Carrapatos em cachorro filhote

Ainda está para nascer (e tomara que isto não aconteça) um ser que seja mais chato e incômodo para os cachorros do que a dupla carrapato e pulga.

Sério, o que esses parasitas podem infernizar as nossas vidas e principalmente a dos pets não é brincadeira, por isso, toda atenção ainda é pouco e não dá para abrir mão um minuto sequer da prevenção.

Cachorro-pulga-Petlove

Ambiente seguro

Mesmo sem poder sair de casa, afinal, o sistema imunológico do cachorro filhote precisa estar devidamente fortalecido para poder fazer os passeios, o cão não está livre de um “ataque” de carrapato ou até mesmo ser vítima de uma infestação.

Quintal arborizado, ambientes quentes e úmidos, camas, almofadas e cobertores sem a devida higienização: tudo isso e muito mais podem servir de moradias ideais para os carrapatos se estabelecerem e aumentarem suas famílias. Além disso, o parasita pode chegar até o filhote pegando carona em outros animais (gatos, cachorros, ratos, pombas etc.) ou até mesmo grudado na sua roupa durante um passeio que você deu pelo parque.

Como não dá para garantir a casa 100% segura, o jeito então é contar com uma proteção contínua e com alto poder de eficácia: os antipulgas e anticarrapatos, que estão disponíveis nas mais diferentes versões no petshop online Petlove. Nada de improvisar em receitas caseiras, como usar vinagre, pois além de não repelir ou expulsar o carrapato, você pode acabar causando problemas de saúde no seu peludo.

Achei um carrapato e agora?

Uma vez identificado o carrapato, nós já ensinamos como fazer isso, mantenha o cachorro em um ambiente isolado, avise imediatamente o médico veterinário e siga todas as orientações do profissional para eliminá-los de forma segura.

A ajuda profissional se faz necessária, pois os carrapatos podem trazer doenças muito perigosas, ainda mais para quem está com o seu organismo em formação e mais suscetível a problemas de saúde. A saber, são vários os tipos de carrapatos sendo que eles podem transmitir doenças como babesiose, erliquiose, anaplasmose e hepatozoonose que podem ser fatais se não tratadas devidamente.

Uso de antipulgas e carrapatos

Desde recém-nascido o seu cachorro precisa contar com acompanhamento médico veterinário, então aproveite as primeiras consultas para perguntar ao doutor(a) qual o tipo de antipulgas e anticarrapatos é o mais indicado para o seu pet

Alguns produtos, como o Frontline Spray, podem ser usados a partir dos dois dias de vida em filhotes saudáveis, mas a recomendação é sempre consultar o médico veterinário e nunca escolher o produto por decisão própria ou indicação de amigos ou conhecidos. Cada cachorro tem suas peculiaridades e só quem se dedicou a estudá-las está capacitado para indicar o melhor tratamento.

Por mais chatos, comuns e diversificados que sejam os carrapatos, a boa notícia é que dá perfeitamente para manter os nossos cachorros seguros, desde filhotes, basta manter a casa bem higienizada, as visitas médicas veterinárias em dia e fazer uso contínuo do antipulgas e anticarrapatos adequados para sua fase de vida, condição de saúde e peso

Lembre-se que estamos no verão e esta é uma temporada onde aumenta bastante o risco da presença dos carrapatos. Sinal de alerta ligado para garantir férias tranquilas para toda a família, principalmente os recém-chegados!

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Anderson Mafra

Anderson Mafra

Jornalista apaixonado por animais, comunicação, música e que não perde um concurso cultural (na verdade já perdeu vários). Curioso de mão cheia, quer saber sempre mais e compartilhar conteúdo, dicas e curiosidades do mundo pet. É um petlover assumido, sem chance de reabilitação.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.