criada na Inglaterra, em meados de 1800, o Yorkshire é uma mistura entre alguns Terriers e também do próprio Maltês. Antigamente, a raça era usada para auxiliar na caça de roedores, mas logo se popularizou no mundo inteiro como cães de companhia graças ao temperamento amistoso e gentil padrão dos exemplares.

Geralmente, cães da raça são bastante apegados aos membros da família. Eles adoram nadar, brincar, praticar atividades físicas, isto é, eles estão prontos para qualquer ação, desde que seja ao lado de alguma pessoa do lar. Por causa desse apego, alguns podem ser um pouco teimosos e protetores demais na presença de pessoas estranhas, mas uma socialização desde a infância já é o suficiente para evitar comportamentos do tipo.

Lulu da Pomerânia

Também conhecido como Spitz Alemão, o Lulu da Pomerânia não tem a origem muito bem definida, mas a Alemanha é o país mais cotado como local de surgimento. Para quem não sabe, existem cinco tipos de Spitz: Anão, Pequeno, Médio, Grande e o Gigante. Mas o Anão foi o que mais se popularizou no mundo inteiro – e o seu ótimo temperamento é um dos responsáveis por isso!

Cães da raça são dóceis, companheiros e adoram brincar. Apesar de serem extrovertidos, eles também podem ser ariscos e, por isso, precisam de tempo para se adaptar às pessoas, principalmente se não forem acostumados com esse tipo de rotina ainda quando filhotes.

Poodle

Essa é uma das raças mais conhecidas no mundo, especialmente por suas variações. Quem adora Poodle não tem desculpas para não ter um, afinal, além de serem bastante adaptáveis, existem Poodles de diversos tamanhos – Gigante (Standard), Médio, Miniatura (Anão) e Toy.

Apesar das variações, a raça tem um temperamento padrão: eles são alegres, divertidos, aventureiros e extremamente fiéis à família. A única dessemelhança é que o Poodle Gigante é mais calmo e menos latidor. Além disso, a raça é considerada uma das mais inteligentes do mundo canino.

Shih Tzu

Conhecidos por serem muito companheiros e fiéis, os Shih Tzus não são cães de caça ou esportistas, e sim exímios cães de companhia. Eles sempre estão prontos para receber carinho e adoram brincar com crianças e outros pets.

A raça é ótima para viver em ambientes externos e se adapta muito bem em apartamentos pequenos, já que não precisa de tanto espaço para se movimentar. Ainda assim, isso não quer dizer que ela não precisa praticar exercícios físicos, muito pelo contrário! Assim como todas as raças, os Shih Tzus necessitam de uma bela rotina de exercícios, incluindo brincadeiras e caminhadas, para viver saudavelmente.

Pug

Ao lado do Maltês, essa é uma das linhagens mais antigas que existe. Alguns indícios de cães muito parecidos com Pugs estão datados de 1700 a.C. Ainda assim, não se sabe exatamente sobre sua origem, apenas que eles surgiram na China e eram cachorros pertencentes à realeza. O Pug é bastante inteligente, mas pode ser um pouco teimoso em algumas ocasiões. Ele é muito leal à família e faz de tudo para agradar e ver os membros do lar felizes. 

Golden Retriever

Dócil, companheiro e inteligente: essas são as principais características do Golden Retriever, uma das raças mais conhecidas no mundo inteiro e classificada por muitos como o “cão dos sonhos”. Ele é conhecido por ser naturalmente dedicado à família, mas adora agradar todos – até os desconhecidos.

Esse é um cão muito agitado, que precisa de uma boa rotina de exercícios físicos e mentais para se manter ativo. Graças à disposição e inteligência bastante característica da raça, Goldens Retriever são usados para diversas atividades, desde cão-guia até competições de obediência e agilidade.

Beagle

Alegres e brincalhões e comilões, os Beagles são cães muito alegres, dispostos e fiéis, mesmo sendo, em algumas ocasiões, bastante teimosos. A raça não tem uma origem certa, mas foi no Reino Unido que ela ganhou fama, em meados do século XV.

A natureza curiosa e exploradora da raça faz com que eles se esqueçam de tudo em prol de seguir um bom cheiro. Eles são bastante fiéis às pessoas da família e ótimos cães de companhia. Por serem apaixonados por comida, existe uma certa propensão da linhagem à obesidade, mas basta uma boa rotina de exercícios físicos e mentais para mantê-los ativos e saudáveis.

Beagle - Raças de cães com maior expectativa de vida

Pastor de Shetland

Também conhecido erroneamente como “Mini Collie”, o Pastor de Shetland é conhecido, desde o século XVII, como um exímio cão pastor de ovelhas. Apesar do passado rural, exemplares logo conquistaram os humanos e tornaram-se ótimos cães de companhia.

Bastante fiel e apegado à família, o Pastor de Shetland costuma ser bastante desconfiado com pessoas desconhecidas, e pode fazer um grande alarde caso veja algo estranho nas redondezas. Ele é considerado um dos cães mais inteligentes do mundo pet, e sua vontade de aprender coisas novas a todo o momento facilita – e muito-  a educação.

Pastor de Shetland

Labrador Retriever

Sempre muito amável, amistoso e obediente, o Labrador Retriever foi criado no século XIX, no Canadá, onde era muito usado para fins de caça, especialmente como cães de pesca, mas logo conquistou o coração dos humanos e logo se transformou em um ótimo cão de companhia.

Embora possa existir algumas diferenças quanto ao temperamento de alguns exemplares, todos seguem um padrão de serem muito receptivos, dóceis e dispostos, isto é, eles sempre estão prontos para uma brincadeira, já que amam interagir com pessoas. Graças ao seu passado pescador, as brincadeiras favoritas da raça sempre envolvem água.

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.